Gols de tremer a terra

golterremotofd.jpg

No jogo decisivo da Liga dos Campeões na semana passada, os gols de Mess e Eto’o fizeram literalmente tremer o chão, como registrado por um sismógrafo. Nada de grave para falhas sísmicas e placas tectônicas, no entanto: o sismógrafo registrou os gols porque foi colocado a apenas 500 metros do estádio, em uma brincadeira-experimento (ou experimento-brincadeira) de pesquisadores do Instituto de ciências da Terra Jaume Almera.

“Em realidade o que estamos registrando são as celebrações dos aficcionados que se congregaram no Mini Estadi”, explicou Jordi Díaz Cusí a Antonio Martínez Ron. Sismógrafos são sensíveis a interferências locais, e é a combinação dos dados de vários dispositivos a grandes distâncias que permite maior precisão. Confira a nota completa, em espanhol, em la informacion: “Un sismómetro detectó los goles de Eto’o y Messi en la final de Champions“.

Ron é o blogueiro responsável pelo imperdível Fogonazos, que chupinhamos periodicamente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 2 comentários

  1. E como avaliar se os picos realmente se deveram à comeração das pessoas e não a outro fator? Há vários outros picos, p.e.
    []s,
    Roberto Takata

  2. Kentaro Mori disse:

    Bem notado, Takata. Haveria a coincidência no tempo dos dois gols e os picos, mas há pelo menos outros três picos aparentes no período de tempo em questão. Imagino, por outro lado, se eles também não corresponderam a outros momentos de comoção no jogo, e que identificados não indicariam melhor a correlação entre a torcida e os registros.
    Seja como for, ficou mais para brincadeira do que experimento rigoroso mesmo. Achei muito boa, ainda assim.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Arquivos

Páginas

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM