Negros

martinneil

Por acaso ou não, meu leitor de feeds aproximou as duas imagens e as duas histórias. São dois americanos em fotografias associadas ao esporte.

Um deles é Trayvon Martin, que no final do mês passado foi comprar um pacote de doces para o irmão mais novo em uma loja, durante o intervalo de um jogo. “Pela forma como caminhava ou se parecia”, comentou o chefe de política local, Martin chamou a atenção de George Zimmerman, líder de uma patrulha da vizinhança, que o considerou suspeito e passou a segui-lo.

Martin notou que estava sendo seguido, questionou Zimmerman, e então se seguiu uma luta. Zimmerman tinha uma arma calibre 9mm. Martin tinha um pacote de doces. Zimmerman atirou em Martin. Martin, o garoto da foto à esquerda, morreu aos 17 anos de idade.

A outra foto é a de Neil DeGrasse Tyson. Astrofísico, Tyson tem hoje 53 anos de idade, é diretor do Planetário Hayden e um dos maiores comunicadores de ciência da atualidade.

As histórias por trás das imagens aprofundam em seu contraste tanto a tragédia da imagem que não tem mais futuro quanto as conquistas daquela que teve um futuro tão brilhante. Mas por si só, são apenas duas imagens de dois americanos em fotografias associadas ao esporte. Negros. [via TDW, GAS]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 8 comentários

  1. Karl disse:

    Bonito post. Só uma perguntinha…

    “Por acaso ou não, meu leitor de feeds aproximou as duas imagens e as duas histórias”

    Se não foi o *acaso*, foi exatamente o quê, Kentaro-san?

    • Kentaro Mori disse:

      Obrigado, Karl!
      Sobre a pergunta, foi Deus, Karl, quem mais? Vulgo Google! Ele tem um algoritmo no meu leitor de feeds que ordena os itens de inúmeros feeds que eu assino “por mágica” de acordo com os que eu e outras pessoas marcamos anteriormente.
      Mas o acaso também está envolvido aí (e randomicidade genuína, não meramente pseudo-randômica) porque entre outros fatores também está o horário de publicação de cada item, e esse é genuinamente aleatório.

  2. Pensei as mesmas coisas que o Karl quando li teu post :-)

  3. Karl disse:

    Desculpe a trollagem, mas a disjunção me pareceu bem clara na expressão. Se excluirmos o acaso das leis de funcionamento do algoritmo da máquina de busca, a união dos dois cidadãos só pode ser devida a um não-acaso, que pode ser chamado de propósito (assim funcionam as disjunções).

    De qualquer forma, é bonita essa fé em algoritmos aleatorizados… =)

    • Kentaro Mori disse:

      Poucas coisas no mundo real podem ser formalizadas e permitem aplicar a lei do terceiro excluído.
      O algoritmo é determinístico, mas parte dos dados que ele ordena bem como algumas das variáveis que ele utiliza são genuinamente aleatórios.
      A ordenação final é fruto do acaso… mas nem tanto. Além do algoritmo ser determinístico, um dos principais determinantes na ordenação da pasta que abro em meu feed é… quais feeds eu assinei e quais itens vão ser ordenados para início de conversa!
      E não é mero acaso que esses itens lidem com questões sociais e de ciência, que são meu interesse: eu assinei esses feeds (e me descadastrei de outros). Há algum propósito aí, é verdade, mas também há o acaso. Pós-modernisticamente falando.

  4. reinaldo schroeder disse:

    Interessante que o contraste entre as histórias se reflete no contraste entre as fotografias: a imagem brilhante e alegre se refere a uma história triste, enquanto a imagem opaca e séria se refere a uma história brilhante.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Arquivos

Páginas

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM