Varig e a Engenharia para Seres Humanos

NoSmoking-bathroom

Um certo smartphone ostenta com orgulho o slogan “projetado para humanos”, o que soa um tanto como a piada ruim que precisa ser explicada – isto é, se você precisa de um slogan que diz que seu aparelho foi projetado para humanos, e não para ostras, ele provavelmente não é tão amigável assim.

Aqui está um detalhe do que é projetar algo para seres humanos: é proibido fumar em aviões, e ainda assim todos possuem cinzeiros nos banheiros. Mesmo os mais novos, o que exclui a primeira explicação que possa vir à mente, a de que os cinzeiros são simplesmente legados de uma era em que se podia fumar durante vôos mais longos.

Não, os cinzeiros são em verdade itens de segurança obrigatórios nos banheiros, localizados em destaque na porta ou perto dela, independente do fumo ser proibido ou não.

Em 1973, o vôo Varig 820, de Rio de Janeiro ao aeroporto de Orly, na França, foi obrigado a fazer um pouso de emergência já próximo de seu destino. Houve 123 vítimas devido a um incêndio no banheiro traseiro do avião causado provavelmente por um cigarro jogado na lixeira. O fumo era proibido.

Projetar para humanos é oferecer cinzeiros para evitar que aqueles irresponsáveis o bastante para ignorar todos os avisos de proibição de fumar ao menos joguem os cigarros acesos em um cinzeiro e não provoquem riscos maiores ao vôo.

Cinzeiros em banheiros onde é proibido fumar são projetados para humanos. Projetar para humanos não é necessariamente um elogio. [via Standalone Sysadmin]

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 11 comentários

  1. Emily disse:

    Quanto a Apple pagou por esse post? Fanboy detected.

  2. André Ricardo disse:

    Android x Humanos, daí o slogan ( dããã para mim )….mas o insight é ótimo

    …redundâncias x otimização….seria mais barato não instalar o cinzeiro…mas comparando o custo com a Prob. ( evento indesejável ), vale a pena esse “desperdício” e essa “incoerência”.

  3. Mas há estudos que indiquem que a presença de cinzeiros:
    1) Não aumente a probabilidade do (censurado) fumar?
    2) Entre os que fumam, diminua a probabilidade de que se jogue na lixeira ou outro local de risco?

    []s,

    Roberto Takata

    • André Ricardo disse:

      Mesmo que aumente a probabilidade de fumar….o objetivo é não se expor ao evento altamente improvável negativo ( “cisne negro” ), de que uma cinza de cigarro incendeie o avião…..mesmo que houver estudos…..as probabilidades ( como no paradoxo de Simpson abaixo ) não são totalmente confiáveis e não nos ajudam a evitar os “cisnes negros”.

  4. @André Ricardo,

    Se os cinzeiros aumentarem as chances de fumar, é bem possível que aumente as chances de ocorrer um incêndio a bordo.

    []s,

    Roberto Takata

    • André disse:

      Uma ideia seria fazer uma árvore de probabilidades, começando com “há cinzeiros” e “não há cinzeiros” e terminando em “incêndio”….pelo visto, o caminho com menor probabilidade de incêndio é o primeiro….rs rs ( como queria trabalhar na Mckinsey para ganhar dinheiro fazendo isso )

  5. Visto por quem, André?

    []s,

    Roberto Takata

    • André disse:

      bom, se as companhias aéreas utilizam os cinzeiros, elas concluíram ( ou via estudos, consultoria, ou intuição ) que é menos provável haver incêndios via o primeiro caminho……daí, concluo que “se vê” ( impessoal ) que é meno provável.

  6. Fábio Luiz disse:

    Do meu ponto de vista o slogan apenas demonstra que foi pensado que o humano é falho e com forte tendência a fazer justamente o oposto ao que se estabelece seja por cultura, ego ou rebeldia sem causa.

    Talvez um aviso de “Assento ejetor acionado por fumaça” funcionasse um pouco..mas sempre tem que pensa: “será verdade?” rs

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Arquivos

Páginas

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM