Espiral

2011110147_6935576837

Não é uma espiral de Fibonacci, mas ainda é uma bela imagem.

Dois Prêmios Nobel?

Marie_Sklodowska_16_years_old-challenge-accepted

Desafio aceito”. É quase o que se pode ver nesta fotografia de Marie Skłodowska Curie aos 16 anos, mais conhecida como Madame Curie, até hoje a única pessoa a ganhar dois prêmios Nobel em categorias diferentes, em física e química.

As conquistas de Marie Curie se tornam ainda mais extraordinárias quando apreciamos sua vida. Curie foi a primeira mulher a ganhar um Nobel e a se tornar titular da Universidade de Paris – porque a universidade de seu país de origem lhe negou o cargo porque era, afinal, uma mulher.

Em parceria com Pierre Curie, com quem se casou, a dupla dedicou seus esforços à ciência no estudo da radioatividade, em uma bela história que lhes rendeu o primeiro Nobel em física. Enquanto até hoje se fala em mulheres pilotando fogão, Marie Curie pilotou um caldeirão químico purificando, com a força de seus próprios braços em condições extremas, literalmente toneladas de material na descoberta do polônio e rádio.

Pierre morreria tragicamente em um acidente em 1906, mas Marie continuou seus esforços e foi reconhecida novamente em 1911 com o Nobel em química. A história já seria admirável se parasse aqui, mas Marie decidiu não patentear os processos de purificação que desenvolveu porque acreditava que o conhecimento pertencia à humanidade. Sempre viveu humildemente.

Tudo isso seria quase inacreditável, mas se torna ainda mais surpreendente porque Marie ainda foi uma mãe de duas filhas. Uma delas, Irène, em conjunto com seu genro, Frédéric, também receberia o prêmio Nobel de química em 1935, um ano após sua morte.

Mesmo em sua morte Marie Curie representou um ideal de vida. Ao descobrir a radioatividade, Curie acabou contaminada com doses letais de radiação. Suas anotações da época em que trabalhou purificando materiais são radioativos até hoje, preservados em caixas de chumbo, mas o conhecimento que avançou realmente impulsionou revoluções científicas.

Marie Curie, desafio cumprido. [via Kuriositas]

“Iconatomy”: Celebridades e Reificação

iconatomy1

O estudante de artes suíço George Chamoun mesclou retratos de ícones do cinema de duas eras diferentes no projeto “Iconatomy”, algo como “Iconatomia”, e o resultado é surpreendente principalmente porque nenhum dos rostos mesclados foi distorcido.

iconatomy2

Chamoun simplesmente fez uma colagem de recortes de celebridades modernas sobre estrelas do passado. “As imagens não foram alteradas em nenhuma forma”, explica, “o que você vê é uma colagem de duas pessoas diferentes em cada imagem. Levou um bocado de tempo para que eu encontrasse as imagens certas? Claro que sim!”.

Aqui está o fascinante, porque a este autor parece que Chamoun conseguiu fazer com que a fusão dos rostos aconteça… em nosso cérebro!

Porque por mais que Audrey Hepburn tenha semelhanças fisionômicas com Natalie Portman:

iconatomy3

O que deve surpreender é que elas não são tão fortes quanto a colagem de Chamoun inicialmente sugere à nossa massa cinzenta.

Levou algum tempo para que eu encontrasse as imagens originais que Chamoun usou? Claro que sim! Mas nem tanto. Aqui estão:

hepburn-portman

Hepburn usava um chapéu, e precisei espelhar horizontalmente a imagem de Portman. Lado a lado, desta forma, as diferenças devem se destacar mais, e convido você então a rever a colagem mais acima.

Como rostos diferentes puderam se mesclar tão bem? Isso só pode ser uma ilusão, no que este autor arrisca ser algo similar ao triângulo Kanizsa.

300px-Kanizsa_triangle.svg

Nossa percepção preenche as lacunas e enxerga um triângulo que não está realmente lá. É o que a psicologia Gestalt chama da reificação, o aspecto construtivo da percepção, que não é algo passivo mas sim algo construído a partir dos estímulos que recebemos.

A colagem de Chamoun faz com que os dois rostos se unam justamente nas partes onde coincidem – no topo do cabelo, contornos da face. Algo como as extremidades do triângulo ilusório de Kanizsa, nossa percepção faz o resto e preenche as lacunas, fazendo com que duas estrelas de Hollywood se unam em um só rosto.

Esta ilusão apresenta mesmo o princípio Gestalt de multi-estabilidade, de forma que você pode ver ora um rosto mais próximo ao ícone do passado ou do presente.

Estes princípios da percepção em que arte mereceria mesmo um estudo científico acabaram me lembrando de outra ilusão em tempos de Internet, e uma que talvez não pareça tão culta.

É o que se tornou conhecido como “pornô para mórmons”.

gestalt-porn

Ou, como me atrevo a sugerir em um nome mais “acadêmico”, “pornografia Gestalt”.

O que você vê?

9020optischetaeuschung4

A imagem é completamente segura para o trabalho. Olhe com atenção. Há um ombro escondido. Está tudo em sua mente. [via @barryandstuart, Richard Wiseman]

Espiral Áurea

Espiral Fibonacci

A razão áurea, chamada mesmo da “proporção divina”, relacionada à série de Fibonacci (ou vice-versa), e as muitas alusões à sua beleza, atração e mesmo perfeição…

Nada melhor do que mais esta bela ilustração para comentar como boa parte disso é pura baboseira.

“A natureza tem muitas formas espirais. Nenhuma delas é uma espiral áurea. A maioria nem passa perto de ser. Nem mesmo uma delas é ‘explicada’ pela matemática de Fibonacci”, explica o professor Donald Simanek (infelizmente apenas em inglês, tradução a caminho).

Fato: espirais são atraentes, ainda que não sejam áureas. São curvas, afinal. [via 13crows]

Estude astronomia

lucasastronomy.jpg

A atriz australiana Isabel Lucas em uma imagem da sequência do filme Transformers divulgada pelo diretor.

Novo blog: Reblogado.com

reblogado.jpg

O 100nexos começou no final de 2006 com a idéia de uma série de conexões inspiradas por James Burke – e a intenção era criar uma série de vídeos! -, mas logo se tornou um blog pessoal deste autor, com direito a uma categoria sem fins mais nobres do que publicar fotos de mulheres bonitas para atrair visitantes, as Curvas de Galois.

Com a mudança para o Lablogatórios e então para este ScienceBlogs Brasil, o perfil do blog mudou novamente, e se tornou mais sério – ou menos descomprometido – embora a idéia seja que ainda permaneça divertido (HA Ha ha).

Tudo isso para contar que criei um novo blog, com “posts que não lidam com ciência ou o insólito”. As Curvas de Galois devem continuar por lá, então visite:

Reblogado.com

Dos vários blogs e sítios que mantenho, o Reblogado deve ter a menor prioridade… mas então, será o destino final aos posts simplesmente repassados. Talvez tenha futuro, ainda mais se você assinar o feed.

Hombre con hombre, mujer con mujer

A Senõrita Antioquia 2008 Verónica Velásquez em um discurso meditabundo sobre o amor e carinho entre iguais. Fascinante.

Pior do que a resposta é a pergunta.

A Horrível Mulher Aberração (Mutante?) – O Retorno

karolina-kurkova-belly-buttondsaf

Ela é loira. É do leste europeu. É uma supermodelo, eleita a mulher mais sexy do mundo pelo canal E!. Ela é Karolina Kurková.

E ela não tem umbigo. Não é um desastre Photoshop: Kurkova realmente não possui nenhuma reentrância na barriga. Incrivelmente, Photoshop costuma ser usado para adicionar um umbigo virtual na modelo em fotos. Ao natural, não há nada.

Ao contrário da monstruosidade chamada Gemma Arterton, a imperfeição de Kurkova não seria propriamente genética, mas uma má-formação. Médicos sugerem que a modelo tcheca pode ter sofrido de hérnia umbilical, e o que restou após uma cirurgia corretiva foi essa ausência de umbigo. Assessores da modelo já admitiram que o umbigo ausente foi resultado de uma cirurgia a que ela foi submetida ainda bebê.

São, enfim, questões de grande relevância para o mundo, como a dialética sobre o umbigo de Adão.

E já que estamos falando de criaturas repulsivas como Kurková e Arterton, também vale atentar para esta outra deformação:

megan_fox_freakish_thumbfdsa

Clique para ver de quem é esse polegar estranho.

A sério, enxergamos perfeição e literalmente supermodelos de beleza nessas mulheres fabulosamente lindas, e é curioso descobrir que várias delas possuem algumas imperfeições significativas. E ainda mais interessante notar que algumas delas foram corrigidas ou atenuadas graças aos avanços da medicina.

Gemma Arterton ainda seria bonita com doze dedos e uma orelha enrugada, assim como Kurková não seria nenhuma aberração ainda que tivesse um umbigo bem saliente. Mas, por Hipócrates, que a Medicina seja Louvada.

A Horrível Mulher Aberração-Mutante

gemma-arterton-bond-girl43

A Bond Girl do novo filme A Quantum of Solace, Gemma Arterton, é uma mutante: nasceu com polidactilia, mais precisamente, com seis dedos em cada mão. Não apenas isto, esta aberração da natureza revelou que a condição é bem comum em sua família.

“Meu pai os tem, assim como meu avô”. Arterton também contou seus planos malignos de dominação mundial: “Sinto que estamos um passo à frente”.

A sério, seus dedos extras eram da forma mais comum, apêndices macios sem osso ao lado do dedo mindinho. Ainda bebê, os médicos os ataram e com o tempo eles caíram sozinhos, deixando somente pequenas cicatrizes.

A polidactilia da Agente Fields de 007 vem sendo comentada na mídia, e suas declarações são bem saudadas por médicos. “É minha pequena coisa estranha, de que sou mesmo orgulhosa. Torna-me diferente”.

Curiosamente, ela também teria nascido com orelhas enrugadas que foram corrigidas com mais cirurgia. “Eu nasci com um monte de deformidades”, disse.

Arrã. [via Zapato]

Arquivos

Páginas

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM