A ciência do ITI MALIA

Quando falamos como os catioros, eles parecem entender o que queremos dizer. Mas será que entendem mesmo? O cão é o melhor amigo do homem há milênios e, embora não tenha aprendido a falar, nosso companheiro quadrúpede aprendeu a se comunicar conosco. Dos imperativos...

A velhinha, a xícara de açúcar e o Ebola

Algumas pessoas sobreviveram aos surtos de Ebola dos últimos anos. Agora, um par de pesquisas está revelando como funcionam seus anticorpos e quais são os pontos fracos de um vírus considerado implacável. Quem você imagina como um invasor mais perigoso para a sua...
O gene que pinta as joaninhas

O gene que pinta as joaninhas

Algumas espécies de joaninhas têm sempre o mesmo número de pintinhas, enquanto outras apresentam grande variação de um bichinho para outro. Pesquisadores japoneses revelaram que a receita por trás dessa variedade é tão simples quanto parece. Vermelho. Preto. Vermelho,...
IgNobel 2018: as pesquisas mais improváveis do ano

IgNobel 2018: as pesquisas mais improváveis do ano

Canibalismo, saliva, montanhas-russas e xingamentos estiveram entre pesquisas agraciadas com o prêmio mais engraçadinho da comunidade científica Mesmo sabendo que sempre acontece em setembro, o IgNobel sempre me surpreende. O desse ano — 28º. primeiro, segundo a...
O liga-desliga linguístico

O liga-desliga linguístico

O que dá mais trabalho para um cérebro bilíngue: desligar a língua-mãe ou ligar o segundo idioma? Let’s say that you are talking to someone in English and do nada, deixa escapar uma palavra em português. Não é um lapso de memória nem um falso cognato: você sabe...
Neurônios-bomba

Neurônios-bomba

Sob certas circunstâncias, existem células que apresentam um comportamento auto-destrutivo e acabam sendo atacadas pelo próprio organismo. Uma pesquisa com neurônios de ratos mostra como isso pode ser impedido. Algumas pessoas apresentam um comportamento...