Em uma palavra [324]

esparolado (es.pa.ro.la.do) adj. 1. que fala muito, sem medir as palavras; 2. palrador, mentiroso; 3. que diz coisas sem critérios, leviano. [de parola = palavra oca,...

Em uma palavra [323]

covela (co.ve.la) s.f. pequena cova, covinha; topônimo relativamente comum em Portugal e na Galiza, onde se registram as formas Couvelha, Covelho, Covelinha e derivadas. [do latim...

Em uma palavra [322]

cacosmia (ca.cos.mi.a) s.f. Med. 1. perversão do olfato que leva o portador a apreciar cheiros desagradáveis; 2. sensação frequente ou constante de odores desagradáveis; em ambos os casos, trata-se de uma anomalia olfativa de fundo psicológico ou neurológico. [do gr....

Em uma palavra [321]

ebanesteria (e.ba.nes.te.ria) s.f. 1. tipo de carpintaria especializada na fabricação de móveis com ébano e madeiras-de-lei 2. obra feita de ébano. 3. local onde se fabrica ou vende esse tipo de mobília. ebanista, s.m., carpinteiro especializado em...

Em uma palavra [320]

bátega (bá.te.ga) s.f. 1. pancada súbita e intensa de chuva; pé-d’água, toró, aguaceiro: “bátega causa inundação no último dia do carnaval”. 2. antigo vaso de metal, semelhante à bacia, no qual se servia água: “na cozinha em ruínas, uma bátega enferrujada foi o...

Em uma palavra [319]

rakugo (ra.ku.go) s.m. gênero clássico do teatro cômico japonês, que remonta ao século XVIII; é um monólogo onde o ator, sentado sobre uma almofada no centro do palco, representa situações com diversos personagens, que são diferenciados pela voz, pelos gestos e pelo...