O geólogo autômato

O geólogo autômato

Não é fácil trabalhar com a geologia dos rios. Recolher as amostras é simples: bastam algumas pedras ou seixos extraídos dos leito de um rio. Analisá-las, determinando sua idade e composição, é algo bem mais delicado — e lento, muito lento. Se for preciso organizar as...
Martelinho de ouro neural

Martelinho de ouro neural

Levar pancadas na cabeça costuma ser perigoso, mas precisamos saber como os neurônios reagem a impactos. Para resolver isso, um trio de pesquisadoras americanas está preparando um micromartelinho. Quando duas cabeças se batem, a gente sabe bem o que acontece por fora....
A bateria que brilha no escuro

A bateria que brilha no escuro

Baterias sólidas são cada vez mais inseguras e ineficazes. Uma solução — literalmente brilhante — pode ser um tipo de bateria líquida. Gasolina, óleo diesel, querosene, álcool… Todos esses líquidos armazenam energia mas essa energia só pode ser usada uma única...
IgNobel 2016: as pesquisas mais improváveis do ano

IgNobel 2016: as pesquisas mais improváveis do ano

Existem pesquisas científicas que parecem engraçadas, dignas de cientistas malucos de desenhos animados. Botar calças em ratos, se coçar diante do espelho, fazer perguntas aos mentirosos (e acreditar nas respostas), observar e descrever o mundo de cabeça pra baixo....
Pausa para as bolhas

Pausa para as bolhas

Não tem nada mais simples que uma bolha de sabão, certo? Pode parecer que as bolhas não passam de brinquedo de criança mas esses delicados filmes esféricos também servem como instrumentos científicos. O uso de bolhas de sabão é uma tradição bem antiga e pouco...
Músculos a vácuo

Músculos a vácuo

Contração. Relaxamento. Contração. Relaxamento. Três séries de 20 repetições. Contração. Relaxamento. Poderia ser uma cena de academia, mas exercícios como esse estão sendo realizados num laboratório da Universidade de Harvard, onde cientistas estão desenvolvendo um...