Sobre mulheres, preguiças e o monstro do Panamá

A notícia é assustadora e ganhou destaque em vários jornais essa semana…

“Segundo jornais panamenhos, quatro adolescentes entre 14 e 16 anos estavam em torno do lago, no sábado (12), quando viram uma criatura bizarra saindo de uma gruta. Assustados com sua aparência e com medo de serem atacados, os jovens atiraram pedras até matá-la e a jogaram na água. A notícia logo se espalhou pela cidade. Retirada do lago, a criatura foi apontada como um ET por moradores da região e pela imprensa local. Outros a descreveram como o personagem “Gollum”, da trilogia “O senhor dos anéis

As fotos mais ainda…

Thumbnail image for monstro.jpg

Se você já estava preparando para se esconder debaixo da cama com medo da invasão alienígena, pode ir se acalmando.

animalembryo051.jpg

A foto ao lado, retirada daqui, põe rapidamente fim ao mistério. A imagem mostra um feto de preguiça-de-três-dedos (Bradypus tridactylus). Embora o “monstro” do Panamá corresponda a uma preguiça adulta a foto do feto não deixa dúvidas quanto a sua real identidade. Além disso, observando com atenção a foto do suposto ET no canto superior esquerdo é possível ver as garras na ponta de uma das patas e alguns vestígios de pêlos na barriga. 

Um outro mistério seria como a preguiça de Cerro Azul perdeu quase completamento sua pelagem. As possibilidade são muitas, mas por ter sido encontrada as margens de um lago sou capaz de apostar o salário do meu chefe que a perda de pêlos é resultado da decomposição ter se iniciado dentro da água. Em diversas ocasiões já encontrei carcaças de gatos e cachorros “pelados” lançados a beira mar durante os monitoramentos de praia que realizamos pela costa fluminense em busca de aves, quelônios e cetáceos marinhos.   

O mais interessante, contudo, é que o alvoroço causado pela preguiça pelada panamenha não é  muito diferente do que aconteceu quando os primeiros europeus que chegaram a américa se depararam com preguiças vivas. Os primeiros cronistas a descreverem a natureza brasileira se surpreenderam com as feições quase humanas do estranho animal. Em 1560, o Padre José de Anchieta escreveu “a sua cara parece assemelhar-se alguma cousa de
rosto de uma mulher
“, já Fernão de Cardim, foi menos gentil com os elogios e afirmou que seu “rosto parece de mulher mal toucada”, seja lá o que quer dizer isso. A foto abaixo, retirada daqui, permite que os leitores tirem sua próprias conclusões entre as supostas semelhanças entre mulheres e preguiças. Eu achei particularmente interessante o espécime de preguiça pelada da ponta esquerda.

preguiça.jpg

Pois bem, como sempre, a mentira tem perna curta, ou melhor neste caso, braços longos.  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 9 comentários

  1. Chloe disse:

    Olá, eu vi essa noticia e fiquei chocada com as fotos!
    Morri de pena. E apesar de nunca ter visto uma preguiça ao vivo, na hora eu pensei que era uma.
    Pensei que talvez tivesse alguma alteração genética e por isso não tinha pelos.
    Achei um absurdo que os meninos a tenham matado.
    Espero que haja uma punição para o que fizeram.
    ( )’s.
    C.

  2. Joâo Carlos disse:

    Só para chatear: o verbo “toucar” quer (ou queria… caiu em desuso) dizer “arrumar, enfeitar” (o termo “toucador” ainda é usado). A frase de Fernão de Cardim se traduz por “mulher mal produzida”…
    O mais bacana é que ainda há quem insista que não se trata de uma pobre preguiça (veja os comentários no [extenso demais] noticiário do G1 sobre o assunto).

  3. ana magalhaes disse:

    o interessante de tudo isso, é que mesmo depois de todos os tipos de comentários e especulações a´respeito do que possa vir a ser essa criatura,como sempre, nunca aparece provas concretas como exames de dna por exemplo… e a população é sempre tratada como idiotas que vivem inventando coisas sobrenaturais por falta do que fazer… acho que temos o direito de estar informados.

  4. Poisé também fiquei meio abalado quando vi a notícia! Valeu pelo post! 😀

  5. ACM disse:

    Ora, mas se a preguiça perdeu os pêlos por estar em decomposição dentro da água, então ela já estava morta! Certo?

  6. caapora disse:

    Oi Chloe,
    Pra ser bem sincero, este “causo” está muito mal contado. Acho difícil que esses meninos tenham matado a preguiça, acho mais provável que eles a tenham encontrado boiando já morta e inventaram toda essa história para ganhar mais repercussão.
    Ainda assim, esse comportamento de matar tudo aquilo que é desconhecido é bem típico da nossa espécie, mate primeiro, pergunte depois…

  7. caapora disse:

    Agradecido João, verbo incorporado ao meu vocabulário!
    Certamente vão insistir nessa história de monstro por um bom tempo…

  8. caapora disse:

    Concordo Ana,
    O discurso parece meio “anarquista”, mas o problema é a mídia sensacionalista que em vez de informar as pessoas faz questão de distorcer os fatos e manter as pessoas em um mundo de ignorantes, assim se ganha mais dinheiro…

  9. caapora disse:

    Sim ACM,
    Como disse a Chloe, tenho quase certeza que os meninos encontraram a preguiça já morta, essa história de “monstro” saindo das cavernas me parece pura balela.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM