Resenha: “História Ilustrada Grécia Antiga”

grecia.jpgHistórias ilustradas de qualquer coisa invariavelmente me lembram aquele prazer ingênuo do leitor-criança, de descobrir pela primeira vez um assunto legal e passear por ele com ligeireza, sem se dar conta de que a beleza das ilustrações normalmente mascara a falta de profundidade do texto. Fico feliz em poder dizer que esse NÃO é o caso do volume sobre a Grécia Antiga da coleção História Ilustrada, da Ediouro.
A primeira pista auspiciosa de que, no presente caso, as ilustrações não são apenas máscara para a superficialidade do conteúdo vem do fato de que a obra é organizada e coescrita por Paul Cartledge, historiador da Universidade de Cambridge que eu já conhecia de outros carnavais. Cartledge, especializado na história de Esparta, é um dos mais respeitados estudiosos do mundo grego antigo na atualidade. E, pelo visto, reuniu um timaço.
É claro que a obra faz amplo uso de recursos visuais — infelizmente, tudo em preto e branco, o que é compreensível do ponto de vista de custos. A iconografia de quase todas as épocas, do período micênico ao helenístico, é uma mão na roda para trazer o universo helênico de volta à vida. Mas o que realmente faz a diferença numa obra introdutória é contexto, e nesse ponto o livro é soberbo.
Os autores, por exemplo, empregam de maneira cirúrgica os documentos originais da Grécia Antiga, com excertos dos principais poetas, dramaturgos, historiadores e políticos (entre outros) da Hélade, capazes de ilustrar com precisão o que era a sociedade grega antiga. (Quem rouba a cena, claro, são os personagens das comédias de Aristófanes quando o tema é o universo da sexualidade helênica. A diversão é garantida.)
Mais importante ainda, conseguem amarrar um bocado bem os fatores mais básicos da civilização grega, como a agricultura mediterrânea de subsistência e a política das cidades-Estado, com as grandes tendências culturais e os principais personagens, de Homero a Alexandre. Nesse ponto, aliás, pequenos verbetes com o básico do básico da biografia desses figurões são um excelente guia para o leitor que costuma se perder com nomes e datas.
Resumindo: se você quer entender o povo que, ao lado do judeu, ajudou a criar o Ocidente, eis um excelente lugar para começar.
Conheça Além de Darwin, meu primeiro livro de divulgação científica
Siga-me no Twitter
Para saber quem sou: meu Currículo Lattes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM