Concurso de fotografias silvestres

Mais uma vez atendo à convocação do Carlos Hotta e escolho as minhas fotos favoritas do Wildlife Photographer of the Year. As do ano passado estão aqui. Cada pessoa pode publicar cinco fotos sem ferir os direitos do concurso. E não é nada fácil escolher só cinco!!! Estou aqui lutando para não pescar do lixo as que descartei. Vamos então às que ficaram. [Atualização: veja as fotos escolhidas pela Lucia Malla, a verdadeira lançadora dessa moda de escolher cinco fotos e mostrar pra todo mundo]

reflections.jpg

“Sem o jogo de luz, seria um retrato sem-graça de passarinho”, reflete o jovem fotógrafo finlandês Ilkka Räsänen. A foto é linda, mas a categoria em que foi premiada me impressionou ainda mais: fotógrafos com menos de 10 anos. Se agora ele tem a paciência e a sensibilidade necessárias para fazer uma foto dessas, espero continuar vendo o trabalho dele nos (muitos) próximos anos.

leopard descending.jpgMais uma foto de reflexos, desta vez reflexos rápidos. Ajit Huilgol estava fotografando a leoparda no alto duma árvore no sul da Índia, quando um barulho de carro assustou a felina. Mas não o fotógrafo, que não deixou de registrar como ela desafia a gravidade correndo na vertical. E para baixo, sempre ouvi dizer que gatos só podiam subir, e não descer, por causa da curvatura das garras. Quem sabe voar não precisa de garras.

sardine round up atlantic sailfish.jpg
O agulhão-vela-do-Atlântico (Istiophorus) é um peixe esplêndido e pode nadar a mais de 100 quilômetros por hora. Ainda por cima é um craque na pesca, como mostra Paul Nicklen nessa foto tirada em mares mexicanos. Ele cerca cardumes, aqui de sardinhas, até elas se condensarem numa bola viva de peixes. Aí basta abocanhar. Me lembrou um vídeo lindo da National Geographic de uma dessas massas de peixes servindo de festim para atuns e outros predadores. Veja aqui.

baboon bonding.jpgA foto é um truque, com resultado quase inacreditável. Não foi tirada na escuridão quase total. No South Luangwa National Park, no Zâmbia, Patrick Bentley fotografou esses babuínos contra a luz, para ressaltar os pelos do contorno, e subexpôs a foto. O resultado me transmite paz, como se esses dois macacos ocupados em catar pulgas um do outro não estivessem em meio a um bando de 30.

sun touched tulip.jpgDe despedida, uma tulipa (Tulipa sylvestris) que Serge Tollari encontrou caminhando pelo sul da França. Uma das minhas flores favoritas (tulipas em geral, essa espécie nunca vi) num dos meus lugares favoritos. Ambos têm uma simplicidade que é beleza pura.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 1 comentário

  1. Elisa disse:

    impressionante a foto do leopardo…

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM