Tesouros da Mata Atlântica

premio.jpgOntem foi anunciado o prêmio de reportagem sobre a biodiversidade da Mata Atlântica. E quase foi responsável por uma síncope desta que escreve: ganhei o primeiro prêmio. E o segundo também. Ambos com matérias publicadas na Pesquisa.

Hesitei muito em fazer auto-promoção. E perdi a chance de dar a notícia em primeiríssima mão, mas acabei sucumbindo.

Um dos motivos é relembrar o motivo real de escrever as matérias e pelo qual elas foram premiadas: os assuntos. O primeiro lugar foi para “Jardineiras fiéis“, que saiu em julho do ano passado, conta como formigas ajudam a semear florestas. O trabalho é do grupo do biólogo Paulo Oliveira, da Unicamp. “O futuro da natureza e da agricultura“, da edição de outubro, é um apanhado de vários exemplos que usam modelos matemáticos para entender evolução ecológica e prever o que pode acontecer com plantas e bichos diante das mudanças no clima esperadas para as próximas décadas.

Quero, sobretudo, registrar meu agradecimento às pessoas que contribuíram para que eu chegasse aqui.

Minha família, claro.

Meu editor Ricardo Zorzetto, que conheci quando foi meu professor no Labjor e, sei lá como, lembrou de mim um ano depois quando precisou de colaborador. É a ele que agradeço, em primeiro lugar, por fazer parte da equipe da revista Pesquisa, da Fapesp. Claro que agradeço também à Mariluce Moura, diretora de redação da revista, que deu essa oportunidade a uma jornalista recém-nascida e nos últimos quase 4 anos manteve a aposta. E ao resto dos meus colegas, uns pela amizade e outros – Neldson Marcolin e Carlos Fioravanti – pela ação direta no meu aprendizado, como editores.

Eu não escreveria nada se não contasse com a dedicação, a paciência e o entusiasmo contagiante dos que me contam seu trabalho. Paulo Oliveira, Paulo De Marco, Natália Torres, Carlos Nobre, João Giovanelli, Marinez Siqueira, Miguel Ângelo Marini, Hilton Silveira Pinto, Juliana Fortes e José Antonio Marengo, neste caso. E João Alexandrino – meu parceiro neste blogue e na vida -, que não aparece na matéria dos modelos ecológicos (a não ser por intermédio de João Giovanelli, na época seu mestrando) mas foi quem sugeriu o assunto e me ajudou a pensá-lo.

E, claro, agradeço ao pessoal da Aliança para a Conservação da Mata Atlântica, que promove o prêmio, e ao júri que gostou do que escrevi.

Graças a toda essa gente, tenho duas lindas arvorezinhas-esculturas decorando minha casa. E um par de super havaianas com o logo da Conservação Internacional. E uma caneca nova. E um cheque polpudo. E uma camiseta. E em novembro estarei em Cancún, no México, acompanhando a COP 16.

A foto foi minha mãe quem tirou (acho, ou meu irmão), com o celular.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 14 comentários

  1. Alessandra disse:

    Parabéns, Maria!! Você mereceu muito!!!

  2. maria emilia disse:

    maria, que demais! parabéns!

  3. paulo werneck disse:

    Hip hip hurra!!!

  4. Maria!
    Muito legal você ter ganho o primeiro e o segundo prêmio. É sinal que seu trabalho é realmente muito bom. Mas eu sou suspeito de falar pois gosto muito de tuas reportagens que são publicadas na revista Pesquisa FAPESP.
    Que inveja de tua viagem para Cancún! Espero que seja realmente ótimo.
    Tudo de muito bom para você,
    Roberto

  5. Lucia Malla disse:

    Parabéns, Maria! Qqer um q te conhece e lê seu blog (ou um texto q vc escreva) sabe q o prêmio é mais q merecido, pq vc põe sempre um quê a mais de charme nas palavras da ciência. 🙂
    (E só queria ser uma mosquinha para ouvir sua conversa com o professor que me ensinou primórdios de Ecologia listado aí… deve ter sido hilária. 😉 )

  6. Tati Nahas disse:

    Maria querida,
    parabéns, parabéns e parabéns pela bela conquista mais do que merecida!
    Teus textos, não só os premiados, provam que jornalismo científico envolvente e de boa qualidade é possível sim.
    E é ótimo saber que seremos brindados com com mais belos e informativos textos a la Maria durante a COP-16!
    Beijão!

  7. Joey Salgado disse:

    Maria, meus parabéns!
    “Medalha, medalha, medalha”, hehe!

  8. Sibele disse:

    Maria, parabéns!
    Duplamente premiada, de forma merecidíssima!

  9. Cynthia Schuck disse:

    Parabéns Maria! Prêmio mais que merecido!
    Beijos,

  10. Luciana Christante disse:

    Um pouco atrasada (estava de férias), deixo meu duplo parabéns. Detonaste, hein? 🙂 Saludos.

  11. Maria Guimarães disse:

    muito, muito obrigada por tão simpáticos e carinhosos comentários! essa troca constante com outros escrevedores, com leitores, com companheiros de curiosidade é de fato o que impulsiona a gente a seguir escrevendo.
    obrigada por tudo isso.
    (estava de férias-feriado, por isso só respondo agora – aguardem relato)

  12. ana claudia disse:

    Parabéns Maria!
    Fico muito contente que você tenha sido premiada e seja presença constante na revista FAPESP e no blog! Antes dos prêmios, seus esforços já eram reconhecidos por nós como leitores. Mas ter este trabalho reconhecido formalmente e ainda ganhar um par de havaianas… não tem preço!! 🙂 E a vida fica mais emocionante e divertida! Que boa notícia, tem que fazer auto-promoção MESMO!
    beijo,
    ana claudia

  13. Maria Guimarães disse:

    obrigada, ana claudia.
    e bom receber tua visita por aqui.
    beijo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM