Anonimato do revisor e revisão às cegas

O padrão atual das revistas é ter revisores anônimos. Esse modelo é interessante na medida que permite expor suas críticas sem medo de represálias. No entanto o modelo permite ao revisor a chamada “síndrome dos pequenos poderes”, já que a decisão sobre o sucesso ou fracasso de uma pesquisa passa a depender, em certa medida, dele. Vale a pena lembrar-se que os papéis de revisor e autor são dois que se alternam rapidamente em nossa persona acadêmica. Gosto especialmente do site da Editorial Manager que mostra na mesma tela os trabalhos onde você aguarda o parecer de um revisor anônimo e os trabalhos de pessoas que aguardam o seu parecer. É um bom lembrete da transitoriedade desses papéis.

Continue lendo…

Apresentação em Público

Apresentação em público deixou de ser uma incumbência destinada apenas a grandes executivos, personalidades públicas ou professores e passou a ser uma atribuições de qualquer profissional, independente da carreira em que atua, no entanto muitas pessoas tremem ou têm calafrios só de pensar na possibilidade de ter que se expor diante de uma plateia, por menor que ela seja.

Por que o microfone causa tanto medo?

Continue lendo…

A revisão por pares ideal

O ingrediente principal de uma revisão eficiente é a atitude, que deve ser crítica e objetiva. Faça força para se livrar de preconceitos tanto regionais, de gênero etc., quanto preconceitos teóricos. Um pesquisador cuja carreira tem focado em duvidar do valor da reintrodução de fauna pode revisar um artigo advogando em favor disso, seu ponto de vista cético seria inclusive valioso, desde que ele se ativesse a avaliar as evidências e interpretações apresentadas ali sem tratar como dogma que a reintrodução causa mais prejuízos que benefícios.

 

Continue lendo…

Nova série sobre revisão por pares

Poucas coisas em ciência são mais frustrantes do que investir meses de trabalho de um aluno brilhante num projeto no qual você acredita, passar dias polindo o texto da melhor maneira possível, quem sabe até gastar recursos próprios na tradução ou edição do texto do artigo para, após submetido o manuscrito, receber uma revisão de baixa qualidade. O primeiro revisor tem uma opinião claramente enviesada baseada em uma interpretação discordante de evidências pretéritas, mas que nada têm a ver com o que seus dados mostram. O segundo revisor considera os dados desinteressantes e sem valor para aquele periódico. O terceiro tem expectativas irreais sobre os resultados que ele gostaria que você apresentasse. Não apenas você está desapontado, mas seu aluno, que precisa atender a prazos e expectativas alheias a você, está ameaçado. Continue lendo…

Crises e prioridades

Um dos principais empecilhos à produtividade é a dificuldade de definir prioridades. Aí está uma coisa que frequentemente percebemos nos cursos e palestras nos quais abordamos gerenciamento do tempo. Um pesquisador encara uma lista de itens que precisa realizar naquela semana, percebe que a somatória do tempo estimado para sua realização excede em muito 40 horas de trabalho, mas não consegue avaliar quais itens da lista seriam dispensáveis. Continue lendo…

Arte da Guerra para Cientistas VII

Liderança pelo exemplo.

Liderança pelo exemplo.

Um lider verdadeiro cultiva a admiração de seus orientandos e faz valer para si próprio as regras que impõe a todos.

Arte da Guerra para Cientistas VI

Um discurso convincente leva à vitória.

Um discurso convincente leva à vitória.

O que os antigos chamavam de um cientista inteligente era aquele que não apenas convencia, mas que se sobressaía argumentando com facilidade.

Arte da Guerra para Cientistas V

Será vencedor quem:

  • souber quando disputare quando colaborar;
  • aproveitar o trabalho desde o estagiário não remunerado até o pós-doc;
  • tiver sua equipe motivada em todos os níveis da hierarquia;
  • estiver preparado para surpreender os concorrentes despreparados.

Pós-graduação lato sensu

Pós graduação latu sensu

Segundo o Ministério da Educação (MEC, 2012) existem dois tipos de pós-graduação no país: Stricto Sensu (compreendem programas de mestrado e doutorado abertos a candidatos diplomados em cursos superiores de graduação e são sujeitos às exigências de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento) e Lato Sensu (cursos de especialização em nível de pós-graduação como Master Business Administration (MBA) oferecidos por instituições de ensino superior, independem de autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento). Este segundo tipo de pós-graduação é certamente Continue lendo…

Arte da Guerra para Cientistas IV

A elegância está na simplicidade.

A elegância está na simplicidade.

A glória suprema consiste em derrotar uma hipótese com o mais simples dos testes.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM