Com que roupa eu vou?

Com que roupa eu vou?

Numa viagem de campo uma aluna apareceu com uma microssaia menor que um palmo, a roupa, que até podia ser adequada para assistir uma aula expositiva, simplesmente não condizia com as condições de campo.

As roupas surgiram como forma de proteção contra as intempéries, mas atualmente tornaram-se forma de expressão, item para incluir num grupo social ou “tribo”, definir determinado estilo de vida, estabelecer status social ou exibir diferentes aspectos culturais ou religiosos. Diante de tantas opções, é bastante comum termos dúvida sobre que roupa usar em determinadas situações. Este post vai tentar ajudar você a resolver este dilema.

Na escolha da roupa, temos apenas uma certeza: não existe uma única regra, a mesma peça de roupa pode ser utilizada em diversas ocasiões, até a microssaia. Acadêmicos de forma geral, alunos ou professores, vivem em um ambiente bastante informal. É muito comum as pessoas optarem por roupas confortáveis e bastante casuais como o trio infalível jeans, camiseta e tênis. E não se esqueça que cada situação exige uma roupa diferente.

Trio infalível: camiseta, jeans e tênis.

É importante ficar atento para adequar nossas roupas às situações, sejam elas formais ou não. Uma microssaia numa aula de campo é tão adequada quanto terno e gravata num churrasco do laboratório ao redor da piscina. Alguns anfitriões ou organizadores de eventos nos ajudam dando a dica no convite do evento: traje black tie, ou passeio, ou passeio completo, ou esporte. Teoricamente essa dica deveria salvar nossas vidas, mas não é bem assim. O que significam estes trajes? Veja no quadro abaixo algumas dicas.

Com que roupa eu vou?

Com que roupa eu vou?

Uau! Já é dificil quando o traje vem descrito no convite do evento, imagina quando é preciso apelar para o bom senso. Ajuda lembrar que, independente de ser uma aula, congressos, reunião ou happy hours, todos são eventos profissionais (sim, o happy hour é um evento profissional). Portanto mulheres, não costuma ser adequado barriguinha de fora, decotes ousados, muitas transparências e modelitos sexys ; e homens, camiseta velha, furada, bermuda e chinelos também são escolhas ruins. Entre os acadêmicos parece que é feio caprichar no visual. Nós, enquanto primatas, somos altamente visuais, então caprichar na aparência não é demérito, já dizia nosso amigo, Prof. José Sabino.

Tente estar de acordo com o ambiente. Nem mais nem menos arrumado que a média do pessoal. Se você vê que no congresso em que está participando todos usam jeans e camiseta esta é a regra básica. Se for terno e gravata entre os membros da banca de um concurso, esta é a regra básica. Agora se você for ocupar alguma posição de destaque como palestrante em um congresso ou professor homenageado em uma premiação, procure estar um pouco mais arrumado que o grupo. Se todos estão de jeans, camiseta e tênis, opte, por exemplo, por jeans, camisa e sapato (homem) ou jeans, blusa mais elaborada e sandália presa ao pé (mulher). Assim a chance de passar vergonha diminui consideravelmente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 2 comentários

  1. André disse:

    Por favor, arrumem o cinto!

  2. Felipe disse:

    Prezados,

    faltou um “M” na palavra “caMpo” ao final do primeiro parágrafo. Só estou chamando atenção pois o termo “capo” se lido como “capô” permite trocadilhos safado heheheh.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM