Resoluções de ano novo

Faltam alguns dias para o ano novo, então resolvemos sugerir aqui uma ferramenta para ajudar a formular suas resoluções para 2015. O problema das resoluções de ano novo é que elas geralmente são esquecidas antes do carnaval e acabam nunca sendo cumpridas. Com esse modelo talvez seja mais fácil realizar o que precisamos melhorar.

Quer um final de ano como o do Medina? Aprenda a limpar a cabeça das interferências como ele. Imagem: O Globo

 

 

 

 

Continue lendo…

Revisão por pares e projetos de pesquisa

Mesmo projetos considerados aprovados podem ficar de fora devido a limitações orçamentárias (Imagem: grcorporate.com.br)

Enquanto na revisão de artigos você ajuda a decidir se um artigo será ou não publicado, a revisão de um projeto vem primeiro. Ela decidirá se um projeto de pesquisa será ou não financiado e se um aluno merece ou não uma bolsa. O papel do revisor talvez seja até mais dramático nesse ponto do que no peer-review de manuscritos.

Continue lendo…

Fluxograma para o desenho experimental

Um protocolo de desenho experimental é uma ferramenta poderosa na hora de delinear projetos de pesquisa. Quando eu (Bessa) me deparei com o primeiro que vi fiquei triste por não conhecê-lo antes. Seguir um fluxograma desses ajuda muito a amarrar bem um projeto, definir uma metodologia e lidar com diversos detalhes práticos relacionados. No final, também te ajuda a elaborar uma proposta mais fácil de ser aprovada, então, sem mais delongas, vamos apresentar aqui uma proposta nossa de fluxograma para o desenho experimental. É só clicar na imagem e ir navegando pelo infográfico. Façam bom uso! Continue lendo…

A ditadura do Fator de Impacto

Essa semana um burburinho está rolando na comunidade científica, se ainda não chegou até você, fique em dia aqui. Numa reunião em Dezembro passado a Associação Americana de Biologia Celular lançou uma campanha que ganhou publicidade essa semana com editoriais em periódicos científicos e veículos de massa. A ideia da declaração sobre a avaliação da pesquisa, DORA na sigla em inglês, é derrubar a ditadura do fator de impacto, que inclui não só o fator de impacto oficial, que é a métrica mais conhecida, mas outras métricas com cálculo similar. O fator de impacto é a divisão do número de citações recebidas por um periódico pelo número de artigos publicados num triênio e é usado como indicador da qualidade do periódico, partindo do pressuposto que ser citado indica a utilidade, popularidade e importância da informação ali contida. Nós concordamos em parte com as demandas do DORA. Por favor, argumentem nos comentários. Queremos ‘ouvir’ a opinião dos leitores. Continue lendo…

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM