Escolha uma Página

Tendência da temperatura global tendo como linha de base 1999. Fonte: RealClimate

Como podemos ver no gráfico acima, nada mudou desde a última década. A anomalia de temperatura da Terra sofreu um certo aumento mas recuou para próximo da linha de base. Então podemos ficar tranqüilos. Todo esse papo de aquecimento global não passa de especulação. Bem, na verdade não é tão simples assim. O gráfico acima foi uma demonstração feita pelo pesquisador Gavin Schmidt em seu blog, mostrando como a análise baseada em relativa curta escala de tempo pode implicar em conclusões erradas em relação ao padrão estudado. O gráfico abaixo foi publicado esta semana pela NASA e mostra um padrão bem diferenciado.


Tendência da temperatura global de 1880 até 2008. Crédito: NASA

Podemos ver claramente neste segundo gráfico o efeito da escolha do ano de base em uma análise temporal. O final da década de 90 foi marcado por uma forte oscilação na temperatura (ainda não explicada). Então a escolha de anos como 1997,1998 ou 1999 como ano base para a comparação pode levar a uma conclusão enviesada da tendência. Se escolhermos um ano em que a temperatura registrada era muito alta (como o escolhido por gavin, 1999), o aumento da temperatura nas últimas décadas seria “escondido”. Como lembrou Gavin, quem se mostra surpreso com o primeiro gráfico deve ser muito ingênuo… ou não. Gráficos sobre aquecimento global existem muitos na internet e cada um utiliza apenas uma parte deles para confirmar o seu argumento. Prefiro mostrar ambos, assim podemos ter uma reflexão melhor sobre o que é divulgado.

Agora voltando a análise temporal longa. Várias agências como NASA e o NOAA resolveram publicar esta semana os padrões de temperatura registrados neste ano. O último ano meteorológico segundo a NASA (de dezembro de 2007 a novembro de 2008) está entre o sétimo e o décimo segundo mais quente desde que medidas meteorológicas sistemáticas começaram a ser feitas, em 1880. Outra informação importante é que, segundo a mesma agência, dentre os anos mais quentes deste registro, nove ocorreram depois de 1998 (vejam como o ano de 1998 foi muito atípico).

Mais um ponto para o IPCC. Vamos aguardar o próximo ano e conferir as tendências. O mundo não vai acabar como dizem os ambientalistas, mas parece que estamos caminhando para um futuro mais quente. Sendo assim, devemos investir cada vez mais em adaptação a estas mudanças.

Leia mais sobre os dados de temperatura em 2008 no New York Times.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...