Escolha uma Página

livro.jpg
Dos Rockfellers aos Bushs, Antonia Juhasz nos mostra a obscura e poderosa dinâmica das companhias de petróleo. Um histórico rico do ínicio da era do petróleo com a Standart Oil, até sua dissolução em várias empresas que foram os primórdios das famosas companhias que nos são tão familiares (como Exxon-Mobil, BP e outras). A Tirania do Petróleo
mostra que dependência de petróleo da nossa sociedade não tem como
principal fator a eficiência energética em si, mas sim questões
políticas de grupos que controlam desde eleições para presidentes em vários países (principalmente os EUA) até
vidas de populações inteiras.

Mas se engana quem acha que o livro é somente um histórico, este livro nos mostra uma faceta desses companhias que não são reveladas para o grande público com frequência. Tráfico de influências, guerras sangrentas, exploração de países miseráveis e, claro, destruição do ambiente. Por mais que este não seja o foco do livro (e não é mesmo), impactos ambientais das industrias petrolíferas são abordados em alguns capítulos, mas sem caráter científico. Em busca do ouro negro cada vez mais raro, essas gigantes são capazes de destruir o que e quem for preciso para alcançar mais um poço. E é nessa interface que se encontrar os ambientes naturais de nosso planeta, principalmente, a exploração de águas profundas oceânicas (a meu ver, um dos ecossistemas mais inexplorados e ameaçados de nosso planeta).

Entender como funciona por completo uma empresa desse tipo e como elas se relacionam entre elas e entre os governos dos países mais poderosos é vital para o esclarecimento das políticas públicas de proteção ambiental. E isso esse livro faz de maneira muito competente. Sendo assim, diante do poder delas, a proteção ao meio natural se mostra como uma pedra no sapato dos grandes industriais, mas que com dinheiro e influência pode ser facilmente contornada.

Este livro foi uma cortesia da Editora Ediouro para este blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...