Escolha uma Página

Nos aproximamos mais uma vez do dia em que a organização WWF nos convoca a desligar por uma hora as luzes de nossas casas, dos monumentos, das repartições públicas…

 

No sábado, 27 de março, entre 20h30 e 21h30 (hora de Brasília), o Brasil participa oficialmente da Hora do Planeta. Das moradias mais simples aos maiores monumentos, as luzes serão apagadas por uma hora, para mostrar aos líderes mundiais nossa preocupação com o aquecimento global.”

 

Muito eficiente, nossa preocupação com o meio ambinete será mostrada desligando as luzes de nossas casas. O Luiz já escreveu um post sobre isto no ano passado, deixando bem claro como é possível ser mais eficiente em um tipo de mobilização destas, até porque:

 

No Brasil, mais de 12 milhões de pessoas não tem acesso a energia elétrica em suas casas, sendo 10 milhões no meio rural. O índice de exclusão elétrica no Acre e no Amazonas ultrapassa os 70% da população do campo. No nordeste, 58% dos domicílios rurais não são atendidos pela rede elétrica.

 

E aí? E essas pessoas? Não podem dar seu voto? Pelo visto não, ainda mais quando vemos o site da campanha. Ao lado do link para entender melhor o aquecimento global, temos a venda do Kit “A hora do Planeta”. Repetindo o título de um post antigo: que parte de “consumir é a maior ameaça ao meio ambinete” eles não entenderam? Uma campanha em prol da preservação ambiental que mais parece uma ação de marketing. Vamos observar a descrição do Kit:

 

“Já está à venda, no site do Submarino, o kit da Hora do Planeta, movimento simbólico que mostra a preocupação da população de todo o globo terrestre com o aumento nos níveis médios de temperatura. No último século, os termômetros registraram um acréscimo de 0,8ºC. Caso a Terra seja comparada com o corpo humano – ambos são organismos vivos-, pode-se dizer que ela está com febre.”

 

Que qualidade de divulgação científica (me lembra a sugestão de erotização do aquecimento global feita pelo representante do instituto Akatu no MTV debate). Nosso planeta está com febre, com isso, entendemos que o planeta como um todo está aquecendo. Fato este errado! Algumas localidades estão tendo acréscimo de temperatura e em outras diminuição. E o mais interessante é o preço: R$55,00, uma bagatela! Olha como somos perversos: criamos uma campanha com a pseudo intenção de preservar a natureza (acertamos em cheio nos ambientalistas baratos e público desiformado, mas que quer ser cool), depois fazemos com que os governos entrem nessa também, pois a pauta ambiental tem que ser levada em consideração pela esfera pública também (mais ampla divulgação de graça. Como uma prefeitura pode ficar de fora dessa?) e, por último e mais diabólico, vendemos um kit para “mergulharmos de cabeça” nessa campanha. Esses caras são uns gênios.

Quer mesmo proteger o meio ambiente, não tenha filhos ou estude mais. Além disso, consuma menos e não entre na onda dos “produtos verdes“. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...