O Dragões de Garagem é um podcast de divulgação científica criado em 2012. Falamos de ciência de forma natural, incentivando o pensamento crítico e a curiosidade dos ouvintes.

Missão: Divulgar ciência de forma abrangente e interessante, mostrando a importância desse corpo de conhecimento em nosso dia-a-dia social e profissional.

 

Equipe:

Luciano Queiroz

Luciano Queiroz

Agora, mestre em Microbiologia pela USP (Universidade de São Paulo). Antes, host do Dragões de Garagem, agora, integrante. Antes, desempregado, agora, continuo desempregado, mas criei uma empresa junto de um amigo chamada Hexapoda. Tenho interesse em ecologia e evolução de micro-organismos, em especial os extremófilos, e insetos. Sei que isso é estranho, mas biólogo é meio maluco mesmo. Além disso tenho um namoro de longa duração com a Astrobiologia.

Lucas Carmagos

Lucas Carmagos

Um entomólogo que vive se metendo nas mais altas confusões do barulho. Cocô-criador do Dragões de Garagem, tem interesse em evolução e em qualquer outro ramo da ciência capaz de entrar na sua cabeça. Acredita que uma sociedade cientificamente educada é o passo principal para que a humanidade consiga eliminar seus conflitos mesquinhos, sua hipocrisia e suas injustiças sociais e ambientais.

Cristiano Silvério

Cristiano Silvério

Um estudante de física entre biólogos.
Estou cursando bacharelado em física pela UFMG, porém tenho grande interesse por qualquer área do conhecimento natural e estou sempre disposto a aprender tudo o que for possível nessa área. Entrei no projeto dos Dragões de garagem por achar que a divulgação científica é muito importante na construção de uma sociedade mais instruída mais ciente e, por isso, mais justa e humana. Também por acreditar que essa seria uma excelente oportunidade de aprender alguma coisa nova com o pessoal que faz parte da iniciativa. Creio que a maior virtude que se pode ter sendo, não só um pesquisador mas qualquer pessoa que observa mundo em volta,  é a humildade perante as grandezas da natureza, seguida pela curiosidade por tudo que o que está a nossa volta. Ninguém pode afirmar ao certo se a inteligência e o raciocínio lógico são, de fato, uma dádiva humana. Mas sem dúvidas é uma coisa incrível com potencial enorme, e que é muito prazeroso e realizador desenvolver essa capacidade aparentemente rara.

Bruno Spacek

Bruno Spacek

Um iconoclasta por natureza. Gosto de pensamentos livres e edificadores, considerando essa a principal base da ciência, e não a mera repetição de métodos e análises. Comecei minha função social como eletricista de manutenção, para depois me formar em biologia, com direito a um mestrado em entomologia, coroando com um doutorado em ecologia e evolução. Atualmente sou professor de estatística da UFPA, onde retornei a minha primeira paixão intelectual, a matemática. Tenho como função integral ser pai e cuidar de minha família.

Vitor Nascimento

Vitor Nascimento

Doutorando em fisiologia vegetal (estudo como as plantas funcionam) na Universidade Federal de Viçosa e tuiteiro semi-profissional. Acredito que a educação é fundamental para o desenvolvimento da sociedade e que os meios alternativos, como a divulgação científica, são as chaves para isso. Tenho um extenso conhecimento sobre coisas inúteis, que são muito úteis para conversas com os amigos.

Natália Dörr

Natália Dörr

Mestranda-daqui-dois-meses-mestre em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Trabalho com moscas e com uma bactéria feminazi, mas isso não faz de mim uma pessoa péssima, acreditem! Sou curiosa, adoro fazer e comer guloseimas doces, tenho chinchilas de estimação e só consigo escutar jazz enquanto trabalho. Me dizem que eu sou boa para explicar coisas, então achei que “explicar ciência” (ao menos a ínfima parte que eu sei) seria uma boa forma de fazer algum bem para o mundo :)

Patrick Simões

Patrick Simões

Químico por formação e Doutor em Oceanografia Química, com ênfase em análise de poluentes orgânicos persistentes no ambiente marinho, pelo Instituto Oceanográfico da USP. Entusiasta de ciências em geral, estou humildemente preenchendo a cota das pessoas que fingem saber algo sobre química neste programa, mas gosto de me aventurar em várias outras áreas do conhecimento não-tão-correlatas, principalmente as mais interessantes: cerveja e cachorros. Divulgação científica e a preocupação pelo ensino do método científico sempre me interessaram e estou aqui para tentar contribuir com mais fatos e informações sobre temas supostamente inúteis, como porque não é legal se exercitar em dias muito quentes e úmidos e/ou também para desmistificar alguns equívocos ou exageros, como por exemplo o fato do ácido fluorídrico, na vida real, não chegar nem perto de dissolver uma banheira com um corpo dentro.

Daniel Capua

Daniel Capua

Educador Físico pela USP, membro do Laboratório de Biomecânica por 3 anos, desenhista e editor de audio e vídeo por hobbie, apreciador do método científico e da mídia podcast. Gosto muito da ciência, mas esse negócio de chocolate parece ainda melhor…

Ofereça chocolate pelo twitter @capua_daniel =)

Bárbara Paes

Bárbara Paes

Bióloga por formação, moleculóide incorrigível. Formada em Biologia na UnB,  mestrado e agora doutoranda em Biologia molecular pelo mesmo lugar, tem fama de carrancuda porque passa o dia inteiro de fone, ouvindo podcasts (mas na mesa do bar é quase fofa). Sabe alguma coisa quase qualquer coisa, mas profundamente mesmo só sobre o mestrado e aquilo que ninguém se importa. Viciada em documentários bizarros, ADORA Queen e Freddie Mercury, e tem a mania irritante de tentar entender e criar hipóteses sobre tudo.