Emancipate Yourself by deb5376 at Flickr

Emancipar tem a mesma raiz de mancebo, amancebar. Vem de manus=mão e cippus=segurar. Alguma coisa como segurar a mão, levar pela mão, conduzir. Um mancebo é alguém que lhe conduz pela mão. O “e” na verdade é um “ex” contraído. Tem o sentido de tirar. Emancipar então, seria um libertar-se, ficar independente. Procuro saber o que de meu pensamento é amancebado a outros, o que é independente. Do que depende? Quem me conduz?
Não. Não se fala aqui de originalidade. Falamos da angústia da influência. Quais grandes idéias me influenciaram, por que umas e não outras? Se essa pergunta é feita a um ser humano específico a resposta soa quase como uma “psicanálise”. E se essa pergunta é feita a uma área do conhecimento soa como o quê? Por exemplo, quais grandes idéias influenciam a racionalidade médica contemporânea? Por que essas e não outras?
É a completa emancipação possível? Se não, quero saber quem conduz meu pensamento. A pergunta da peça publicitária é bastante incômoda (daí seu sucesso): “O que faz você feliz?” Eu perguntaria: O que faz você pensar assim?

Powered by ScribeFire.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...