O filme, finalmente

Com um atraso considerável finalmente assisti ao tão famoso filme do Ex-vice-presidente dos EUA Al Gore. E claro tenho que colocar a minha reles opinião aqui.

Eu gostei bastante, achei super informativo, cheio de dados interessantes, imagens fantásticas e bem didático. Não há como negar que é um bom filme Hollywoodiano que trata de um assunto nada Hollywoodiano. De fato ele coloca o dedo na ferida e diz que todos temos que mudar de comportamento. As equações por ele apresentadas: Velhos Hábitos + Velhas Tecnologias = Conseqüências previsíveis e Velhos Hábitos + Novas Tecnologias = Conseqüências dramáticas, é formidável. Eu realmente acredito que não é possível continuar com os mesmos comportamentos num mundo que não é mais o mesmo a cada dia que passa. Ele usa um exemplo super dramático como a guerra, eu geralmente uso um exemplo bem menor e banal: o telefone celular, você diria há 15 que o telefone celular se tornaria um objeto que daqui a pouco até cachorro vai ter? Eu não…

Mas a pergunta que me faço depois de ver esse filme é: quem assiste a esse filme? Pessoas como eu, como você, que se preocupam e tentam fazer alguma coisa pelo Planeta? Nesse caso de verdade, pra mim, pra você não fez muita diferença, provavelmente não vimos nenhuma grande novidade no filme. Será que pessoas que não tem o mínimo de preocupação com as conseqüências de suas atitudes assistem esse filme? Pra quem acompanha o blog vai entender: “consumidores da Diesel” assistem esse filme? E até que ponto o filme irá sensibilizá-lao? Por que a maior dificuldade que eu encontro é conseguir convencer as pessoas a se preocuparem com o futuro do Planeta. Ou melhor, a perceberam que são as pequenas atitudes delas que irão determinar o futuro do Planeta. E é muito difícil fazer isso sem ser chato, afinal, ser repreendido por que você deixou a torneira aberta enquanto escova os dentes não é legal; pedir para a pessoa levar as próprias sacolas no supermercado também é chato, dá trabalho; separar o lixo, então, não dá tempo… Eu não consigo falar para as pessoas ao invés de amassar o papel rasgá-lo sem ser olhada com espanto!

É uma atitude maravilhosa a do Al Gore, acharia o máximo se tivesse um ex-vice-presidente desses no nosso país, mas não paro de me questionar quando as pessoas de fato se sensibilizarão e mudarão de comportamento, essa mudança lenta de comportamento me deixa muito preocupada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 1 comentário

  1. […] são os filmes que eu consigo me lembrar que tratam de meio ambienta tirando os documentários como Uma verdade inconveniente, A 11ª hora ou Quem matou o carro elétrico? Quais outros que abordam o tema sem ser o assunto […]

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

  • Nenhuma categoria

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM