Continuando…

Esse post é continuação do post: Vivo e a sustentabilidade.

Na realidade não foi um evento e sim uma ação, eis que apareceu no meu orkut, na minha caixa de e-mail e me adicionaram no msn uma ação da “Vivo” com a seguinte mensagem: “Quando você está conectado você tem um mundo de possibilidades e pode fazer muito mais. É só enviar um SMS para 11-9565-9252 com a palavra “VIVO” ou um e-mail para [email protected] dizendo “Quero plantar uma árvore”! Espalhe essa idéia. Nunca foi tão fácil plantar uma árvore!”

Como a pessoa que falou comigo (via Gtalk) estava super empolgada ainda me dei ao trabalho de repassar o mail para algumas pessoas e twittar a ação. Numa troca de mensagens rápida com a pessoa ela disse que era um trabalho universitário em parceria com a Vivo. Eles eram universitários, a Vivo tinha fornecido conexão 3G, telefones e afins… Ah, e a ação ia até ao meio-dia de sexta. Eles não tinham site e só enviaram um folder.

No dia seguinte (sexta) recebo um mail de outra pessoa perguntando a possibilidade de eu escrever um post sobre uma ação que tinha acontecido no dia anterior na Av. Paulista em SP. Depois de algumas trocas de e-mails, eu escrevi o texto (que é o post anterior) e no fim a pessoa me respondeu dizendo que aquele post do jeito que estava era um desserviço para eles, me pedia para não publicá-lo e que a ação não tinha sido realizada pela Vivo e sim era um trabalho acadêmico realizado por universitários, conveniado com a empresa. Pronto! Bingo!

Enquanto eu conversava com a pessoa da ação do plantio de árvores cheguei a insinuar que essa coisa toda parecia coisa do programa Aprendiz, mas claro que ela negou.

Bom, deixa eu falar rapidamente da ação das árvores pra depois comentar tudo de uma vez.

A ação do plantio de árvores consistia em mostrar que pessoas conectadas podem mudar o mundo, ou seja, eu divulgava que a Vivo estava plantando árvores para a minha rede e assim a coisa se espalhava e pra cada e-mail e sms recebidos a Vivo plantaria uma árvore. Que coisa mais spam, não? Uma das primeiras perguntas que eu fiz pra eles foi que tipo de mudas eles plantariam. Eles me responderam que caberia a SOS Mata Atlântica. Depois que eu repassei o mail para alguns conhecidos um deles me respondeu rindo da minha cara dizendo que era spam e um outro questionava essa coisa toda de plantio de árvores e talz (sobre essa questão um dia volto a falar). Sobre a qualidade da ação boa parte do que eu falei no outro post se aplica aqui, não vou me repetir, ok?

Pronto, agora vou ter meu momento de Roberto Justus e vou dizer qual ação eu vou demitir! As duas! De verdade não sei qual era o objetivo da ação, não sei qual a idéia que a Vivo queria passar ou qual a missão foi dada para os grupos, mas a conclusão que se chega fácil é que ambos grupos queriam associar a imagem da Vivo com meio ambiente, sustentabilidade, desenvolvimento sustentável e de verdade? Foi um desastre! Uma distribui brinde, a outra repassa spam!

Eu sei que o intuito da tarefa, do programa, do que mais isso tudo envolva não é ensinar ninguém a ser sustentável, nem o resultado dessa tarefa tinha que ser perfeito, mas sabe o que isso reflete? O tipo de profissionais que estamos formando, afinal esse não é o Aprendiz Universitário? Aliás, eu me pergunto que tipo de gente esse programa, ou o mercado quer, apesar de ser um programa de qualidade (pelo menos testa a inteligência das pessoas e não ficam todos cultuando o ócio alheio), eles repetem um padrão que hoje em dia eu me questiono se é o que eu quero para meus filhos (se um dia tiver algum), para mim ou para o mundo em que vivo. Se essa galera que está no Aprendiz Universitário serão os futuros diretores, CEOs e criadores de planos de marketing para as empresas, eu tenho medo que toda essa mudança que queremos demore ainda mais para acontecer, teremos que esperar mais uma geração para que as pessoas aprendam que devemos tomar um rumo diferente? Já questionei alguma coisa parecida antes e esse episódio com os Aprendizes me fez pensar no assunto mais uma vez depois de rever alguma coisa do programa no Youtube. Até quando nosso objetivo vai ser sempre mais? Mais poder, mais dinheiro para consumir mais, para ter e parecer mais?

O que eu realmente espero da Vivo para o Futuro não é que ela plante uma árvore por mim, mas sim um mundo em que ela não me ligue para perguntar se eu quero um novo aparelho de celular mas pra, no máximo, dizer que eu posso baixar a nova versão de um software pela Internet, para ter um aparelho melhor sem precisar comprar um novo e gastar mais energia, matéria-prima, água e mão-de-obra barata para produzi-lo. O melhor seria mesmo se ela me dissesse que quanto mais tempo eu ficasse com meu aparelho mais descontos eu teria na conta.

Nota: Pra preservar os Aprendizes achei melhor não revelar seus nomes, vai que por causa desse post o Justus resolve demití-los? 😉 Ahaha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 3 comentários

  1. Claudia Chow disse:

    É Rafael, foi bem divertido! Pelo menos deu pra perceber q o meu blog tem alguma relevância qdo se fala de sustentabilidade na internet, os 2 grupos me acharam! Ou eles sao muito fraquinhos? hehehe

  2. Rafael [RNAm] disse:

    Claudia,
    Muito legal essa Saga Vivo. Adorei! É o tipo de trabalho que a gente tem que fazer. Vc apurou e opinou. Lindo.

  3. Silvia disse:

    Menina, quando mudei de cidade, fui pegar celular com número novo, mesma operadora. Eu tinha um aparelho, portanto bastaria trocar o chip. A vendedora veio logo mostrando a promoção da época: o celular saía por 1 real (promoção de dia dos pais) para contrato de 1 ano. Falei que não queria celular novo, preferia um desconto no plano. Ela me olhou com cara de espanto, e meu marido também achou esquisito. Reclamei mais um pouco, mas saí vencida dessa.
    Pior foi o destino do celular. Ele estava no bolso da calça quando fui ao banheiro, e caiu onde? Sim, no vaso. Pifou. Sem conserto na garantia. Lavei bem e agora é brinquedo das crianças (sem a bateria). E estou usando o antigo, que funciona muito bem, obrigada. E já recusei troca por acúmulo de pontos.
    Eu queria ver um plano como esse que você menciona, em que a gente ganha descontos ou créditos, não celulares novos.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM