A frustração do descarte

Eu não tenho outra definição para o meu sentimento no momento: frustração, impotência, indignação.

Smartphones-reciclagem-720x432

Pra uma pessoa que está aqui há 11 anos falando de meio ambiente, sustentabilidade, lixo, novas formas de economia e etc isso é um tapa na cara. Mas a única coisa que eu posso fazer é manifestar esse sentimento, né? Pois bem, aqui está:

Isso sem contar os R$200 q terei q desembolsar tb por conta do tampo traseiro trincado. É justo um produto tão caro durar tão pouco? E simplesmente a manutenção não valer a pena?

Eu como ativista de meio ambiente, preocupada c/ os resíduos gerados nesse planeta pensei q o investimento tão alto num aparelho top de linha seria uma solução inteligente p/ gerar menos resíduos, mas vejo q não, essa lógica não funciona p/ o produto de vcs.

Ou talvez eu seja uma estúpida mesmo em querer comprar um produto de luxo e não querer bancar um novo a cada estação. Agora como deve agir uma pessoa preocupada c/ o impacto q deixa no planeta?

Desembolsar um valor maior do mesmo produto novo p/ evitar que mais resíduos sejam gerados ou simplesmente ignorar essa preocupação e comprar um produto novo?

E não, não me venha c/ o papo de descarte ecologicamente correto pois isso é balela. É a lógica do descarte aqui q estou tentando combater, a ideia de q se é reciclável ou vai ser reciclado tudo bem consumir mais.

É muito mais do que apenas mandar o produto p/ um destino melhor q o lixão. É sobre ser responsável pelo q se consome e como se consome.

Mas o meu caso deve ser um número irrelevante p/ vc, né Afinal, qtos dos produtos de vcs dão problema como o meu depois de 1 ano e meio de uso? Quantas pessoas se dão ao trabalho de reclamar? Ficarei aqui c/ a minha frustação e indignação.

Obrigada, por não ser uma empresa melhor para o mundo. Só mais uma como tantas outras.

Num passado remoto (6 anos atrás)…

Lá em julho de 2008 eu resolvi questionar a Epson sobre o que fazer com os cartuchos de tinta velhos que eu tinha deles. Recebi uma resposta esdrúxula e guardei os cartuchos em casa esperando o dia que pudesse descartá-los de maneira digna. Eis que esse dia chegou! Depois de 6 anos com esses cartuchos jogados numa gaveta qualquer aqui em casa resolvi novamente entrar no site da Epson e procurar alguma novidade sobre o descarte de cartuchos de tinta. E não que eu achei?

Confesso que tive que dar vários cliques no site até encontrar o programa de coleta da empresa (não é assim visível e fácil de achar), ligar num telefone de assistência e perguntar onde eu poderia descartar meus cartuchos. Descobri que deveria levar na assistência técnica aqui da minha cidade onde eles recolhem, por sorte é bem perto da minha casa. Infelizmente esqueci de tirar foto do totem de coleta dentro da loja, mas tá lá bem visível, quem frequenta essas lojas já deve ter visto.

Lá eles não souberam me dizer quanto tempo faz que existe esse programa e disseram que a Epson vai lá recolher os cartuchos, eles também recebem cartuchos genéricos da impressora deles, não apenas os originais, mas não perguntei de cartuchos de outras marcas.

Ultimamente aqui em casa não temos mais comprado cartuchos de tinta novos para a impressora, meu pai tem ele mesmo recarregado-os e provavelmente por isso os cartuchos vazios ficaram tanto tempo na minha gaveta sem eu me lembrar de dar um destino.

Só resta saber agora o que de fato acontece com esses cartuchos depois que a Epson leva embora lá da loja… São reciclados? Reaproveitados? Ou apenas mandandos para um aterro sanitário? Se eu ficar esperando uma resposta deles por conta desse post já sei quando a resposta virá, né? Nunca… E sinceramente tenho um pouco de receio em escrever para eles perguntando, depois da resposta tosca que recebi da última vez que escrevi para eles… Mas mandei um mail perguntando, quando tiver uma resposta volto aqui para contar.

Enquanto isso fico esperando que esse projeto de cartucho de tinta feito de papelão vire realidade. No site que encontrei essa foto dizia que eles tinham sido projetados por Kevin Cheng para a Epson, são feitos de papelão reciclável, com laminado biodegradável, a única área plástica é a área do chip e além disso o cartucho dispensava outras embalagens, na época (2010) eles ainda estavam em fase de testes, 4 anos e ainda não vi nada parecido no site deles… Pelo menos não no site brasileiro. Aliás, nem o modelo da minha multifuncional ou cartuchos de tinta para ela eu encontrei no site. É, melhor eu me preocupar mesmo com o destino que darão para os cartuchos de tinta que eu deixei lá na loja.

UPDATE: A Epson respondeu meu email! Veja a resposta:

Os cartuchos vazios coletados são encaminhados para co-processamento, que é um processo de geração de energia por meio da queima de resíduos para produção de cimento.

Andreia Maffeis Campbell
Coordenadora Ambiental Epson
Programa de Coleta

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM