A culpa é sua

mundo saco

Saiu um estudo na Science of The Total Environment que mostra dados de monitoramento de lixo no assoalho oceânico dos mares do noroeste da Europa (mais precisamente mares em torno do Reino Unido). Esse estudo mostra dados do período de 1992-2017 com redes espalhadas pelos mares que coletam o lixo. Confesso que não li o artigo original inteiro, mas na reportagem que fala desse estudo no The Guardian eles apontam que há uma queda no número de sacolas plásticas encontradas nessas redes de monitoramento. A reportagem fala em aproximadamente 30% de queda a partir de 2010 em áreas próximas da Noruega e Alemanha até a nordeste da França e oeste da Irlanda.

Desde 2003 países como Irlanda e Dinamarca tem cobrado taxas sobre as sacolas plásticas. Será apenas coincidência que o número de sacolas plásticas no mar diminuiu desde então? Ou o fato de cobrar taxas sobre as sacolas fez com que as pessoas as usassem com mais parcimônia e consequentemente menos dessas sacolas foram parar nos mares? Eu não acho que isso é apenas coincidência e o próprio autor do paper, Thomas Maes, diz na reportagem: “Quanto menos sacolas usamos, menos nós descartamos, menos nós as colocamos no ambiente”.

Esse tipo de política funciona tanto que o governo do Reino Unido vem estudando a possibilidade de que essa taxa seja aplicada também às garrafas e latas.

Eu não faria um post só para contar isso, mas por conta de uma resposta de um twitt meu a essa reportagem eu tive que vir aqui e escrever, na verdade é quase que uma continuidade do meu último post quando achava covardia das empresas colocar no cidadão comum a responsabilidade de serem melhores.

Ai eu recebo isso de resposta:

Esse perfil que me respondeu não apenas empurra para o cidadão a responsabilidade de reciclar um produto como sem nenhum pudor estimula e incentiva o uso sem qualquer problema.

Então tá, a culpa é da população que não sabe reciclar. E você acha que estimular o consumo é que vai ensiná-las a cuidar do seu lixo, né?

Tá bom, indústria do plástico, por favor seja melhor do que empurrar a responsabilidade de reciclar o lixo para o consumidor. Ensinar as pessoas das 1001 utilidades do plástico (que é o que vocês propõem no perfil de vocês) é meio que chover no molhado, todo mundo já sabe das benesses e utilidades do plástico, isso num tem nada de novidade para ninguém. Isso também não colabora em nada com o problema do mal descarte do plástico.

Me conta, produtores de plástico, de todo plástico que vocês já produziram na vida, qual a porcentagem dele de fato foi reciclado? Já que a grande (e parece que única) solução que vocês apontam é o descarte correto dos resíduos. Tá vou ser legal, não precisa ser de todo o plástico já produzido na vida, pode ser a taxa de reciclagem dos últimos 5 anos.

Se o cidadão mora numa cidade que não tem reciclagem do lixo como ele faz? (realidade de 69.6% das cidades brasileiras) Você vai lá buscar as sacolinhas infinitas que ele pegou no supermercado para reciclá-las para ele? Ah, claro que não, afinal o cidadão que tem que ter conscientização. Então, caro cidadão a minha dica é: se a sua cidade não tem coleta seletiva de lixo, use menos sacolas plásticas, ok? O ambiente agradece e as tartarugas mandam um beijo!

tataruga

Se todas as sacolas produzidas por vocês de fato virassem sacos de lixo e fossem para aterros sanitários, por que será que ainda tem tanta sacola plástica encontrada no estômago de tartaruga ou nas redes de monitoramento dos pesquisadores?

Cara indústria do plástico, não é continuando com os mesmos hábitos de consumo que vamos conseguir diminuir a poluição de plástico ou qualquer problema ambiental que temos. Conscientizar as pessoas sobre descarte do lixo é parte da solução, mas diminuir o consumo também é, uma coisa não elimina a outra. Aliás a diminuição do consumo resolve muitos problemas além da poluição dos mares, pode ter certeza.

Pelo visto o interesse de vocês não é ser uma indústria correta, preservar o meio ambiente ou conscientizar as pessoas a darem um destino correto para seus resíduos. O objetivo de vocês é que as pessoas continuem a usar sacolas plásticas sem nenhum pensamento crítico sobre o assunto, como foi durante muito tempo. Mas o meu consolo é que se o mundo está um lugar mais poluído, com menor biodiversidade e sujo, esse mundo não será usufruído só por mim, mas por vocês e seus descendentes também e saibam que vocês foram os grandes colaboradores dessa sujeira toda.

Sacolas plásticas são a solução, pra quem?

Lendo os resultados do estudo que fez uma análise de ecoeficiência (eita palavrinha que não quer dizer nada) das sacolas plásticas me fez pensar…

5613401773_4076ac8ea7.jpg

Acondicionar lixo em sacolas plásticas é uma boa solução?

Pesquisa patrocinada pela Braskem, qual resultado você esperava? E outra, as pessoas só pegam sacolas plásticas quando vão ao supermercado? Hoje em dia te dão sacolas plástica na padaria, na banca de jornal, na papelaria, no delivery de comida, na loja de roupa, na casa de sucos, na barraquinha do camelô para qualquer quantidade e tamanho de mercadoria e ai? Esses e tantos outros casos não foram contabilizados… Não conta? O dia que uma pesquisa contemplar tudo isso eu passo a acreditar. 

Outro dado, quem disse que acondicionar lixo em sacolas plásticas é a melhor solução? Ok, eu sei que no momento é o que a maioria das pessoas podem, mas as pessoas deveriam saber que não é a melhor opção que existe, desperdiçar uma área gigante para acondicionar lixo e inutilizá-la para sempre não me parece solução muito inteligente… Então, a partir desse estudo a gente pode concluir que se você usar as suas sacolas plásticas para colocar o lixo todos os problemas estão resolvidos e não tem importância nenhuma usar sacolas plásticas, ok? O problema do lixo inexiste, certo?

Ah, se a vida fosse simples que nem esse estudo eu tava feliz… Mania cretina que as pessoas adquiriram ao achar que uma vez que você coloca alguma coisa no lixo o problema acaba…

Ultimamente a maioria dos supermercados (pelo menos os que frequento) andam disponibilizando caixas de papelão para as pessoas colocarem suas compras, o que eu acho muito mais prático de carregar do que sacolas plásticas. Acho formidável pois uso-as para colocar meu lixo reciclável, ou seja, não uso nenhum tipo de sacola. A quantidade de lixo molhado em casa é mínima e as sacolas que inevitavelmente aparecem em minha vida (como por exemplo a do delivery) são para o lixo molhado… É possível viver com o mínimo de sacolas plásticas é só querer, se esforçar e ficar atento. Nada muda se você não muda de comportamento e parece que o que mais pregam por aí é que você pode mudar sem mudar nada… Difícil, viu?

Imagem: http://www.flickr.com/photos/labcon/5613401773/sizes/m/in/photostream/

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM