Enfim, Bráulio Tavares bloga

Bráulio Tavares é para mim um ícone e um ídolo. Quem não o conhece não conhece ficção científica brasileira. Encontrei este nome pela primeira vez na longínqua década de 90 do passado século, quando lia suas resenhas na tristemente extinta versão brasileira da Asimov’s Science Fiction, que se chamou por aqui Isaac Asimov Magazine, publicada por cerca de dois anos pela Record. Descobri depois que o cara era paraibano, como eu, além de ter origens familiares em Monteiro, como eu! E claro, escrevia bem, como eu não. Seu livro A Espinha Dorsal da Memória ganhou Prémio Caminho de Ficção Científica, de Portugal, até onde sei o único brasileiro que conseguiu esta façanha. Durante meu período regionalista-bairrista-nacionalista fiquei fascinado por seu cordel “Nordeste Independente”, se não me engano em parceria com Ivanildo Vila Nova. Depois perdi-lhe a pista, até surgir a internet, vinda direto do céu, e encontrá-lo novamente pelo cibermundo, embora não tão abundantemente quanto gostaria. Há algumas entrevistas, uma coluna diária no Jornal da Paraíba e recentemente encontrei uma coluna que ele escreve para o site de literatura e arte Cronópios. Uma amostra deliciosa da poesia de Bráulio Tavares pode ser vista aqui, perdida no meio do ciberuniverso. Além de escritor, Bráulio Tavares é também compositor. Agora, finalmente, o homem resolve publicar em um blog, Mundo Fantasmo, todos os seus textos publicados no JPB. Acho que talvez seja uma possibilidade para um contato mais próximo com o artista. Espero. De toda forma o blog pode ser acessado a partir daqui e na minha lista de blogs. Viva a web 2.0!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 8 comentários

  1. Carlos Eduardo Santana disse:

    Brigadão Ítalo, valeu!
    Abraço!

  2. Ítalo M. R. Guedes disse:

    Carlos,
    Acho que você deveria entrar em contato com o Bráulio Tavares no blog dele. Ele certamente saberá lhe indicar ou poderá lhe fornecer a letra.

  3. Carlos Eduardo Santana disse:

    Srs, estou a muito tempo procurando a LETRA da versão original de Nordeste Independente( não a cantada por Elba Ramalho) e sim cantada pelo próprio Ivanildo VilaNova. Desde já agradeço a todos que possam me ajudar.
    Abraço!

  4. Alexandre Nascimento disse:

    Prezado Ítalo,
    onde tu achou esse poema?!
    e o pudor?!
    Um abraço.
    Alexandre

  5. Italo M. R. Guedes disse:

    Cara Nahara, de que exatamente você não gostou, do blog, do Bráulio Tavares, do post?

  6. Nahara Maciel disse:

    Nao gostei odiei pelo amor de Deus ne ?

  7. Olá, Ítalo. Obrigado pela visita ao meu blog e pelas palavras de incentivo. Farei o possível para merecer… E parabéns por este local de defesa do nosso semi-árido. O Cariri e o Sertão sempre me lembram o planeta Duna de Frank Herbert.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM