Doze (ou quatorze) mortos por causa do Corão

Doze, talvez quatorze pessoas perderam suas vidas em confrontos entre a polícia e manifestantes no Afeganistão numa onda de protesto que já dura 3 dias.

O motivo?

A revolta começou anteontem, quando trabalhadores afegãos de uma base militar americana viram soldados colocando o Corão e outros livros religiosos em uma fossa onde é depositado o lixo para ser queimado.

(fonte: Folha impressa)

Exatamente. Mais um capitulo insano na história da “Religião da Paz”. Nada exatamente inesperado. Alguém mais se lembra do pastor norte-americano Terry Jones que queimou um exemplar do Corão na Florida em 2011, resultando na morte de pelo menos 30, incluindo 7 oficiais das Nações Unidas? Ou o infame incidente das charges de Mohamed, que já colecionam 139 mortos e mais de 800 feridos? Alguém pode honestamente dizer que isso não é um padrão?

Foto: Ahmad Masood/Reuters

Eu não vou ser ingenuo à ponto de não reconhecer que grande parte desses eventos está sendo raptado por extremistas. Porém é válido notar como ele está sendo raptado: através de incitação ao ódio. Ou seja, tais mortes provavelmente apenas são possíveis porque existe um contingente grande de pessoas que é influenciável por esse tipo de discurso corrosivo. Se eles são extremistas ou moderados com baixa capacidade de discernimento, isso me parece ser inteiramente irrelevante. O ponto é que existem pessoas dispostas à matar e morrer por tinta em papel e isso, por sí só, é um problema.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM