Na cola do Ebola

Ebola_Virus_HQ

A chave-de-fenda-sônica do Doutor não funciona em madeira, o Super-Homem enfraquece diante da kriptonita, o Homem de Ferro tem problemas cardíacos, o Batman é uma criança traumatizada e as teias do Homem-Aranha não são lá muito úteis longe dos arranha-céus nova-iorquinos. No mundo dos vírus, o super-herói é o Ebola (EBOV), que também tem um ponto fraco. Continue lendo…

Em uma palavra [290]

narcafto (nar.caf.to)
s.m.
Bot. Farm. casca aromática das árvores ou arbustos do gênero Boswellia, usada como matéria-prima para confecção de incenso.

Últimos Desejos: o legado de Eudâmidas

“Eudâmidas ditando seu testamento em seu leito de morte”, gravura de Francesco Bartolozzi, 1765 [via wikimedia]

A Luciano de Samósata devemos o conhecimento do nobre, tocante e certamente excêntrico testamento de Eudâmidas de Corinto.

Esse filósofo, que era extremamente pobre, tinha amizade bastante próxima e íntima — amizade no sentido pleno do termo — com Areteu de Corinto e Caríxenes de Sycion. Encontrando-se em seu leito de morte, ele fez um testamento que, embora pareça ridículo aos valores mundanos, é digno de admiração e respeito daqueles que conhecem o real valor da cordialidade e que podem apreciar sua simples confidência e sinceridade. Dizia o documento:

“Deixo em legado a Areteu o sustento de minha mãe, no desejo de que ele tenha carinho e cuidado por ela nos anos de declínio dela.
“Deixo em legado a Caríxenes a minha filha, para casá-la e para dar a ela a melhor porção [ou dote] que ele possa arranjar para esse fim.
“Caso um dos dois venha a falecer, peço que o outro execute ambos os legados.”

Caríxenes, porém, sobreviveu apenas cinco dias a mais que Eudâmides. Areteu, então, agindo em exata conformidade com o testamento que devia executar, assumiu a parte que cabia ao seu co-executor. Ele sustentou a mãe de Eudâmides e, no devido tempo, encontrou um marido para a filha do falecido. Dos cinco talentos de sua fortuna, ela recebeu dois e a filha dele, outros dois, sendo ambos os casamentos celebrados no mesmo dia. — HARRIS, Virgil McClure. Ancient, Curious and Famous Wills [Testamentos antigos, curiosos e famosos]. Boston: Little, Brown & Co., 1911. pp. 11-12

Entre diversos outros autores, Montaigne [1533-1592] também apresenta o singelo testamento de Eudâmidas como exemplo de fidelidade no seu ensaio Da amizade. Pouco se sabe, porém, da vida do espartano-coríntio Eudâmidas, cujo testamento em si perdeu-se na poeira dos tempos. Assim, é possível que esse caso já fosse lendário na época de Luciano.

Em uma palavra [289]

bálano (bá.la.no)
s.m. 1. Anat.
extremidade do pênis; cabeça, glande. 2. Bot. bolota ou noz, como a produzida pelo carvalho. balanífero, adj. Bio. diz-se de animal ou vegetal dotado de bálano; glandífero. [do grego bálanos = bolota]

Murrinhpatha, a língua sem espaço

direções

O carro se aproxima, a janela se abre e o motorista pergunta: “Por favor, amigo, pode me dar uma informação?”. O local e o meio de transporte podem mudar, mas essa cena com um pedido de orientação repete-se desde que o mundo é mundo. Se você acha difícil dar referências em português, agradeça por não falar uma língua australiana que virtualmente não tem termos espaciais. Continue lendo…

Em uma palavra [288]

logofascinação (lo.go.fas.ci.na.ção)
s.f., neol.
sedução por meio das palavras; lábia. logofascinante, adj. 1. aquele que tem facilidade com as palavras, que seduz com o discurso; 2. palavra que fascina, que chama a atenção. logofascinado, adj. aquele que é facilmente atraído ou ludibriado por meio de palavras bonitas; ingênuo, tolo. [do grego logos = palavra + fascinação]

Nanociência em Queda Livre

Não é muito difícil imaginar o laboratório de um grupo de cientistas de materiais: num ambiente claro e limpo, temos algumas bancadas ou mesas, óculos de proteção, jalecos e equipamentos como computadores, microscópios, centrífugas e a indispensável máquina de café. É em lugares assim que são estudados e desenvolvidos novos materiais com as mais diversas aplicações. Mas nem todo material pode ser estudado com esses aparatos num ambiente laboratorial tranquilo. Essa é uma das descobertas feitas recentemente por pesquisadores australianos. Continue lendo…

Em uma palavra [287]

pungibarba (pun.gi.bar.ba)
s.m. adolescente no qual a barba começa a despontar; rapazola, ex-imberbe. [de pungir + barba]

Jatos de espaguete com azeitonas-buracos-negro

black-hole-olive

Tome uma azeitona preta e tire seu caroço. Agora, pegue um par de fios de espaguete cru e passe-os através do buraco da azeitona. Com esses dois passos simples, você acaba de fazer o modelo de um buraco-negro e dos jatos simétricos de gás emitidos pelo campo magnético desses monstros cosmológicos. O fenômeno dos jatos de buracos-negros é conhecido há quatro décadas, mas só agora começa a ser explicado. Continue lendo…

A abelha do campo e a abelha da cidade

stripe-bees-striped

Um pouco de pólen aqui, um pouco acolá e a abelha vai zunindo pelo ar de flor em flor. Qual será o ambiente ideal para essa cena: uma área agrícola ou uma zona urbana? Cientistas da Alemanha chegaram à surpreendente conclusão de que as abelhas polinizam melhor na cidade. Continue lendo…

Categorias

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM