>

Contar seis mil anos de história conhecida com detalhes e, ao mesmo tempo, com brevidade parece uma loucura. Contar a História de uma forma que ainda por cima seja prontamente reconhecível e tenha linguagem universal pode parecer mais difícil ainda.

A não ser, é claro, que se use um desenho aliado a uma linha do tempo. Ou seja: arte sequencial, quadrinhos. É o que fez o artista italiano Milo Manara na obra a seguir.
[Originalmente, esta representação gráfica da História não tinha palavra alguma. Como eu sei que nem todo mundo gosta de História, tomei a liberdade de indicar os períodos históricos representados, para que ninguém se perca.] 
Clique para ampliar:
O resultado não poderia ser mais claro: a História da Humanidade pode ser resumida a episódios recorrentes e interdependentes de Violência, Sexo e Intrigas.
Embora os puritanos torçam o nariz para as representações eróticas — e o erotismo não deixa de ser parte inseparável da natureza humana —, esta obra pode ser um ótimo recurso pra mostrar pro pessoal do fundão que História é legal.
E pra mostrar pra todo mundo todas as besteiras que já cometemos.

___________________

Onde eu achei? É óbvio!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...