Lamarr_Photo-1

Ela foi considerada a mulher mais bela da Europa nos anos 30 e 40 e foi uma verdadeira diva do cinema. Mas as pessoas só enxergavam sua beleza exterior e poucos deram importância às suas contribuições tecnológicas. Mesmo nos dias de hoje ela é lembrada mais por sua beleza do que por sua inteligência. Nascida na Áustria, Hedwig Eva Maria Kieler ficou conhecida por seu nome artístico: Hedy Lemarr.

Lemarr nasceu em 1913 e aos vinte anos protagonizou um filme checo em que ficou famosa por aparecer nua. Em seguida casou-se com um fabricante de armas vienense. Em 1937, quando o marido passou a se aproximar da elite nazista, com a qual mantinha negócios, Lemarr embebedou-o, pegou todas as suas joias e fugiu. Passou algum tempo em Paris e depois foi para Londres. Depois, foi para Hollywood apenas para ser considerada “a garota mais bela dos filmes”.
Dona de boa educação técnica e científica, a musa do cinema da época queria participar diretamente do esforço de guerra. Ela inventou um aparelho para despistar os radares nazistas e patenteou-o, sob seu o nome de batismo, em 1940. Em seguida, inventou o sistema de comunicação que seria a base da telefonia celular e do wi-fi — e você já deve ter usado um deles. Esse sistema foi apresentado ao Departamento de Guerra americano mas acabou recusado — talvez mais por preconceito contra a bela inventora do que pela inviabilidade técnica da novidade. Ao tentar entrar para o Conselho Nacional de Inventores dos Estados Unidos para ajudar no esforço de guerra, disseram-lhe que seria melhor que ela vendesse war bonds.
Ela conseguiu cidadania americana no começo dos anos 50 mas depois disso sua carreira e sua vida entraram em declínio. Hedy passou por outros quatro casamentos curtos e caiu no esquecimento tanto na área artística quanto na comunidade científica. Ela costumava dizer: “Qualquer garota pode ser glamurosa. Tudo que você precisa fazer é posar com um ar estúpido.”
Em 1996, após suas patentes serem redescobertas, Lamarr recebeu prêmios e foi reconhecida por suas invenções. Mas já era tarde: Hedy Lamarr faleceu em 2000, aos 87 anos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...