>

Diversas línguas usam nomes inventados (ou muito comuns) para se referir a alguém cujo nome ou é desconhecido ou não pode ser citado. Eis os parentes estrangeiros de Fulano de Tal:
  • África do Sul: Koos van der Merwe
  • Austrália: Fred Nurk
  • Áustria: Hans Meier
  • Bélgica: Jan Janssen
  • Croácia: Ivan Horvat
  • Estados Unidos: John Doe
  • Eslovênia: Janez Novak
  • Estônia: Jaan Tamm
  • Filipinas: Juan dela Cruz
  • França: Jean Dupont
  • Guatemala: Juan Perez
  • Itália: Mario Rossi
  • Lituânia: Vardenis Pavardenis
  • Malta: Joe Borg
  • Nova Zelândia: Joe Bloggs
  • Rep. Checa: Josef Novák
  • Polônia: Jan Kowalski
  • Romênia: Ion Popescu
Notem que com exceção da África do Sul, da Austrália e da Itália, todos os pseudônimos populares usam equivalentes locais (ou apelidos) de João ou José. O mesmo se dá em português: além de Fulano, nós também usamos Zé-Ninguém.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...