>

Em 1610, Galileu mirou sua luneta em Saturno e pensou ter descoberto algo diferente em volta daquele planeta. Então, ele compôs a seguinte mensagem em latim:

ALTISSIMUM PLANETAM TERGEMINUM OBSERVAVI [Eu observei que o mais distante planeta tem uma forma tripla].

e, antes de enviá-la para Kepler, criptografou-a da seguinte maneira:

SMAISMRMILMEPOETALEUMIBUNENUGTTAUIRAS

Incrivelmente, Kepler interpretou a cifra como uma descoberta não sobre Saturno, mas sobre Marte:

SALVE UMBISTENEUM GEMINATUM MARTIA PROLES [Salve os companheiros gêmeos, filhos de Marte]

O astrônomo alemão havia predito que o Planeta Vermelho teria duas luas, e pensou que Galileu lhe escrevera confirmando sua teoria.
Ironicamente, a interpretação errônea de Kepler revelou-se a mais correta. Marte tem mesmo duas luas: Phobos e Deimos. 
A “tripla forma” referida por Galileu nada mais era do que os aneis saturnianos, que não poderiam ser bem identificados em seu telescópio de baixa resolução.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...