>

Como muita gente, William Lamb não tinha sorte na pescaria. Mas diferente da maioria, ele buscou resolver seu problema com um pequeno aperfeiçoamento tecnológico. Após observar como gatos, cães e outros animais domésticos reagem diante de um espelho, Mr. Lamb supôs que o mesmo seria válido para os peixes. Assim, ele patenteou esse sistema de pesca especular em 1894. 
A patente explica: um peixe que se encontre diante do espelho fixado junto à isca “será atiçado contra seu suposto companheiro e será mais ágil ao morder a isca, para alcançá-la antes de seu competidor.”
O peixe, continua Lamb, com uma lábia digna de pesacador e que convenceu até o Escritório de Patentes dos Estados Unidos, “irá perder seus cuidados, e atacará a isca com tamanha agressividade que aumentará grandemente as chances de acabar preso ao anzol.”
O registro da patente, porém, não deixa muito claro se o espelho, assim como a isca, deve ser substituído depois de cada fisgada.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...