>Patentes patéticas (nº. 26)

>

“Unicórnios não existem, então vou inventá-los, patenteá-los e ganhar arco-íris de dinheiro! Mwahahahaha!” Deve ter sido essa a ideia que passou pela cabeça de Timothy G. Zell no começo dos anos 1980, quando ele criou um “procedimento cirúrgico” para fazer unicórnios a partir de vacas, antílopes, carneiros ou bodes através do transplante dos botões dos chifres.
No pedido de patente — registrada em 14 de julho de 1982 e emitida em 7 de fevereiro de 1984, sob nº. 4.429.685 — Mr. Zell reconhece que está apenas aperfeiçoando os trabalhos de W. Franklin Dove, um biólogo da Universidade do Maine. Aparentemente, o Dr. Dove dedicou-se durante a década de 1930 a basicamente o mesmo objetivo. Em 1936, o biólogo publicou um artigo na Scientific Monthly com o maravilhoso título de “Artificial Production of the Fabulous Unicorn” [“Produção Artificial do Fabuloso Unicórnio”]¹. Ui!
O aperfeiçoamento de Mr. Zell consiste na antecipação do transplante dos botões de chifre (itens 15 e 16, na ilustração acima), antes que eles estejam soldados ao crânio. Ele ressalta que deseja criar um unicórnio “com uma maior capacidade mental e grandes capacidades físicas” através do posicionamento do chifre sobre a glândula pineal (nº. 24). 
Em linguagem que parece obscura demais para uma patente, Zell alega que “Os testes indicaram que a transposição dos chifres do animal para formar um unicórnio com um único chifre (sic) sendo posicionado sobre a glândula pineal resultaram em um animal mais inteligente e mais controlável.”
Na época, Zell (1942- ) era um psicólogo que se tornou um famoso autor ocultista nos Estados Unidos e se apresentava como Oberon Zell-Ravenheart em diversos programas de rádio e TV. Além de inventar unicórnios, ele foi co-fundador da Church of All Words [Igreja de Todos os Mundos] e defensor do Neopaganismo. Depois de seu invento, ele não ficaria rico, mas acabaria se apresentando em circos com Lancelot, um bode que ele apresentava como unicórnio.

Em 2008, médicos encontraram um tumor do tamanho de uma bola de golfe em seu cólon (!!!). Ironicamente, Zell foi curado não por seus unicórnios ou por sua mágica (ou pelo transplante de um chifre sobre sua glândula pineal), mas por uma combinação de cirurgia e quimioterapia. Atualmente, ele ainda dá palestras e mantém uma página na internet, onde se define como um moderno homem da Renascença.
_____________
¹ Segundo o texto da patente, a referência é a seguinte: W. Franklin Dove, Artific. Production of the Fabulous Unicorn, Scientific Monthly, v. 42, pp. 431-466
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM