http://scienceblogs.com.br/hypercubic/files/2012/11/FileTunnelvision.jpg

Em 1975, o muralista americano Warren Edward Johnson — nome artístico Blue Sky — pintou Tunnelvision (acima) na parede do Federal Land Bank em Colúmbia, na Carolina do Sul. “A ideia para Tunnelvision veio em um sonho.”, explica o artista. “Eu acordei cedo em uma manhã e simplesmente esbocei-o. Eu já havia visto a parede, já havia sentado [diante dela] e a estudara por horas, à espera de ver algo diante dos meus olhos, mas nada aparecia. E numa manhã eu acordei e estava lá… Eis porque a chamo Tunnelvision. Porque era uma visão em um sonho.” Realmente, é de um efeito impressionante, mas deve funcionar melhor ao cair da noite. Ainda assim, há quem diga que diversos motoristas embriagados tentaram entrar no túnel de Blue Sky. Talvez o equívoco dos motoristas seja mais uma lenda urbana.

http://www.hans-peter-reuter.de/raum/ri/rit-2.htm

Não menos lendária é uma das obras da exposição de arte moderna documenta 6, realizada em Kassel, na Alemanha (então Ocidental) em 1977. Nela os visitantes encontravam um túnel completamente coberto de azulejos azuis que, segundo os guias, os levaria ao ar livre. Ávidos por uma experiência pós-moderna (ou por sair do recinto), os visitantes entravam pelo túnel e percorriam 14 metros antes de subir quatro degraus e… dar com a cara em um óleo-sobre-tela habilmente pintado pelo artista Hans Peter Reuter.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...