image

Ah, o inverno! Época de comidas quentes, roupas pesadas e bonecos de neve! Bonecos de neve onde?, perguntam-se os invernófilos tupiniquins. Eis, para muita gente, mais uma desvantagem do clima do Brasil: além do inverno não coincidir com a estação fria do “mundo civilizado” ainda nos falta neve! Este é o problema deste país: não podemos nos divertir fazendo bonecos de neve!

Mas não é apenas por aqui que há insatisfeitos com a falta de invernos esbranquiçados. Cory Knapp de La Acacia, na ensolarada Califórnia também é um excluído da neve. Mas Knapp é um empreendedor que criou um Instant Snowman [Homem-de-neve Instantâneo]:

Um sistema artificial de homem-de-neve para permitir ao usuário divertir-se com um homem-de-neve em climas que podem não suportar neve. O sistema artificial de homem-de-neve inclui uma forma de montagem para apoio em uma superfície de suporte. Um conduíte é ligado à forma de montagem na qual o conduíte enrola-se em torno do exterior da forma de montagem. Uma unidade de refrigeração é ligada ao conduíte de modo que a unidade de refrigeração esteja em fluida comunicação com o conduíte. A unidade de refrigeração serve para bombear o refrigerante através do conduíte, de modo que o conduíte, resfriado pelo refrigerante, esfrie o ar em volta de si e congele a umidade do ar no conduíte para deixar a forma de montagem com a aparência de ser feita de neve.

Mr. Knapp acaba de inventar não um boneco de neve instantâneo e sim uma geladeira sem carcaça. Se não ficou claro pela descrição do resumo acima, os conduítes são montados do lado de fora de três esferas — segundo a patente, “de diâmetro único”, sendo que a “de maior diâmetro [mas não eram de diâmetro único?] é posicionada na superfície de suporte”.

A patente não revela o material utilizado na construção das estruturas esféricas, mas é de se supor que elas sejam metálicas (de preferência com algum isolante interno). Se não, isso torna a coisa ainda mais patética! Como a estrutura é pré-fabricada, não sobra muita liberdade artística ao usuário. Também falta a parte mais divertida de um boneco de neve: a guerra de neve montagem!

Ao logo do repetitivo texto da patente, o californiano insiste que sua invenção tem “todas as vantagens da arte anterior e nenhuma das desvantagens.” Incrivelmente havia mais de meia-dúzia de patentes com ideias similares já registradas quando a patente nº. 7.178.342 (pdf) foi emitida em 20 de fevereiro de 2007, em nome de Cory Knapp.

Apesar da insistência, o registro feito por Knapp é pouco convincente. Nenhuma das ilustrações mostra o invento em uso, coberto por cristais de gelo. Sim, porque  se essa coisa funciona — com um refrigerador que parece ter o tamanho de uma torradeira grande — o máximo que conseguiria criar seriam cristais de gelo pendurados nos conduítes e não neve. Além disso, o boneco de neve instantâneo não se formaria em qualquer clima sem neve: seria preciso ter, no mínimo, um ambiente bastante úmido e com pouco sol.

Não, pera… e se o colocássemos na Floresta Amazônica?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...