Retrato de P.D. Babbitt (s./d.)

Retrato de P.D. Babbitt (s./d.)

Empreendedor nato, Platt Delascus Babbitt (1823-1879) foi o primeiro fotógrafo a fixar residência (e imagens) em Niagara Falls. Estabeleceu-se primeiro no lado canadense, em 1850. Três anos depois, passou para o lado americano das cataratas. Tornou-se famoso por suas fotos de turistas, pelo pagode construído como estúdio fotográfico no melhor mirante da época e pelas boas composições de seus daguerreótipos.

Turistas em Prospect Point, Niagara (daguerreótipo de Babbitt, c. 1855)

Turistas em Prospect Point, Niagara (daguerreótipo de Babbitt, c. 1855)

Menos conhecido é seu lado documentarista: Babbitt pode ser considerado um pioneiro do fotojornalismo por registrar a queda de Joseph Avery em 1853. [Avery e outros dois homens remavam pelo Rio Niagara quando o barco deles virou e bateu numa pedra. Os outros dois foram imediatamente carregados pela correnteza e morreram nas cataratas. Avery ficou agarrado numa pedra, com parte dos destroços, durante dezoito horas. Acabou morrendo afogado.]

Joseph Avery preso entre as rochas do Rio Niagara (daguerreótipo de Babbitt, 1853).

Joseph Avery preso entre as rochas do Rio Niagara (daguerreótipo de Babbitt, 1853).

Bem-estabelecido e protegido por uma concessão pública nos primeiros anos, Babbitt teve que lidar com uma crescente concorrência (tanto de amadores quanto de profissionais) no fim dos anos 1850. A concorrência ficou tão acirrada que ele chegou a pagar pessoas para arruinar as vistas de seus concorrentes — um marketing de guerrilha pioneiro que podemos chamar de photobombing patrocinado.

Vista do lado canadense (daguerreótipo s/d)

Vista do lado canadense (daguerreótipo de Babbitt, s/d)

No.269 Niagara in Winter. Table Rock, the Pagoda, and the Museum, from the edge of the Horse Shoe Fall

Niágara no inverno. Ao fundo, o “pagode” que servia de estúdio para Babbitt

Anúncio de Babbitt.

Anúncio de Babbitt.

“Mr. Babbitt e seus comparsas”, descreveu um observador, sobre essa estratégia, “ficavam entre a câmera [do adversário] e as cataratas, balançando enormes sombrinhas para lá e para cá, impedindo assim que o outro fotógrafo conseguisse uma imagem”. Apesar (ou por causa) de seus métodos agressivos, Babbitt acabou saindo do ramo em algum momento dos anos 1860, depois de se desentender com um credor que lhe havia tomado o estúdio.

PD Babbitt - American Falls from Canada Side

Catarata americana vista do Canadá, por Babbitt. Daguerreótipo sem data.

Babbitt tentou retomar o negócio a partir de 1873, após alguns anos de retiro, mas sem sucesso. Pra piorar, teve uma série de problemas de saúde nos anos seguintes. Sua morte, ocorrida em 1879, foi irônica: apesar de toda a experiência adquirida na beira das cataratas do Niagara, Babbitt acabou falecendo ao escorregar e cair em meio às pedras de um pequeno riacho em South Walles, a leste de Buffalo (N.Y.). Há quem diga, por sua saúde frágil e seus negócios fracassados, que o acidente que o matou não foi tão acidental assim: teria sido suicídio mesmo.

P.D. Babbitt (1823-1879) próximo ao seu estúdio, em 1860.

P.D. Babbitt (1823-1879) próximo ao seu estúdio, em 1860.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...