Boy-on-a-bicycle-1935-Gorky-street-Arkadi-Shaixhet-1

Gorkovo é a rua principal de Moscou, o equivalente de Picadilly [em Londres]. Tinha, antigamente, o nome de Tverskaya e conduz à Calçada de Leningrado, que por sua vez se transforma na principal — e aliás, única — estrada para Leningrado. A Rua Gorky [acima, em foto por volta de 1935] é, em quase toda a sua extensão, três vezes mais larga que Park Avenue [em NY]. Há na URSS um número assombroso de coisas batizadas em homenagem a Máximo Gorky [1868-1936]. Como se sabe, a velha cidade de Nijni Novgorod tem hoje o nome de Gorky; e o Teatro de Arte de Moscou denomina-se oficialmente Teatro Gorky. O Instituto de Literatura Mundial tem o nome de Gorky e o mesmo se dá com o Parque da Cultura e Repouso, de Moscou. Há, por toda parte, inúmeras fábricas Gorky, sanatórios Gorky e assim por diante. É como se a cidade de Detroit, a Broadway, a Metropolitan Opera e o Central Park de Nova York se chamassem todos “Sinclair Lewis”. O mais estranho é que o nome de Gorky não era Gorky, mas sim Pechkov. O escritor adotou o nome de Gorky, que significa “amargo”, como pseudônimo literário. Assim, quando a gente caminha pela Gorkovo, está realmente caminhando pela “Rua Amarga”, conquanto este nome se devesse escrever de modo diferente em russo: Gorkaya. — GUNTHER, John. A Rússia por dentro. Rio de Janeiro: Editora Globo, 1959. p. 41

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...