Dicas de Livros em Psicologia Evolucionista

Durante a elaboração do Especial Psique de Psicologia Evolucionista reuni uma lista de livros da área e relacionados, mas devido às restrições editoriais só saíram alguns. Agora incluo nesse blog a lista completa de livros brevemente comentados, separados em internacional, por pesquisadores e por divulgadores.

Em inglês:

  • The Handbook of Evolutionary Psychology. Buss, D. M. (Ed.), New Jersey: Wiley, 2005, 1028 p.

Esse livro é o Handbook mais atual e mais completo sobre a Psicologia Evolucionista. É fruto de uma contribuição única de 66 autores escrevendo capítulos distribuídos em partes sobre as fundações da Psicologia Evolucionista, sobrevivência, acasalamento, parental e parentesco, vivência em grupo, aplicação evolutiva a disciplinas tradicionais da Psicologia e a outras disciplinas como a Literatura e o Direito.

  • The Evolution of Mind: Fundamental Questions and Controversies Gangestad, S. W. & Simpson, J. A. (Eds.), New York, Guilford, 2007, 448 p.

Esse livro é o livro mais atual sobre Psicologia Evolucionista, aborda temas fundamentais e controvertidos. É produto de um empenho colaborativo de 47 autores escrevendo capítulos curtos distribuídos nas temáticas: reconstrução da evolução da mente humana, rastreando a evolução atual, nossos ancestrais mais próximos, explicando os custos e benefícios de comportamentos, modularidade da mente, o desenvolvimento como um alvo evolutivo, seleção de grupo, mudanças chaves na evolução da psicologia humana, evolução do cérebro, habilidade intelectual geral, cultura e evolução, evolução do acasalamento.

  • Introducing Evolutionary Psychology. Evans, D. & Zarate, O., Cambridge: Incon Books, 1999, 176 p.

Esse é o livro mais didático sobre Psicologia Evolucionista, pois é ricamente ilustrado e assim os conceitos são passados de forma descontraída e eficiente. Apresenta caricatura de todos os autores e estudos clássicos da Psicologia Evolucionista. No final esclarece os mal-entendidos mais freqüentemente cometidos sobre esse tema e ainda oferece dicas de leituras. Aborda os temas centrais da teoria evolucionista, como as diferenças entre a mente humana e de nossos parentes mais próximos, os primatas e as diferenças na psicologia de homens e mulheres.

Traduzidos: 1. Pesquisadores

  • Como a mente funciona. Pinker, S. Tradução L. T. Motta. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1998, 66 6 p.

É a mais completa explicação sobre Psicologia Evolucionista traduzida. Apresenta detalhadamente a revolução da Psicologia Cognitiva e por fim sua fusão com a Biologia Evolucionista. O autor aborda questões como o modo pelo qual as crianças aprendem, como tomamos decisões ou enfrentamos riscos e os mecanismos por trás de fenômenos como criatividade, sensibilidade, amor, confiança. Pinker lança mão de pelo menos duas bases teóricas, o evolucionismo de Darwin e a ciência cognitiva.

  • Tábula rasa. Pinker, S., Tradução L. T. Motta. São P aulo: Companhia das Letras, 2004, 672 p.

É a mais profunda análise dos aspectos envolvidos na não aceitação de idéias evolucionistas pelas ciências Sociais e Humanas. Depois de resolver detalhadamente os medos por traz da resistência à aplicação das idéias Darwinistas ao ser humano ele aborda a Psicologia Evolucionista relacionada com a política, violência, gênero, crianças e artes. É o mais recomendado para as pessoas das áreas de Humanas e Sociais conhecerem, sem preconceitos, a Psicologia Evolucionista.

  • A Mente Seletiva. Miller, G. Tradução D. Batista. Rio de Janeiro: Campus, 2001, 540 p.

É o melhor livro sobre a importância da “outra” teoria de Darwin, a seleção sexual, para a Psicologia Evolucionista. Miller explica o grande esquecimento da teoria da seleção sexual durante todo o século XX e aplica os conceitos modernos de seleção sexual aos estudos atuais das adaptações mentais humanas. Ele faz um contraponto e complementa a visão de Pinker e aborda assuntos como a arte, a linguagem, a moralidade e a criatividade.

  • A Paixão Perigosa: Por que o ciúme é tão necessário quanto o amor e o sexo. Buss, D. M. Tradução M. Campello. Rio de Janeiro: Objetiva, 2000, 277p.

Buss, um dos pioneiros no mundo em Psicologia Evolucionista, oferece uma instigante e bem humorada perspectiva evolutiva sobre o ciúme, infidelidade, crimes passionais e desejo sexual, emoções humanas poderosas e universais.

  • Anatomia do Amor: A história natural da monogamia, do adultério e do divórcio. Fisher, H. E. Tradução M. Lopes e M. Carbajal. Rio de Janeiro: Eureka, 1995, 430 p.

Esse livro aborda brilhantemente e interdisciplinarmente a origem, a evolução ancestral pré-histórica e o futuro da sexualidade humana, incluindo a paquera na seleção de parceiros, a paixão, o amor romântico, o adultério, o divórcio e o re-casamento.


  • Mãe Natureza: Uma visão feminina da evolução . Hrdy, S. B. Tradução Rio de Janeiro: Campus, 2001, 704 p.

Esse livro aborda a maternidade sob as perspectivas evolutivas e comparativas, e mostra que muitas das emoções que informam as decisões reprodutivas das mulheres nos dias de hoje foram moldadas em um passado distante. Ela discute as complexidades e as diferentes atitudes comumente simplificadas como instinto materno.

  • Guerra de Esperma. Baker, R. Tradução G. Z. Neto. Rio de Janeiro: Record, 1997, 402 p.

Esse livro aborda amplamente a sexualidade humana relacionada com a competição espermática. Ele brilhantemente usa um conto erótico sobre cada aspecto da sexualidade para situar, ilustrar e instigar o leitor. Depois aborda cientificamente assuntos como infidelidade, conflito sexual, masturbação, polução noturna, escolha de parceiros, aprendizagem sexual, prostituição e homossexualidade.

  • Não Há Dois Iguais: Natureza humana e individualidade. Harris, J. R. Tradução R. Gouveia. São Paulo: Globo, 2007, 471 p.

Nesse livro comenta e às vezes desconstrói as teses mais aceitas pela ciência moderna. Idéias antigas, como o determinismo genético e a preponderância ambiental, caem por terra, enquanto o evolucionismo é tomado como objeto de estudo primordial no estudo da individualidade humana. Nesse caminho, a autora envereda por algumas áreas fascinantes do conhecimento, abordando tanto os experimentos clássicos da psicologia social quanto às últimas contribuições das pesquisas em neurociências. Praticamente nada escapa a seu olhar abrangente: gêmeos, autismo, o comportamento dos chimpanzés e a organização social das formigas.

  • A Perigosa idéia de Darwin: a evolução e os significados da vida. Dennett, D. C. Tradução T. M. Rodrigues. Rio de Janeiro: Rocco, 1995, 612 p.

É o melhor livro sobre a dimensão filosófica da evolução biológica e suas implicações em todas as ciências, bem como para o entendimento da mente humana. O livro expõe as controvérsias atuais: sobre a origem da vida, a sociobiologia, a evolução da linguagem e da cultura e a ética evolutiva. Ele revela os anseios filosóficos, até religiosos, que têm distorcido as disputas entre cientistas e leigos. E, de forma polêmica, mostra que alguns dos mais importantes pensadores contemporâneos são simplesmente incapazes de esconder o mal-estar diante da grande idéia de Darwin. Este livro explica por que é uma idéia tão convincente, e por que promete oferecer – e não ameaçar – novos fundamentos para as nossas mais caras maneiras de conceber a vida.

  • A Verdade sobre Cinderela: Uma visão Darwiniana do Cuidado Parental. Daly, M. & Wilson, M. Coimbra: Quarteto, 2001, 345 p.

É cem vezes mais provável um padrasto abusar de uma criança, ou mesmo matá-la, do que um pai genético. Esta descoberta assustadora foi trazida à luz do dia por dois cientistas canadianos que profetizaram, baseados em teorias darwinianas, que a ortodoxia official, que ignora os laços familiars, obscurece os perigos cada vez maiores em que incorrem as crianças que vivem em famílias adoptivas. Esta ameaça, embora seja um tema recorrente de lendas populares por todo o mundo, tem sido escandalosamente negligenciada pelos politicos e pela mídia. Mas por que terá o parentesco um efeito assim tão profundo? Numa aplicação clássica da teoria evolucionista, Martin Daly e Margo Wilson apresentam-nos evidências de sociedades de todo o mundo para nos contarem, pelo menos, a verdade darwiniana sobre Cinderela.

2. Divulgadores

  • O Animal Moral: porque somos como somos: a nova ciência da psicologia evolucionista. Wright, R., Tradução L. Wyler. Rio de Janeiro: Campus, 1996, 416 p.

Apresenta a Psicologia Evolucionista traçando um paralelo interessante com a biografia de Charles Darwin. Aborda temas como sexo, romance e amor, cimento social como família e amigos, conflitos sociais e morais da história como ética e religião.

  • As origens da virtude: um estudo biológico da solidariedade. Ridley, M. Tradução B. Vargas. Rio de Janeiro: Record, 1996, 332 p.

Esse livro é muito bem escrito e aborda os aspectos evolucionistas da solidariedade humana. Engloba temas como a preservação ambiental em bens públicos e presentes privados, sentimentos morais, tribalismo, guerra, comércio, religião e propriedade.

  • O que nos faz humanos: genes, natureza e experiência. Ridley, M. Tradução R. Vinagre. Rio de Janeiro: Record, 2004, 399 p.

Esse livro é o melhor livro sobre a superação da dicotomia inato X aprendido. Ele mostra como processos genéticos estão entrelaçados nos processos aprendidos. Brilhantemente ele mostra como a natureza ocorre via a criação abordando a biografia de doze barbudos Charles Darwin, Francis Galton, Willian James, Hugo De Vries, Ivan Pavlov, John Watson, Emil Kraepelin, Sigmund Freud, Emile Durkheim, Frans Boas, Jean Piaget, Konrad Loranz. Veja maiores detalhes: O que nos faz humanos no Científica Mente

  • Instinto Humano: como nossos impulsos primitivos moldaram o que somos hoje. Winston, R., Tradução M. M. Ribeiro e S. Mazzolenis. São Paulo: Globo, 2006, 431 p.

Esse é o livro escrito pelo autor da série da BBC Instinto Humano e divulgado pelo Fantástico por Lazaro Ramos na série com o mesmo nome. Ele faz um apanhado geral sobre os temas estudados pela Psicologia Evolucionista como: sobrevivência, desenvolvimento, sexo, família, seleção sexual e risco, violência, moralidade e espiritualidade. Winston oferece explicações científicas de modo claro a partir da elucidação de questões prosaicas como porque um bebê recém-nascido sabe mamar ou porque salivamos diante de um belo prato de comida.

  • A Culpa é da Genética. Burnham, T. & Phelan, J., Tradução C. I. Costa. Rio de Janeiro: Sextante, 2002, 240 p.

Esse livro mostra de forma acessível e bem humorada a influência dos genes, via instintos, em nosso comportamento e inclui dicas para lidar melhor com eles em nosso ambiente atual. Aborda temas cotidianos como dívidas, gordura, drogas, risco, ganância, gênero, beleza, infidelidade, família, amigos e inimigos.


Nacional:

  • O Pensamento de Animais e Intelectuais: Evolução e Epistemologia. Werner, D. Florianópolis: Ed. Da UFSC, 1997, 195.

Esse é o único livro nacional relacionado à Psicologia Evolucionista. Nele é abordada a evolução de diferentes formas de pensar e suas implicações epistemológicas, bem como o papel de nossos vieses cognitivos em elaborar e avaliar idéias. São discutidos temas como formas de encarar a realidade, formas elementares de pensar, senso comum, formas intelectuais de pensar e formas antropológicas de pensar. Werner, que é antropólogo, aborda a evolução da cognição sob o ponto de vista darwinista.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 11 comentários

  1. Renato de Mei Romero disse:

    marcão valeu pelas dicas..já li alguns e pretendo ler outros… vc não acha q faltou o consultório sexual da dr. tatiana?apesar de não ser sobre pscicologia evolucionista é sobre psicologia e sobre evolução…tai mais uma sugestão..abraço

  2. leandro domingues disse:

    EXCELENTE !!! é justamente o que eu tava procurando, já li instinto humano e como a mente funciona, me falaram que os misterios da consciência do damasio também é um otimo livro. mas com essa lista ai eu vou me fartar.
    se alguém já leu algum livro sobre behaviorismo e puder me indicar eu agradeço !(menos do skineer,já li todos).

  3. giovanna disse:

    ola, adorei as dicas de livro e estou curiosa para ler o ‘A verdade sobre cinderela ‘ porem nao achei nenhum lugar para comprar no brasil nem para baixar. Vc tem alguma dica de aonde posso encontra-lo ??

  4. Marco Varella disse:

    Oi Giovanna! Que bom que gostou das dicas de livros! Pois é, é difícil encontrar essa tradução pq é de Portugal! Encontrei pra comprar online só aqui http://www.armazeml.com/product_info.php?products_id=21883
    E vc pode encontrar mais sobre o efeito cinderela do site das publicações de Margo wilson e Martin Daly
    http://psych.mcmaster.ca/dalywilson/pubs.html
    Abraço
    Marco

  5. Swahili disse:

    Parabens pela lista! De grande utilidade, especialmente pra mim que não sou da area!

  6. Vanessa disse:

    Encontrei dificuldades em localizar “O Animal Moram… Infidelidade”. Vc poderia ajudar-me? Tem site pra baixar ou comprar?

  7. Vanessa disse:

    Gostaria da referência completa sobre o livro “Animal Moral – Infidelidade”.
    Grata

  8. Fer disse:

    Se vocês vieram do macaco o problema é de vocês eu sei que eu não vim!!!!!!!!

  9. Marco Evolutivo disse:

    Fique tranquilo caro(a) Fer, nós não viemos do macaco também, nós todos SOMOS primatas. Veja que não se trata de apenas eu ou você descendermos de um ancestral de outra espécie, você e eu viemos de nossas mães que são humanas, mas nós humanos enquanto espécie, população, viemos de ancestrais de outra espécie, possivelmente Homo erectus. Não confunda árvore genealógica, em que o indivíduo sempre descende de um membro de sua espécie, com árvore filogenética, em que toda uma população de indivíduos variados muda em sua composição ao longo das gerações de uma população ancestral para uma atual que dado tempo suficiente e intensidade ao processo origina nova população, e espécie. Independênte de nossa religiosidade, somos biologicamente tão especiais e únicos quanto qualquer outro ser vivo.

  10. Carlota disse:

    Ai que post óóóótimo! Adorei, adorei! Podiam enviar o post pro e-mail tb:(

  11. […] Artigo: Joseph, P., Sharma, R., Agarwal, A., & Sirot, L. (2015). Men Ejaculate Larger Volumes of Semen, More Motile Sperm, and More Quickly when Exposed to Images of Novel Women Evolutionary Psychological Science DOI: 10.1007/s40806-015-0022-8 Dica de livro: Guerra de esperma […]

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Arquivos

Categorias

.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM