Psicologia Evolucionista e Natureza Humana

A Psicologia Evolucionista (que muitos confundem com psicologia evolutiva, ou seja, psicologia do desenvolvimento) é uma área que mais cresce no mundo e no Brasil. Infelizmente muito das críticas negativas a ela está embasada em entendimentos errôneos, preconceitos e noções simplistas equivocadas sobre como o fator biológico se manifesta no comportamento humano e quais são suas implicações sociais.

Sugiro às pessoas que antes de despejarem seus “ismos” indignados: biologismo, determinismo, sexismo, naturalismo, reducionismo, fatalismo, conformismo entre outros, leiam o texto sobre se nós somos realmente dominados por nossos genes ou apenas por mal-entendidos. E descubram quantas noções preconceituosas sobre a natureza humana temos enraizadas.
Os livros estão mais voltados para resolver esses entendimentos equivocados são o O Que Nos Faz Humanos de Matt Ridley e o Tabula Rasa de Steven Pinker. Nesses livros uma coisa fica bem clara, que nossa velha noção sobre a natureza humana é uma das coisas que devemos desaprender e deixar muito dos preconceitos que impedem nosso entendimento sobre a Psicologia Evolucionista para trás.
E o programa “Coisas que nunca deviamos aprender” sobre Psicologia Evolucionista, em espanhol, que veremos abaixo, trata justamente da questão das novas noções sobre a natureza humana que estão desafiando concepções pautadas em entendimentos equivocados. Com a participação de Steven Pinker, ricamente ilustrado e com uma discussão final sobre as mudanças de paradigmas este programa tem três vídeos bem interessantes.
No primeiro vídeo veremos a discussão sobre nossa tendências agressivas e medos de cobra, sobre a antiga visão da tabula rasa, as inter-relações entre natureza e criação, as ligações com o projeto genoma e com a discussão das células tronco, veremos ainda que existe um grande preconceito frente as sociedade de caçadores coletores tribais, mas na verdade as habilidades mentais são as mesmas em todas culturas.
No segundo vídeo serão discutidas as diferenças entre homens e mulheres, seu desenvolvimento ontogenético, as influências mútuas entre cultura e circuitos cognitivos inatos, veremos que os seres humanos não têm menos se não mais instintos do que os outros animais, e como exemplo a linguagem, os tabus sexuais, ainda veremos as diferencias entre os sexos nas estratégias sexuais e o movimento hippie enquanto mais uma utopia sexual.
No último vídeo veremos o mal-entendido da suposta impossibilidade de mudança social, analisaremos a tabula rasa para perceber que diferença não é desigualdade, e na conversa final teremos a discussão sobre a revolução científica e as mudanças de paradigmas. E mudança é o que está acontecendo em todo o mundo quando se fala da natureza humana, pois como Hamilton disse em 1997 “a tabula da natureza humana nunca foi rasa e agora está sendo decifrada”.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 7 comentários

  1. Flávio Souto disse:

    Boa tarde!Marco,Viajei no teu blog, realmente muito interessante os artigos…Parabéns!Mas o meu interesse é outro, hehe…Conhece alguma matéria ou artigo na área de psicologia que explique ou pelo menos comente aquela velha frase popular “a grama do vizinho é sempre mais verde”. Isto é, algo a respeito do fato de nós sempre repararmos as coisas dos outros, até o carrinho do supermercado, risos.Estou precisando de algo nesse sentido, Desde já agradeço,Abraço!

  2. Anonymous disse:

    Caro Marco:Gostei muito do seu blog, parabéns. Deixo essa nota para agradecer a postagem dos vídeos com Pinker, um serviço de grande utilidade pública. Também olhei sua lista de livros e vi alguns que não conhecia. Boa sorte na sua tese e um abraço.Eulina Lordelo

  3. Ebenézer disse:

    Oi… Sou estudante de Biomedicina e costumo frequentemente buscar alguns textos no seu blog, pra dar uma reforçada nos conhecimentos sabe… :)Recentemente comecei a escrever um Blog Científico mais focado na Biologia e Biomedicina, e queria uma ajuda sua com a inclusão do meu blog na sua seção de “Links”…Desde já agradeço a ajuda e meus parabéns pelo seu blog. Continue assim…Desculpa se coloquei esse coment. no lugar errado. É que eu não achei nenhum outro modo de contato com vc. 😉

  4. PAULA disse:

    Eu adoro psicologia,me indentifico com isso!!e adorei seu blog!!bjss

  5. Cláudio disse:

    Adorei o artigo. Fiz investigação na área da psicologia evolucionista no meu mestrado e tenho um blog onde escrevo sobre o tema:
    http://estranhoquotidiano.blogspot.com

  6. Dalva Alves disse:

    Bom dia. Sou estudante de Psicologia e estou montando um projeto de pesquisa e acabei encontrando seu blog, amei!!! Gostariamos de abordar a ansiedade como consequencia da evolução do homem.Vc teria algo p me indicar? Será q a Teoria da evolução explicaria algo assim?Obrigada.

  7. Marco Evolutivo disse:

    Oi Dalva, que bom que você gostou do MARCO EVOLUTIVO!! É claro que a evolução engloba algo assim. No post sobre Medicina e Psiquiatria Evolucionista tem várias dicas de livros da área pra vocês acessarem via google books. Lá vocÊs vão encontrar o que procuram. http://scienceblogs.com.br/marcoevolutivo/2010/09/29/dicas_de_livros_em_medicina_e/
    Grande abraço e continuem acompanhando o blog.
    Marco

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Arquivos

Categorias

.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM