Evolução à Vista na Exposição Darwin Tocorimé

De volta à ativa e recuperado, apresento aqui no MARCO EVOLUTIVO uma das exposições sobre evolução mais interessantes e arrojadas que já vi. Começa essa semana no Rio de Janeiro na onda da Rio +20 a Exposição Darwin Tocorimé.

 

Trata-se de uma exposição científica e interativa sobre a vida e obra de Charles Darwin, sua viagem e descobertas evolutivas. Tudo feito a bordo do barco Tocorimé Pamatojari, simplesmente o maior veleiro de madeira do Brasil.

O veleiro Tocorimé já é uma famosa plataforma marítima de educação e cultura e com a Exposição Darwin Tocorimé a bordo tem a meta de velejar a costa brasileira tal qual Charles Darwin a bordo do HMS divulgando e ensinando evolução e respeito sobre a biodiversidade.

A Exposição Darwin Tocorimé também conta com um seminário sobre “Sustentabilidade em Evolução”. Serão 6 palestras sobre o tema contando com Profª Maria Isabel Landim (Museu de Zoologia da USP), curadora da exposição “Darwin no Tocorimé” e Markus Lehmann (Diretor Executivo da A4 Mares e Capitão do Tocorimé Pamatojari) no dia 15 de junho.
Dan Garrison (NASA – Diretor do Departamento de Desenvolvimento, Investigação e Aplicações Científicas) e Matthew Shirts (Editor da National Geografic Brasil e Consultor do Planeta Sustentável – Editora Abril) no dia 18 de junho.

E Frederico Brandini (Instituto Oceanográfico da USP) e Carlos Henrique Painel (Diretor da Cúpula dos Povos) no dia 19 de junho. Todas as palestras serão as 17 horas com entrada gratuita mediante a solicitação de convite pelo email [email protected]

A embarcação contando a Exposição Darwin Tocorimé ficará na Marina da Glória na cidade do Rio. Com inauguração no dia 15 de junho só para convidados, a exposição será aberta ao público nos dias 16 e 17 de junho das 9hs às 16hs e dia 19 das 14hs às 16hs.
Não perca essa oportunidade evolutiva e divulgue para seus amigos. Fique com o vídeo sobre a história do veleiro Tocorimé.

Feliz Darwin Day 2011!!!

 

Hoje é um dia muito especial, mais que natal e carnaval. Dia 12 de fevereiro é o aniversário de Charles Darwin, o Darwin Day!!! E nessa data comemora-se mundialmente sua vida, sua obra, descobertas e legado. Aos seus meros 202 aninhos Darwin está mais vivo do que nunca em 2011. Estamos vivendo numa época muito importante, pois a revolução darwinista está avançando mais e mais, principalmente nas ciências humanas, sociais e artes.

darwin-day-web2.jpg

Atualmente diversas disciplinas típicas das Ciências Humanas já estão se integrando às Ciências Biológicas e originando abordagens mistas como a Medicina Darwinista, a Psicologia Evolucionista, a Antropologia Evolucionista, Biohistória, a Psiquiatria Evolucionista, a Estética Evolucionista, o Direito Evolutivo, a Literatura Darwinista, a Culinária Darwinista, assim como a Musicologia Evolucionista. Tudo isso sendo um desdobramento das implicações evolucionistas para a mente humana iniciadas por Charles Darwin. Fora isso o evolucionismo está sendo aplicado desde à cosmologia até à informática para entendermos melhor a origem de galáxias e desenvolvermos novos softwares por processos seletivos.

 

Hoje também se celebra a vitória da curiosidade e do pensamento crítico, científico sobre o pensamentos supersticioso e místico. Se celebra o fim da visão hierarquizada da vida que via o homem (não a mulher) o mais importante e acima de todos os seres. E com isso celebramos os direitos universais do ser humano e sua conexão aos direitos dos animais. Celebramos também a biodiversidade já que ela não está aí pra nos servir ao nosso béu prazer e sim dependemos dela assim como todos outros seres. Enfim celebramos a vida e a emancipação do pensamento humano na esfera científica e moral.

 

No mundo são mais de 469 eventos programados para hoje. No Brasil, em São Paulo temos um final de semana especial no Museu de Zoologia da USP com mostra de vídeos, teatro, programação infantil e visita guiada com curador da nova exposição Cabeça Dinossauro. Não fique de fora dessa comemoração global vá ao museu  e também envie cartões comemorativos do Dia de Darwin de 2011 para todos seus amigos!! Fique agora com o vídeo sobre o porquê se comemorar o Dia de Darwin!!! Feliz Darwin Day!

Why Celebrate Darwin Day? from American Humanist Association on Vimeo.

Semana de Darwin no Museu de Zoo da USP

Começa amanhã a programação especial do Museu de Zoologia da USP em comemoração do Dia de Darwin. A programação conta com várias atividades interessantes e participação de vários professores. Taí uma ótima oportunidade para visitar o Museu de Zoo e ver a exposição permanente que é muito boa e a temporária “Darwin, Evolução para Todos”.

Confira os detalhes da programação oficial. Agradeço à Dra. Isabel Landin (organizadora) pelas informações em primeira mão da programação do Dia de Darwin no MZ-USP. 
Participem!
Dia de Darwin - Programação.jpg

Feliz Dia de Darwin 2010!!

Hoje, dia 12 de fevereiro, e estamos comemorando os 201 anos de nascimento de Charles Darwin. Entramos na era pós bicentenário darwiniano. Época em que ciência e cultura não são mais extremos opostos e distantes, pois é cada vez mais fácil o acesso à ciência e à divulgação científica pela internet.

 Mas o acesso em si não é suficiente, precisamos de um real engajamento de cada um pra se tornar um cidadão cientificamente cultural, ou seja, aquele que usa o pensamento crítico, testanto possibilidades, buscando evidências para os posicionamentos e atitudes, desconfiando sempre da Autoridade, Tradição, da Revaleção como fontes inquestionáveis do conhecimento. Dessa forma nossa sociedade será mais culturalmente científica: entreterimento, arte, política e cidadania incluirão aspectos científicos relevantes criando um ciclo, em que quanto mais culturalmente científica a sociedade, mais cientificamente cultuais são as pessoas. Acredite se quiser, esse processo já começou e a mudança é gradual.

É época de abaixos assinados evolutivos. O site do Darwin Day está reconhendo assinaturas em uma petição para o presidente Obama visando a proclamação oficial do dia 12 de fevereiro enquanto o Darwin Day, dia em que celebramos a ciência e a razão reconhecendo a importância científica e cultural de Darwin. Se você tem amigos ou parentes nos EUA peça pra eles assinarem e contribuirem com essa ação culturalmente científica evolutiva. Por que não fazemos isso aqui no Brasil? Até quando o Dia do Orgullho Ateu, hoje 12 de fev, será marginalisado do calendário oficial brasileiro e estará restrito a 700 pessoas no orkut?

O site da National Center for Science Education está promovendo uma ação científicamente cultural. Inspirado pela tradição criacioniasta de criar listas apresentando os ‘cientistas que duvidam da evolução’, eles criaram o Steve Project. Esse projeto tira sarro disso ao apresentar um lista de cientistas chamados ‘Steve’ (ou variantes) que são evolucionistas. O nome Steve foi escolhido para homenagear Stephen Jay Gould, um grande divulgador de ciência e ávido combatente do criacionismo. E já que menos de 1% dos cientistas se chamam Steve dá pra ter uma boa noção de quantos mais corroboram com a Evolução. Não vá pensar que assuntos científicos são decididos segundo o tamanho da lista, isso é só uma paródia cultural. Atualmente eles já têm 1.124 Steves na lista, vendem camisetas e têm até a Steve song. Então se você conhece algum cientista evolucionista chamado Estevan, Estefano entre outros indique a ele esse site e contribua com o evolucionismo.

Como hoje é carnaval no Brasil, os organizadors do Dia de Darwin no Museu de Zoologia da USP agendaram as comemorações Darwinianas para a semana do dia 23 a 28 de fev. (terça a domingo). A programação conta com a exibição de documentários da Mostra Ver Ciência sobre Darwin e Evolução (terça 23, quarta 24 e sexta 26, 11h e 15h); uma mesa redonda sobre Divulgação Científica e Evolução com Ildeu de Castro Moreira (Ministério da Ciência e Tecnologia), Sergio Brandão (jornalista, Mostra Ver Ciência), Prof. Nelio Bizzo (Faculdade de Educação USP) e Maria Isabel Landim (Museu de Zoologia USP e uma das organizadores do Dia de Darwin pelo 5º ano), na quinta feira 25 às 15h.

No final de semana haverá programação infatil como oficina sobre Evolução e Biodiversidade, oficina de origami, teatro de fantoches Darwin e a Bicharada e visita guiada à exposição temporária Charles Darwin: Evolução para Todos, além de uma palestra e bate papo com o Prof. César Ades (Instituto de Psicologia e Instituto de Estudos Avançados da USP) sobre Evolução & Comportamento Animal no sábado 27 às 15h. No domingo 28 às 10h haverá uma mesa redonda intitulada: Biodiversidade 2010 – O que sabemos e o que precisamos saber? com profs Luís Fábio Silveira (IBUSP), Miguel Trefaut (IBUSP), Mário de Pinna (MZUSP) e Carlos Lamas (IBUSP). E às 14:30h haverá uma mesa intitulada Um Olhar Sobre a Diversidade Humana com os profs diogo Meyer (IBUSP) e Demétrio Magnoli (FFLCH USP), que está promovendo seu livro sobre evolucionismo e imaginação racial ‘Uma Gota de Sangue’.
Bom Feliz Dia de Darwin, Dia do Orgulho Ateu a todos e mãos à obra para mudar a sociedade através da educação, divulgação e atuação cientificamente cultural.

Aniversário de dois anos do MARCO EVOLUTIVO

É com muita alegria que nesse novembro, além do fantástico aniversário de 150 ano do Origem das Espécies, comemoramos também os dois anos de existência do MARCO EVOLUTIVO. Nascido em 28 de novembro de 2007 com um post sobre a evolução das popensões ao sexo casual, o MARCO EVOLUTIVO completa dois anos e cada vez mais está aumentando seus leitores no Brasil e no mundo. 
Agradeço sinceramente a todos os comentários, dicas e elogios recebidos ao longo desse período. São incentivos essenciais para eu continuar escrevendo mais e mais, sempre contribuindo para o prosseguimento seguro da revolução darwinista em nossa cultura.

Nesse segundo ano houve de mudança de endereço novamente. No período do Lablogatórios desse segundo ano, foram muitas visitas no Brasil e no exterior incluindo Portugal, EUA, Japão, Alemanha, Itália, Moçambique, Espanha, Angola, França e Reino Unido, em ordem decrescente, com mais de 10 visitas. Os cinco posts mais acessados foram: Pinker e os Palavrões, Ano de Darwin 2009 no Brasil, 2009 Ano da Biologia, Simpósio internacional de Psicologia Evolucionista em Natal e Evolução Humana Facilitada.

A transformação do Lablogatório no ScinceBlogs Brasil foi fantástica e aumentou bem a visibilidade do MARCO EVOUTIVO. O número de países diferentes com mais de 10 visitas dobrou. Foram, em ordem decrescente de acessos: Portugal, EUA, Japão, Angola, Moçambique, Reino Unido, Irlanda, Alemanha, Espanha, Itália, Suíça, Cabo Verde, Holanda, Chile, Canadá, Argentina, França, México, Bélgica e Austália. Os cinco posts mais lidos são Coevolução e Seleção Sxual no Caso da Vespa Tarada, Por que todo mundo deveria ser fã de Darwin, Luz, Vaga-lumes e Ação … Sexual, Lamarck: a Verdadeira idéia errada, Vídeos sobre evolução da sexualidade humana. Gostaria de agradecer ao Carlos e ao Átila por concretizarem a criação do ScienceBlog Brasil e sempre me apoiarem, e também agradecer a todos os SciencebrothersBr e a outros blogueiros de ciência brasileiros pelo belíssimo movimento de divulgação e educação científica via net.

E pra comemorar com chave de ouro em clima de comemorações do Ao de Darwin temos um bolo cientificamente concebido com cinco camadas, cada uma representando um Reino, com o Beagle, um ninho de tentilhões, uma tartaruga e muito mais num inusitado concurso de bolos de aniversário de Darwin. E ainda veremos um programa especial do Newsnight Review contanto com Dawkins, a escritora Margaret Atwood, o reverendo Richard Coles e a poeta descendente de Charles Darwin Ruth Padel (autora do podcast Darwin, My Ancestor), juntos com Martha Kearney discutindo a importância do Origem das Espécies, a vida de Darwin e o legado cultural e filosófico do Darwinismo. Eles falam também do filme sobre Darwin e de duas exposições que acontecem na Inglaterra.
 



Podcasts Sobre Darwin e o blogando o Origem

O presente evolutivo em comemoração aos 150 do Origem das Espécies dessa vez vem em forma de áudio. A rádio da BBC 4 está com 4 podcasts especialmente voltados para as comemorações bi e sesquicentenárias Darwinistas. São dicas imperdíveis, muito interessantes e reveladoras.

O primeiro podcast chama-se In Our Time, que abrange 4 programas falando da vida e obra de Darwin, desde sua infância até sua morta e legado. Melvyn Bragg faz entrevistas com eminentes professores ligados ao Christi’s College onde Darwin estudou em Cambridge, com professores do Museu de História Natural de Londres e com curador do jardim da Down House onde ele morou no campo, criou os filhos e fez a maior parte dos trabalhos científicos.

O segundo podcast é o Dear Darwin, que são cinco cientistas de peso: Dr Craig Venter, Sir Jonathan Miller, Prof Jerry Coyne, Dr Peter Bentley e Prof Baruch Blumberg, cada um lendo uma carta sua dirigia a Darwin falando sobre seu legado e trabalho. E você o que incluiria numa carta a Darwin?

O terceiro podcast é o Hunting the Beagle, que é um programa em que o historiador marítimo Dr. Robert Prescott relata seu empenho de quase 10 anos à procura das pistas do paradeiro dos destroços do HMS Beagle.

O quarto podcast é o Darwin, My Ancestor, uma série de 4 programas em que a escritora Ruth Padel, tátara neta de Darwin descreve sua jornada na descoberta das facetas pessoas de seu antepassado, nosso parente, Charles Darwin.

Além dos podcasts eu recomendo os vários vídeos no homepage da BBC. E também recomendo o Blogging the Origin no ScienceBlog Americano. Trata-se de um blog de curta duração criado por John Whitfield, um divulgador de ciência, que nunca tinha lido o Origem das Espécies e publicou na época do Darwin Day um post para cada capítulo lido falando suas impressões ao ler esse livro sesquicentenário em pleno século XXI.

Abaixo veremos um vídeo comemorativo dos 150 anos da Seleção Natural, completado o ano passado graças à cartinha bombástica que Wallace mandou pra Darwin, dando origem à publicação conjunta em 1858 e catalisando a publicação do Origem das Espécies.

“A Ciência no Brasil” na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2009

Cesar Lattes, Fritz Müller, Oswaldo Cruz, Carlos Chagas, Vital Brasil, Paulo Vanzolini, Aziz Ab’Sáber, Miguel Nicolelis ilustres cientistas Brasileiros, desconhecidos por grande parte da população nacional. No auge da era dos famosos de reality show entramos com tudo na 6ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia apresentando o tema “A Ciência no Brasil”. Sem dúvida precisamos conhecer melhor os cientistas do Brasil e essa será uma semana muito especial para a ciência em todo o país.

No site da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que começou ontem dia 19 e vai até domingo dia 25, é possível ver a programação das mais de 450 cidades de todos os estados brasileiros participando e assistir ao vivo a transmissão de eventos. Dou destaque aqui no MARCO EVOLUTIVO para duas programações da Mostra de vídeo VER CIÊNCIA 2009 em São Paulo, mas que terá também no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio e de Brasília.

Começa hoje dia 20/10 a exibição de vídeos científicos da Mostra VER CIÊNCIA 2009, a 15° Mostra Internacional de Ciência na TV, que vai até domingo, dia 25. Trata-se de uma parceria entre o Catavento Cultural e Educacional, o Museu de Zoologia da USP e a VídeoCiência em comemoração aos 150 anos do Origem das Espécies de Darwin e ao Ano da Astronomia.

No auditório do Museu de Zoologia da USP a Mostra terá três temas de sessões em sua programação: “Darwin: 150 Anos de Origem das Espécies”; “Cientistas Brasileiros: um Retrospecto” e “Produção de C &T no Brasil: Passado & Presente”. Serão diferentes vídeos em cada sessão sempre três vezes ao dia: às 11h, às 14h e às 16h.

No auditório do Catavento a Mostra terá cinco temas de sessões em sua programação: “Darwin 150 Anos de Origem das Espécies – BBC” “Ano Internacional da Astronomia” “Para Conhecer Nossa Natureza” “Grandes Cientistas Brasileiros” e “Para Gostar De Ciência”. Serão também diferentes vídeos em cada sessão duas ou três vezes ao dia: às 14h, às 15h e às 16h ou às 19h.

Ainda no auditório do Catavento, além Mostra de vídeos, amanhã dia 21/11 às 19h haverá uma palestra internacional sobre a “A BBC e os 150 anos da Teoria da Evolução”. A palestrante é a produtora executiva da BBC de Londres, desde 2003, Anne Laking. Ela é ganhadora do prêimo Grand Prix do Festival Internacional de Filmes Científicos de Beijing, em 2006. Ela também produziu, pela BBC, parte dos vídeos sobre Darwin da temporada 2009. No dia 22, às 18:30, Anne Laking encerrá a Sessão BBC, no CCBB-Rio de Janeiro, com o tema “Ciência na TV: o olhar da BBC”. Ambas as palestras terão tradução simultânea e serão ilustradas com trechos de programas inéditos no Brasil.
Programação de alta qualidade para todos os gostos. Escolha logo os eventos que você quer participar e divulgue para seus amigos a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia de 2009.

Simpósio de Sexologia e Coletânia em Seleção Sexual

Nesta quinta feita, dia 01/09 tem início na UNESP de São José do Rio Preto o Simpósio de Sexologia promovido pelo Centro Acadêmico de Biologia “3 de Setembro”. O evento abordará os estudos acerca da sexualidade, envolvendo três grandes temáticas: a biológica comparativa e adaptativa; a do direito envolvendo aborto e crimes sexuais; e a informativa e de saúde envolvendo orientação sexual, sexualidade nas universidades e DSTs. Achei muito interessante a programação, pois geralmente a abordagem evolutiva para a sexualidade está fora da Sexologia.

Durante o Simpósio de Sexologia eu darei um mini-curso sobre a Evolução das Estratégias Sexuais. Para os participantes e para todos interessados no tema eu recomendo que leiam os posts sobre seleção sexual do MARCO EVOLUTIVO. Para descobrir sobre os padrões da seleção sexual nos outros animais vejam:

Para descobrir influências da seleção sexual no comportamento humano vejam:

E para vejam ótimos vídeos de especialistas no assunto vejam:
 

E falando em ótimos vídeos, aqui veremos em primeira mão um vídeo colocado hoje no youtube de um podcast do Biólogo Evolucionista Tim Clutton-Brock do Museu de Zoologia da Universidade de Cambridge. Nele Clutton-Brock aborda primeiro o desafio à evolução que os ornamentos representaram pra Darwin e sua solução foi criar a Seleção Sexual. Ele separa a beleza em dois tipos: a beleza simples e funcional do design adaptativo que evoluiu por seleção natural; e a beleza exagerada, multifacetada e complexa dos ornamentos que evoluiu por seleção sexual.

Ele fala que a seleção sexual, apesar de pensada só para formas e cores, atua em todas as formas de sistemas de sinalização e envolve sons e cheiros atraentes. Para ele as aves e mamíferos diferem quanto aos canais de comunicação o que pode ser evidenciado nas diferenças de ornamentos. As aves são em geral mais visuais e sonoras enquanto os mamíferos são em geral mais voltados para os ornamentos olfativos. Ele borda também que a maioria das pesquisas tem foco nas exibições masculinas, mas que atualmente os ornamentos femininos estão sendo mais estudados. Aborda também o efeito da assimetria no investimento parental nas diferenças sexuais nos humanos e nos benefícios que as fêmeas têm na seleção sexual.

Londres, Onde Está Darwin?

 
Este que vos escreve, durante sua viagem pela Europa, foi “obrigado” pela evolução e sua história a passar um tempo em Londres na grande ilha onde Darwin nasceu, a chamada Inglaterra. Minha missão era achar Darwin! Por onde andarás o bom velhinho?
 
Como todo bom biólogo minha resposta foi no museu: perdi a noção de mim do tempo e do espaço dentro do Museu de História Natural de Londres. Tem de tudo, de Geologia a Biologia Humana passando por toda a “dinossaurologia” que acriançada tanto gosta e chegando até a Psicologia – atenção, memória, percepção, desenvolvimento e aprendizagem. Tudo muito interativo, animado e colorido. No setor dos animais para cada grupo taxidermizado exposto havia um painel ao lado mostrando seus antepassados imediatos, algo muito interessante.
 
 
O simples fato de ter um setor só de Psicologia já valeu! Pela primeira vez na vida ver esses assuntos num museu de História Natural foi fantástico. Mas é claro que um resquício de dicotomia Humano versus Animais pode ser observada pelo fato de que a parte de Evolução Humana estava muito longe da de Psicologia Humana. E além disso, não existe um setor de comportamento animal para fazer a ponte entre ambos. Mesmo assim, esse é um excelente passeio GRATUITO (com fotos liberadas) para pelo menos um dia e meio de puro deslumbre em História e Ciências Naturais para ser feito em Londres.
 

Infelizmente a parte sobre a comemoração para Darwin estava em reforma desde a exposição na época do Darwin Day. Segundo eles a exposição foi um sucesso tamanho que será parte integrante do museu, algo muito bom!! Havia a possibilidade de uma visita guiada por um pequeno pedaço dela, mas como era só mediante a agendamento no próprio dia, e dada a loucura de férias de verão não consegui pegar vaga.
 
marco e darwin museu londrs.jpgMas o melhor mesmo foi tirar fotos com a estátua de mármore branco em que Darwin está imponentemente sentado do alto da escadaria olhando para as infinitas formas vivas humanas e não humanas abaixo no museu. Mas eu não queria só Darwin em Mármore e nem ver onde estão seus ossos, queria vê-lo VIVO, na aparência e na mente dos ingleses.
 
 
 
Incrivelmente não vi um sinal se quer de comemoração do bicentenário de Darwin nos inglese nem em Londres. Eu era a única pessoa usando uma camiseta do Ciência Vista sobre Darwin!!! Nem mesmo o pessoal do Museu de História Natural e nem do próprio Madame Tussauds sabiam ao certo se havia uma estátua de Darwin lá. Depois de decepcionar-me com a parca área de Ciência do museu de cera de Londres (apenas Newton, Einstein e Hawkins) eu estava desacreditado.

 
 
Foi só quando decidi sair da Baker Street e esfriar a cabeça no aquário que como por acaso cumpri minha missão. É elementar meu caro Wallace, se evoluímos de espécies aquáticas então o autor do Origem das Espécies só pode estar no Aquário de Londres!!! Pois é meus amigos a estátua de Cera com as dimensões e feições reais de Darwin velho está “esquecida” num cantinho perto da fila dos ingressos do Aquário!!!
 
 
darwin e marco no aquario.JPGA parte boa é que não é necessário realmente entrar nem o Aquário nem o Museu de Cera para tirar sua foto com Dawin, basta entrar no aquário e virar a esquerda no final na fila da bilheteria. A parte ruim é que não há menção, indicação, celebração alguma entorno desta figura tão importante. Como disse em posts anteriores, pelo menos no Brasil estamos no ANO de DARWIN, 12 meses inteiros de celebração, estudo e divulgação.

Arquivos

Categorias

.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM