Porta-aviões de gelo

Um porta aviões de gelo!?
Você poderia pensar que é mais uma daquelas mirabolantes formas que o Zan, dos Super Gêmeos, adotava em uma de suas aventuras.
-Super-Gêmeos ativar!
-Forma de um armário gigante de gelo!
-Forma de um mamute.

Sim, ele sempre era gigante e ela era algum animal.
O porta-aviões de gelo foi mais um dos impressionantes projetos que surgiu na Segunda Guerra Mundial, mas desta vez no lado aliado. Sempre achei que os nazistas tinham a maior fama de projetos estranhos e secretos.
O pulo do gato nessa história fica por conta da percepção de que o gelo seria um material barato e de fácil obtenção para construção de uma grande plataforma para pouso e decolagem de aviões. Mas nesta projeto o gelo sofreu um upgrade com a introdução de serragem em uma proporção de 14%, sendo batizado de pykrete, em homenagem ao criador Geoffrey Pike.
A serragem conferia ao gelo uma resistência maior ao impacto e uma diminuição na taxa de derretimento.
Teste de um bloco de Pykrete

No episódio 116, da sétima temporada, os MythBusters realizam diversos testes com o Pykrete e concluem que ele realmente resiste a um tiro, tem mais resistência do que o gelo e poderia ser ainda mais aprimorado com o uso de jornal no lugar de serragem.
A equipe do Mythbusters constrói um modelo de um pequeno barco com estrutura feita de gelo misturado com jornal e consegue navegar tranquilamente por aproximadamente meia hora. Considerando assim a idéia plausível, mas ridícula!
O episódio sobre o gelo, da séries Maravilhas Modernas, fornece alguns detalhes adicionais sobre a história, informando que o projeto, sob o código Habakkuk, iniciou com testes no Lago Patricia, nas Rochosas Canadenses. O primeiro protótipo media 18 metros e pesava em torno de 1000 toneladas, e demorou o verão inteiro para derreter. É claro que os projetos de construção também incluíam sistemas de isolamento e refrigeração da estrutura para garantir maior durabilidade do navio de gelo.
Atrasos no projeto, diversas dificuldades técnicas, aumento da autonomia dos aviões e enfraquecimento da frota de submarinos alemães, foram alguns dos motivos que causaram o abandono do projeto Habakkuk.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 1 comentário

  1. Júnior disse:

    “Os MythBusters acharam a idéia plausível, mas ridícula!”

    Qual o motivo de acharem a ideia ridícula? A invenção tem que ser analisada diante das circunstancias que motivaram a sua concepção e os meios disponíveis para se tentar alcançar o objetivo!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Arquivos

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM