Invenções do bilhão

Quais invenções poderiam valer um bilhão de dólares, em 1931?
A edição de setembro de 1931, da Modern Mechanics, anunciava aos inventores da época o que poderia ser o caminho da fama.
= Pulsos de levitação eletromagética para o transporte.
transporte por levitação magnética
Não foi como na ilustração, mas atualmente temos os trens Maglevs, que podem funcionar por ímãs, que podem ser supercondutores, eletroímãs ou permanentes.

= Uma forma eficiente de armazenar energia em uma bateria para ser utilizada em um carro.
baterias para carros 1934
Estamos quase alcançando esta meta.
Carro elétrico Tesla Roadster.

= Encontrar um modo de converter diretamente o calor em energia elétrica.
convertendo calor em eletricidade
É uma pena que o desenvolvimento dos geradores termoelétricos nunca ultrapassaram o problema da baixa eficiência.
=Algum transporte que poderia operar no ar e em terra. Uma espécie de carro voador.
=Tinta luminosa de longa duração para pintar as paredes de uma sala. A luminosidade continuaria por horas mesmo após o apagar das luzes.
A ideia não decolou por causa da baixa luminosidade das tintas e a curta duração do brilho.
=Encontrar um modo de eliminar a estática e o chuvisco em rádios e TVs.
estática e ruido em tvs e rádios
Rádio digital e TV HD foram as respostas para o problema.
=Modo mais rápido e simples para fixação do nitrogênio para agricultura. Com possibilidade do agricultor comprar o seu próprio aparelho produtor de fertilizante.
unidade produtora de fertilizante
A complexidade da produção de fertilizantes químicos acabou por inibir a evolução da ideia.
=Produção de carvão de melhor qualidade.
Os autores informam que isto não era um interesse para a América, já que não era um problema comum para eles. Mas que poderia ser um benefício para a América do Sul… e para os Americanos(?!).
=Melhorar as TVs.
Na época (1931) as televisões eram apenas protótipos e com vendas bastante restritas.
=Controle das chuvas, neve e granizo.
máquinas para controlar o clima
O controle climático não passou de algumas tentativas em semear núvens com sais para forçar a chuva, e controle para evitar o granizo.
E as máquinas de movimento perpétuo? Foram descartadas pelos autores, pois sabiamente ressaltaram que não seria possível construir algo que fosse contra às leis da termodinâmica.
Via Modern Mechanix

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 2 comentários

  1. Alberto Pontes Moura disse:

    Tenho algumas invenções, a maioria ainda no campo teórico, por falta de recursos, quase todas no campo da Mecânica e da Eletricidade (não Eletrônica), direcionadas basicamente à Construção Civil e aos Transportes. Creio que a melhor fonte de energia, ainda pouco explorada, apesar de conhecida há muito tempo, é a Gravidade. O trinômio Gravidade + Impulso + Inércia, se adequdamente utilizado, pode fornecer energia mecânica para muitas máquinas, para vários tipos de Transportes, individuais e de massas, para Iluminação e Comunicações. As Usinas Hidroelétricas são um exemplo de uso da Gravidade (quedas d’agua), cuja principal limitação são as épocas de estiagem e secas, que reduzem o nível das represas, mas podem ser feitas de uma maneira muito mais econômica, sem inundar florestas, possibilitando várias estações de geração ao longo de um mesmo rio, com potência maior que as atuais, e com capacidade de armazenamento e refluxo da água, não dependendo das variações climáticas. Estou começando a elaborar um blog, no qual pretendo apresentar a súmula desta e de outras dezenas de ideias, todas realizáveis.

  2. Eu acho legal observar o como as pessoas sempre pensam em usar a idéia do jeito mais mirabolante possível antes de usar ela de uma maneira mais próxima da nossa realidade, como no exemplo do veículo usando levitação eletromagnética esboçado e aquele que a gente vê hoje.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Arquivos

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM