A velocidade de uma gota do príncipe Rupert

captura do vídeo
Quando uma gota de vidro incandescente é deixada cair em água fria pode dar origem ao que é chamado de gotas do príncipe Rupert, um vidro vidro solidificado com uma certa resistência ao choque mais muito frágil à qualquer fratura na ‘cauda’ da gota.
O Destin do canal no YouTube SmarterEveryDay, filmou a ruptura de algumas destas gotas registrando o evento a 130.000 quadros por segundo! Com esta precisão de detalhes foi possível ver a propagação do colapso da goda desde a cauda até o corpo.

(ou direto em http://youtu.be/xe-f4gokRBs?t=2m17s )
A velocidade de propagação da ruptura é algo em torno de 1650 metros por segundo!

A instabilidade ocorre pelo acúmulo de tensão no vidro causado pelo resfriamento desigual da superfície em relação ao centro da gota.

Cor de LED em nitrogênio líquido

captura de tela do vídeo
Qual é a explicação para este fenômeno?
A luz alaranjada de um led torna-se esverdeada ao ser imerso em nitrogênio líquido.

Uma explicação:
http://www.ap.smu.ca/demos/index.php?option=com_content&view=article&id=181&Itemid=78
Resumidamente, o ambiente frio do nitrogênio líquido afeta as propriedades do semicondutor – base do funcionamento de um LED – aumentando o gap de energia (banda proibida) fazendo com que o led emita luz em uma faixa mais energética (menor comprimento de onda e maior frequência) resultando em uma cor esverdeada.

Via GeeksAreSexy

Monitorando radiação em casa

Um projeto polonês está utilizando uma rede de voluntários para realizar monitoramento de radiação em várias partes do mundo.
E qualquer um pode participar!
Basta comprar um sensor vendido pela equipe do projeto, por 27 Euros (mais custos da remessa internacional) e rodar o projeto via software BOINC (computação distribuída gratuita).

O objetivo é criar um mapa mundial de monitoramento contínuo de radiação.
Google maps com pontos onde os sensores estão localizados
A imagem, capturada no momento em que escrevo este texto, indica que na Europa todos sensores ligados estão na faixa normal de radiação – sinalizada pela cor verde dos pontos. Os pequenos símbolos de radioatividade marcam as posições geográficas das usinas nucleares.

Veja no website do projeto mais alguns detalhes
http://radioactiveathome.org/boinc/

Parece que não temos nenhum participante na América do Sul.
google maps mostrando que no Brasil não temos sensores

Esfera incandescente em água

níquel incandescente
Veja o que ocorre quando uma bola de níquel incandescente é submersa em água.

Boa parte do que aconteceu pode ser explicado pelo efeito de Leidenfrost, no qual uma superfície quente quando em contato com um líquido gera uma camada isolante de vapor.

Não tente repetir o experimento sem equipamento de proteção e conhecimento sobre o metal utilizado.

Via GeeksAreSexy

30 professores e muitas bolinhas

bolinhas de pingue pongue
A fundação Northrop Grumman, preocupada com a falta de interesse dos alunos por temas científicos, resolveu oferecer a professores americanos uma série de voos que simulam a ausência de gravidade. Neste tipo de voo um avião modelo 727 faz uma série de subidas e descidas, garantindo sensação de estar em ausência de gravidade durante poucos segundos durante a trajetória de descida.

Em uma das missões os 30 professores convidados resolveram levar 2000 bolinhas para deixar tudo mais divertido.

Alertando que não é adequado falar em “gravidade zero” nesta situação, pois a gravidade terrestre continua atuando. Talvez o termo mais adequado seja “imponderabilidade” – estado em que não se pode discernir se está-se num campo de gravidade zero ou em queda livre.

Via fogonazos

Rolling in the Higgs


Paródia que utiliza a música da Adele, Rolling In The Deep, como base.

A letra:

Rolling in the Higgs

There’s a collider under Geneva
Reaching new energies that we’ve never achieved before
Finally we can see with this machine
A brand new data peak at 125 GeV
See how gluons and vector bosons fuse
Muons and gamma rays emerge from something new
There’s a collider under Geneva
Making one particle that we’ve never seen before

The complex scalar
Elusive boson
Escaped detection by the LEP and Tevatron
The complex scalar
What is its purpose?
It’s got me thinking

Chorus:
We could have had a model (Particle breakthrough, at the LHC)
Without a scalar field (5-sigma result, could it be the Higgs)
But symmetry requires no mass (Particle breakthrough, at the LHC)
So we break it, with the Higgs (5-sigma result, could it be the Higgs)

Baby I have a theory to be told
The standard model used to discover our quantum world
SU(3), U(1), SU(2)’s our gauge
Make a transform and the equations shouldn’t change

The particles then must all be massless
Cause mass terms vary under gauge transformation
The one solution is spontaneous
Symmetry breaking

Roll your vacuum to minimum potential
Break your SU(2) down to massless modes
Into mass terms of gauge bosons they go
Fermions sink in like skiers into snow

Acompanhe as novidades em
http://www.facebook.com/acapellascience

Ciência na pressão


O aquanauta Tim Peake do grupo de pesquisas NEEMO (NASA Extreme Environment Mission Operations [Missão de Operações em Meio Ambiente Extremo da NASA]), mostra o comportamento de um baroscópio em uma cápsula pressurizada.

Tim comenta que o baroscópio que ele está usando foi ajustado para estar em equilíbrio quando na pressão atmosférica normal (em torno de 1 atm). Isto por meio do ajuste da posição do pequeno peso que está na parte oposta ao balão (selado).

Ao ser levado para uma câmara pressurizada em 2,5 atmosfera, a diferença na flutuabilidade dos meios faz com que o balão desloque para uma posição mais elevada.

Para saber mais detalhes sobre o baroscópio, veja
http://www.feiradeciencias.com.br/sala07/07_72.asp
(em memória ao Prof. Luiz Ferraz Netto)

LHC à venda

Barbada! Grande Colisor de Hádrons por apenas 9 bilhões de dólares.
Faça suas próprias partículas.
modelo único
Único em sua categoria!
O transporte fica por sua conta!

Via FakeScience

Einstein versus Hawking

Einstein enfrenta Hawking na batalha de rappers
(Epic Rap Battles of History).

You better be scared
Cause that means Albert E
Equals M C squared

Música por $0.99 no iTunes. ¬¬

O gato está vivo

O gato de Schrödinger está vivo!
E muito irritado!
gato irritado na caixa de schoedinger
Tenho pena dos físicos…

Não entendeu?

Via ´Achei lá no Facebook´.

Arquivos

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM