Gammasphere

laboratório argonne
Nada como pesquisa nuclear e em física de alta energia para produzir equipamentos que enchem os olhos.

Esta fotografia mostra o físico Kim Lister no centro de um equipamento batizado de Gammasphere. Construído com um orçamento de 20 milhões de dólares o Gammasphere está instalado no Laboratório Argonne, nos EUA.

Uma das aplicações é no estudo dos raios gama originados de fisão e interações de alta energia com o núcleo atômico. Com os dados obtidos é possível ter uma melhor ideia das propriedades do núcleo, inclusive sobre a sua ´forma´.

Via Argonne (CC by-sa).

Barbeando com raios X

A edição de abril de 1924 da revista americana Popular Mechanics publicou uma matéria sobre os supostos benefícios do uso de raios X para obter um melhor barbeado.

Os experimentos eram conduzidos por um doutor residente em Nova Iorque. Que após remover a barba com uma espécie de cera de depilação de época (special mudlike paste), realizava uma aplicação de raios X diretamente sobre a pele. Isto com a alegação que o uso regular removeria feridas e cicatrizes persistentes.

A técnica era usada em uma época que desconheciam os perigos da aplicação de raios X em excesso. E lamentavelmente o paciente poderia perder mais do que alguns fios de bigode.

Via Modernmechanix

Esculturas sonoras coloridas


O efeito foi conseguido colocando uma mistura de tintas coloridas sobre uma membrana que cobria um alto falante.

A montagem foi realizada para uma campanha de promoção de uma nova linha de impressoras da Canon.

O movimento lembra bastante o comportamento da mistura de amido e água (em uma proporção adequada), que tem propriedades de um fluido não newtoniano.

Via designboom

Rutherford e o experimento da folha de ouro

captura de tela do vídeo
Uma reconstrução moderna do clássico experimento da folha de ouro, originalmente realizado por Ernest Rutherford.

O físico Bruce Kennedy explica no vídeo como funciona a montagem do experimento e como ocorreu na época a mudança de conceitos sobre a representação do átomo.

Vídeo com legendas em português. Para ativar clique no botão CC.

Laser super intenso

camara de alvos
O laser batizado de Vulcan, construído no laboratório Rutherford Appleton na Inglaterra, era considerado em 2005 o laser mais potente do mundo, com uma potência na ordem do Petawatt (10^15).
Atualmente já deve ter perdido o posto para outros projetos, como o National Ignition Facility.

A pesquisadora Ceri Brenner faz um passeio pelas instalações mostrando o funcionamento do sistema e como utiliza o laser para criar plasmas.

Vídeo com legendas em português. Para ativar basta clicar no botão CC.

Como funciona um canhão de elétrons

nos bastidores da ciência
Como tinha prometido…
O físico Lee Jones explica o funcionamento de um tipo específico de canhão de elétrons, normalmente utilizado em aceleradores de partículas.

A qualidade de um feixe de elétrons é determinada pela tecnologia do canhão, e por isto o desenvolvimento deste aparato é tão importante para um acelerador de partículas.

Jones mostra um fotocátodo feito com arsenieto do gálio, soldado com índio sobre um substrato de molibdênio. Que sob alta tensão só emite o feixe de elétrons ao ser atingido por laser. Muito criativo!

Vídeo com legenda em português. Para ativar a legenda clique no botão CC.

Densidade e clepsidras

Encontrei estas clepsidras em uma loja de decoração em Buenos Aires. Custava em torno de 15 reais. Não comprei. 🙂

Acho que as cores estão separadas em cada lado do frasco. O brinquedo funciona misturando conceitos de densidade e fases líquidas binárias.

Outro que usa um princípio semelhante…

Uma reação em cadeia


Uma peça de dominó pode derrubar outra que tenha um tamanho um pouco maior do que 50%.

A sequencia inicia com uma peça de 5mm de altura, que acaba derrubando a última que tem mais de 1 metro de altura, num total de 13 peças. Se fossem 29 peças a maior teria a altura do Empire State.
O professor Stephen W. Morris, da Universidade de Toronto, explica que quando a peça de dominó é colocada em pé, a energia potencial gravitacional fica ´estocada´ e pronta para ser ´liberada´. Cada queda libera mais energia no passo seguinte, chegando a um incremento de 2 bilhões de vezes no sistema demonstrado.
Claro que toda esta energia foi inicialmente colocada no sistema pela pessoa que montou o dominó.
Domino ”chain reaction”
Lorne A. Whitehead
American Journal of Physics –
February 1983 – Volume 51
Issue 2, pp. 182

Música com um ressonância magnética

O intenso magnetismo existente em uma máquina de ressonância magnética causa vibração nas bobinas que produzem o campo. Tal vibração pode gerar uma série de sons audíveis. Agora basta fazer uma mixagem destes sons e produzir música!

Escolheram ´Smoke On The Water´, do Deep Purple! Pelo menos não foi ´Never Gonna Give You Up´.
Via Cenblog

História da eletricidade – Preview

documentário eletricidade bbc
Depois de excelentes séries de documentários como: Chemistry A Volatile History, Atom, Everything and Nothing; o professor Jim Al-Khalili anuncia uma nova série sobre a história da eletricidade.
No Twitter ele comenta que será lançada no outono (lá na Inglaterra, primavera aqui) com 3 episódios.

Arquivos

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM