Mais música no Pi

teclas piano numeradas
Infinitas são as casas decimais no número Pi (3,14159265…) e intermináveis são as possibilidades de transformar isso em música.
Nesta música cada número do Pi foi adicionado à escala harmônica menor A, unindo harmonia feita com a mão esquerda.

Veja mais em ‘Pi musical’.

Sons de laboratório transformados em música

reações e música eletrônica
Um dubstep (música eletrônica surgido no sul de Londres) criado somente com sons de um laboratório e reações químicas. Só poderia ser mais uma das criativas invenções da equipe do Periodic Videos!

Dave Brown, do canal Boy in a Band, ficou como responsável pela música e Adam pela montagem do vídeo.

Behind the scenes.

Música colorida

E você pensando que aquela TV tipo Ambilight, que ilumina a parede conforme a imagem, era algo moderno e chique?!
Em 1931 a revista Science And Mechanics noticiava a produção do aparelho chamado Telecolor, uma espécie de rádio que traduzia os sons da transmissão em diferentes luzes coloridas, projetadas em uma tela ou parede.
radio colorido
O equipamento funcionava com tiratrons, uma espécie de válvula eletrônica, que filtrava os sons e ligava as lâmpadas conforme a faixa de ruído. Princípio muito semelhante ao utilizado atualmente.

Via Modern Mechanix

NASA Gangnam Johnson Style

dancinha-da-nasa
E as paródias Gangnam Style não param de aparecer.

Desta vez é a equipe da NASA que resolve entrar no ritmo.


A letra para acompanhar.

NASA Johnson Style
Johnson Style

Welcome to NASA’s Johnson Space Center
We are coming in hot so don’t burn up as we enter
We do science everyday that affects your daily life
Throw them up for manned space flight

Science everywhere
As we engineer the marvels
That fly though the air
And take us way beyond earth’s levels

Science everywhere
Because we engineer the marvels
That fly though the air
Flys us through the air

Control the mission out of Johnson
This is ground, hey!
And this is space, hey!
Tell me Houston what’s the problem
It’s okay!
It’s okay!
Because there’s flight controllers on the job today

NASA Johnson STYLE!
Johnson STYLE!
NA, NA, NA, NA NASA Johnson STYLE!
Johnson STYLE!
NA, NA, NA, NA NASA Johnson STYLE!
EYYYYYY science daily!
NA, NA, NA, NA, NASA STYLE!
EYYYYYY it’s amazing!
NA, NA, NA, NA ey ey ey ey ey ey!!
Orbiting earth, international space station
Where we work and live in space with a crew from several nations
Got Japanese, and Russians, that European charm
Throw them up, like the Canada Arm

Kicking out research
29k cubic feet, revolves around the earth
Science microgravity, revolves around the earth
Columbus, JEM, and Destiny
Kicking out research
Kicking out research

Train the astronauts at Johnson
To go to space, hey!
To go to space, hey!
Cause the missions of tomorrow
Start today, hey!
Start today, hey!
As we engineer the future day by day

NASA Johnson STYLE!
Johnson STYLE!
NA, NA, NA, NA NASA Johnson STYLE!
Johnson STYLE!
NA, NA, NA, NA NASA Johnson STYLE!
EYYYYYY science daily!
NA, NA, NA, NA, NASA STYLE!
EYYYYYY it’s amazing!
NA, NA, NA, NA ey ey ey ey ey ey!!

Orion or SLS, MPCV
We cannot feel the floor, cause the lack gravity
The destinations are an asteroid, mars, or moon
We are blasting off start the countdown soon
[Sound clip: launch countdown]

EYYYYYY science daily!
NA, NA, NA, NA, NASA STYLE!
EYYYYYY it’s amazing!
NA, NA, NA, NA ey ey ey ey ey ey!!
NASA Johnson Style

Gangnam química-style


Antes eram paródias com músicas da Lady Gaga.
Agora é tudo com Gangnam Style.
Molecules Gone Wild (Bio Style)

A letra:

Molecules Gone Wild!
Bio Style!

Carbohydrates provide the energy for your life!
The simplest form, like glucose, is known as a monosaccharide
Combine two, and make a larger sugar called disaccharide
The largest is a polysaccharide!

Lipids are the fats!
3 fatty acids with a glycerol make up the fats:
Triglycerides with only single bonds are saturated fats,
But if there’re double bonds they now become unsaturated fats
Don’t eat too much fat!

Monomers build to polymers filled
With C, H, O! Hey!
Molecule’s macro! Hey!

One with HO, other with H, so
Bond and go! Hey!
Release H2O! Hey!

Dehydration Synthesis is underway!!!

Molecules Gone Wild!
Bio Style

Mol-Mol-Mol-Mol Molecules Gone Wild!
Bio Style
Mol-Mol-Mol-Mol Molecules Gone Wild!

Many Polymers-mers-mers-mers:
Molecules Gone Wild!
Many Polymers-mers-mers-mers!

Proteins: the building blocks that make up your whole body
Your skin, your hair, your muscles – need protein to get the hotties!
Break down polypeptide to amino acids in your body
Nitrogen comes to the party!

Nucleic Acids!
The famous one is DNA that’s known by all you kids
With 2 polynucleotide chains linked to make it valid,
Which breaks into single nucleotides when it’s digested;
Phosphorous added!

When you eat food, to get in the mood (to study),
Molecules will flow! Hey!
Straight down your throat! Hey!

Need to break those big polymers, so
Here’s H2O! Hey!
Splits to H and O! Hey!

Hydrolysis is what I just now displayed!!!

Molecules Gone Wild!
Bio Style
Mol-Mol-Mol-Mol Molecules Gone Wild!
Bio Style
Mol-Mol-Mol-Mol Molecules Gone Wild!

Many Polymers-mers-mers-mers:
Molecules Gone Wild!
Many Polymers-mers-mers-mers!

Food deforms
Into its simplest forms!
When you eat it, break it down,
Then it reforms!

Now you’re informed!
So please study more!
Study, Study,
Read your notes and textbook

You know what I’m saying?

Molecules Gone Wild!

Many Polymers-mers-mers-mers:
Molecules Gone Wild!
Many Polymers-mers-mers-mers!

Molecules Gone Wild!

Alucinações – Oliver Sacks


Oliver Sacks, um dos melhores escritores na área de neurociências, está com um novo livro no forno, a ser lançado nos EUA no dia 6 de novembro; desta vez tratando especificamente do tema ‘Alucinações’. Apesar de no Brasil terem traduzido o título do livro ‘Musicophilia: Tales of Music and the Brain´ (2007) como ‘Alucinações musicais’.

Uma imperdível oportunidade de ter acesso antecipado aos assuntos abordados no livro, é assistir a entrevista de Oliver no ‘ World Science Festival’ deste ano.

Oliver Sacks: The Bewitching World of Hallucinations

Oliver Sacks: The Bewitching World of Hallucinations from World Science Festival

A entrevista é conduzida pelo jornalista John Charles Hockenberry que aproveita para contar um pouco de suas próprias experiências em situação de consciência alterada. E em seguida convida Oliver Sacks ao palco, comentando que ele talvez seja o Justin Bieber da neurociência.

Oliver comenta que as alucinações variam do emocionante ao amedrontador. De um escape ou tentativa de simulação da realidade realizada pelo cérebro; tanto como uma válvula que alivia alguma situação difícil, quanto algum sofrimento não desejado pela pessoa que passa pelo evento alucinatório.

Em vários momentos é citada a epilepsia, hipnose, situações específicas do sono e cegueira como possíveis despertadores de eventos de alucinação.

Como é comum em suas livros, Oliver Sacks comenta experiências pessoais na área. Tanto das visões alucinatórias de formas geométricas que tem por causa da recente cegueira no olho direito, causada por um câncer. Quanto de antigas experimentações que fez com algumas drogas alucinógenas (recomendando que não façam o mesmo).

A entrevista foi transmitida pela internet e esteve aberta a questões para a platéia presente. Inclusive com uma pergunta feita por Neil deGrasse Tyson.

Rolling in the Higgs


Paródia que utiliza a música da Adele, Rolling In The Deep, como base.

A letra:

Rolling in the Higgs

There’s a collider under Geneva
Reaching new energies that we’ve never achieved before
Finally we can see with this machine
A brand new data peak at 125 GeV
See how gluons and vector bosons fuse
Muons and gamma rays emerge from something new
There’s a collider under Geneva
Making one particle that we’ve never seen before

The complex scalar
Elusive boson
Escaped detection by the LEP and Tevatron
The complex scalar
What is its purpose?
It’s got me thinking

Chorus:
We could have had a model (Particle breakthrough, at the LHC)
Without a scalar field (5-sigma result, could it be the Higgs)
But symmetry requires no mass (Particle breakthrough, at the LHC)
So we break it, with the Higgs (5-sigma result, could it be the Higgs)

Baby I have a theory to be told
The standard model used to discover our quantum world
SU(3), U(1), SU(2)’s our gauge
Make a transform and the equations shouldn’t change

The particles then must all be massless
Cause mass terms vary under gauge transformation
The one solution is spontaneous
Symmetry breaking

Roll your vacuum to minimum potential
Break your SU(2) down to massless modes
Into mass terms of gauge bosons they go
Fermions sink in like skiers into snow

Acompanhe as novidades em
http://www.facebook.com/acapellascience

Metalmática

You cant deny its phi
” A música é o prazer que a mente humana experimenta da contagem sem estar ciente que está contando.”

Unindo a razão áurea (uma constante real algébrica irracional) com o heavy metal obtemos a… metalmática!

O Professor Phil Moriarty, físico na Universidade de Nottingham na Inglaterra, fez uma colaboração com Dave Brown para criar uma música baseada no número PHI (proporção áurea, 1.6180339887).

O número Phi é uma proporção, que se usada em projetos, arquitetura, design, arte… resulta em uma padrão que costuma ser considerado como belo.

A letra da música:
Irrational!
Real but uncountable
Non-transcendental!
At the root of the problem
Patterns will
Emerge from the equation
Golden Angle
Sprials out of control

Chorus:
The proportion is divine
You’ll find your way to Phi (to Phi) (to Phi)
The ratio defined
You can’t deny it’s Phi

The five-fold way
Forbidden symmetry
Crossing points define
Demonic geometry

É importante ressaltar que não só a letra tem relação com o número Phi, mas também a própria sequência musical é inspirada no número. A perfeita união de matemática e música.

O vídeo com a explicação de como a música foi criada (ainda sem legendas em português).

O texto com a explicação e mais alguns detalhes pode ser visto em
http://periodicvideos.blogspot.co.uk/2012/07/metallizing-phi-by-phil-moriarty.html

Einstein versus Hawking

Einstein enfrenta Hawking na batalha de rappers
(Epic Rap Battles of History).

You better be scared
Cause that means Albert E
Equals M C squared

Música por $0.99 no iTunes. ¬¬

Música com um ressonância magnética

O intenso magnetismo existente em uma máquina de ressonância magnética causa vibração nas bobinas que produzem o campo. Tal vibração pode gerar uma série de sons audíveis. Agora basta fazer uma mixagem destes sons e produzir música!

Escolheram ´Smoke On The Water´, do Deep Purple! Pelo menos não foi ´Never Gonna Give You Up´.
Via Cenblog

Arquivos

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM