É suborno presentear um bom aluno?

Imagino que essa dúvida passe pela cabeça de muitos pais e professores: eu posso dar estrelas ou presentes para o bom aluno?  Será que desta maneira eu não estaria “subornando” a criança e ensinando ela a se comportar só para ganhar presentes? A resposta é fácil: sim, você pode presentar o bom aluno, mas com certas ressalvas, que explicarei a seguir.

A criança pode até gostar de ir à escola, mas ela gosta muito mais da hora do recreio e de brincar com os amigos do que de ter que aprender cálculos matemáticos e regras gramaticais. A prática de se “presentear” os bons alunos com estrelas, pontos, ou coisa parecida funciona porque isto serve como um incentivo (nos termos da análise do comportamento, serve como um reforçador arbitrário).

Este reforço acaba fazendo com que a criança continue estudando e se sinta estimulada. No entanto, no “mundo real”, ela não vai ganhar sempre estrela e o pai não terá dinheiro infinito para presenteá-la após todo bom comportamento. É por isso que é necessário que a criança, ao estudar, fique sob controle dos reforçadores naturais deste comportamento.

Reforçadores naturais são aqueles naturalmente presentes no ambiente da pessoa. No caso da criança, o reforçamento natural ocorre quando ela consegue ler sozinha um gibi, calcular o dinheiro do lanche, etc. Quanto estes reforçadores passam a fazer efeito, ela não precisa mais dos arbitrários.

Mas isso não vale só para as crianças, mas também para nós: você gosta do seu trabalho ou está somente sob controle de reforçadores arbitrários (como o dinheiro)? Se você não se sente bem no seu dia-a-dia, a resposta pode estar nos reforçadores que o controlam (ou na falta deles)…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 2 comentários

  1. Luiza Spiegel disse:

    Eu acredito que a recompensa funcione em alguns casos mesmo depois que o reforçador arbitrário é retirado, mesmo na vida adulta, como quando metas são cumpridas. Digamos que seu filho passou de ano sem ficar de recuperação e no início do ano você tinha feito um acordo com ele de que iria pagar um jantar, nada fora dos seus padrões, nada mais justo do que cumprir.
    E também acredito que o elogio é fundamental na educação das crianças, e até mesmo para manter os adultos estimulados. Não tem nada pior do que você se matar pra fazer um trabalho impecável e receber o mesmo tratamento que o seu colega que fez um trabalho sem comprometimento algum.
    Acho que presentear, desde que o prêmio seja estipulado no mesmo momento que a meta e não seja uma constante, pois perderia o valor, não é um suborno. E nem elogiar o trabalho bem feito. Acho que são formas de estimular, tanto crianças quanto adultos.

    • Você está certa, Luiza! A recompensa continua funcinando sim, mas trabalhar com reforçadores naturais é sempre mais indicado. O elogio é um ótimo exemplo de estímulo reforçador, funciona com adultos e crianças também!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

.

.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM