O delírio do “Show de Truman”

Entre os transtornos que mais gosto de estudar estão os transtornos psicóticos, e o que mais me fascina neles são os delírios: crenças e afirmações do paciente que não condizem com a realidade, embora ele acredite que seja verdade.

Não é raro encontrar pessoas que apresentam delírios de perseguição, dizendo que foi implantado um chip dentro dela ou que câmeras escondidas estão a filmando. Recentemente li no blog Mind Hacks sobre um caso de um rapaz que trabalhava para um reality show e acreditava que estava no próprio programa.

O Sr. D. trabalhava em um reality show quando foi hospitalizado depois de causar perturbação de ordem pública. Enquanto trabalhava na produção do programa, ele passou a acreditar que ele seria um dos personagens: “Eu achei que fosse um participante secreto do programa. Eu achava que estava sendo filmado e estava convencido de que era um participante e que o programa iria me revelar mais tarde.” Ele também acreditava que seus pensamentos estavam sendo controlados por uma equipe de filmagem paga pela sua família. Nas duas semanas antes de sua admissão, ele experienciou sono reduzido, dificuldade na fala, irritabilidade, paranoia e hiper-religiosidade. O paciente tinha o diagnóstico de transtorno bipolar e já havia sido hospitalizado duas vezes antes, devido a episódios maníacos.

O artigo que apresenta este caso também inclui vários outros do que o autor chama de o “delírio do Show de Truman”, em que a pessoa acredita estar fazendo parte de um programa de televisão, assim como no filme. Uma boa notícia é que o artigo está disponível gratuitamente neste link (em inglês).

Fonte: Mind Hacks

ResearchBlogging.org Gold J, & Gold I (2012). The “Truman Show” delusion: Psychosis in the global village. Cognitive neuropsychiatry PMID: 22640240

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 3 comentários

  1. evandrofisico disse:

    Questão offtopic: já vi antes o termo hiper-religiosidade associado a outros transtornos, como por exemplo eplepsia do lobo frontal ou na fase de mania do transtorno bipolar, mas não sendo da área,não consegui achar uma definição de como esse sintoma se manifesta. Pelo que já vi, há um componente cultural, mas de forma geral o paciente apresenta um “misticismo” aumentado, mas onde fica a linha entre o misticismo normal e o anômalo em alguém que já apresenta uma certa religiosidade? É na situação onde assim como o D. descrito no artigo torna-se obvio o delírio?

    • Oi Evandro,

      Então, realmente não é incomum aparecer a hiper-religiosidade em pacientes psicóticos, não sei dizer o porquê. Essa religiosidade pode ser voltada a uma religião comum, como o catolicismo por exemplo, ou voltada ao misticismo e sobrenatural em geral. Não há bem definida uma linha entre o normal e o patológico, assim como em quase todo comportamento “estranho”, um dos critérios mais utilizados é considerar anormal quando a crença ou comportamento de alguma maneira gera prejuízo à pessoa ou aos que convivem com ela.

  2. Nicanor disse:

    Desculpe-me o incômodo, e por postar esta dúvida aqui, mas por mais que tenha procurado, não consegui achar outro acesso de contato, então perguntarei por aqui mesmo, se não houver problemas. Tudo bem assim?

    Eu sofro/sou um hikikomori* (descobri a terminologia recentemente. na verdade, é algo bem próximo disso, em um grau menor) há uns quatro anos, porém nos últimos dois anos que tenho estado num estado crítico. Por mais simples que seja às pessoas saírem de casa, para mim é quase que impossível, mantendo-me meses enclausurado (pergunto-me por quê meus mais não interviram no começo, porque obviamente que fui evoluindo para esta piora). É um estado de comportamento bem bizarro mesmo, do qual não tenho conseguido superar. E o desespero já cafunga no cangote.

    Sabe se há algum tipo de tratamento no Brasil tal como o descrito aqui (desta ong)? http://veja.abril.com.br/141107/p_130.shtml
    http://www.nytimes.com/2006/01/15/magazine/15japanese.html
    Acho que só isso para me salvar mesmo.
    Já pesquisei de tudo. Bom, vou continuar a pesquisar, mas se você souber de algo, diga-me, por favor. Muito obrigado.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

.

.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM