Padre Adelir no Darwin Awards
Como me proponho a discutir evolução neste blog, sou obrigado a reportar o seguinte fato:
Ainda não temos nenhum brasileiro ganhador do prêmio Nobel -nem IgNobel segundo Marcelo Leite– mas podemos nos contentar com outras premiações. O Padre Adelir, famoso por sua perícia em aparelhos de GPS foi agraciado com um duplo Darwin Awards!
Para quem não conhece, esse é o prêmio dado a quem, de maneira muito estúpida, consegue retirar seus genes do pool reprodutivo da espécie humana, ou seja, quem fez uma grande contribuição ao se excluir da humanidade, garantindo que seus genes não serão passados à geração seguinte. Já tinhamos um brasileiro lá, que se não me engano acendeu um fósforo dentro de um caminhã-tanque, para conferir se não havia mais gasolina. Mas padre Adelir conseguiu o prêmio duplo, por se retirar voluntariamente da próxima geração com o celibato e também por querer voar acima das nuvens de chuva (local onde se encontra até agora).
Quanto orgulho!! Brasil bi-campeão com um prêmio bem mais importante do que aquela medalha olímpica de consolo, que o maratonista atacado nas olimpíadas recebeu.
Agradeçam ao Bobagento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...