Preparem as catapultas

Nosso sistema imune tem diferentes tipos de células de defesa para diferentes situações. Os linfócitos coletam pequenos pedaços de invasores e produzem anticorpos contra eles (falando nisso, não se esqueça de treinar os seus, vacine-se contra a rubéola). Um dos tipos celulares menos compreendidos é o eosinófilo, que tem esse nome por ser corado com eosina, envolvido no combate a parasitas. E ele guardava uma boa surpresa:
Em uma colaboração internacional, pesquisadores suíços e americanos investigaram a atuação dos eosinófilos no intestino de pessoas atacadas pela doença de Crohn. Nessa doença inflamatória, a região intestinal apresenta um aumento na quantidade de eosinófilos presentes, aparentemente num ataque exagerado a bactérias, a ponto de irritar a mucosa intestinal.
Ao examinar os eosinófilos, foram detectados proteínas granulares e DNA mitocondrial nas redondezas. O DNA mitocondrial é o material genético das mitocôndrias, as estruturas das nossas células responsáveis pelo uso de oxigênio e glicose (açúcar) na produção de energia. Não foi encontrado DNA nuclear (do núcleo) nem traços de morte celular nos eosinófilos, o que mostra que a expulsão de DNA mitocondrial foi ativa e prosital -proposital aqui, no sentido de programada, não no sentido de intencional.
Foi notado que grande parte do DNA estava aderido a bactérias, e os experimentos revelaram que os lipopolissacarídeos, moleculas específicas de bactérias gram-negativas, são capazes de provocar essa reação. Em menos de 1 segundo, os eosinófilos passam a lançar para fora pedaços de DNA mitocondrial e proteínas como se usassem catapultas, que atacam as bactérias, contando inclusive com moléculas de oxigênio reativo (como as que usamos na água oxigenada para limpar ferimentos), e matando até 90% das bactérias E. coli em um teste.
Quem diria, descoberta um novo mecanismo imune, e desta vez bem parecido com os efeitos fictícios que aparecem em desenhos legais como o Osmose Jones.
Fonte:
Yousefi S., Gold J., Andina N., Lee J.J., Kelly Ann M., Kozlowski E., Schmid I., Straumann A., Reichenbach J., Gleich G.J., Simon Hans-Uwe. Catapult-like release of mitochondrial DNA by eosinophils contributes to antibacterial defense. Nat Med 10.1038/nm.1855

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 3 comentários

  1. Igor Santos disse:

    Mas eles atacam bactérias indiscriminadamente no intestino?

  2. Atila disse:

    Aparentemente, quem tiver o LPS (lipopolissacarídeo) e vacilar toma. Mas é meio raro a presença de muitos eosinófilos no intestino.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Receba as atualizações por e-mail:

Digite seu e-mail:

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM