O que foi a gripe espanhola em 1918

hospital_gripe_espanhola.jpg

Hospital militar no Kansas, fim de 1918.

1918, Primeira Guerra acontecendo na Europa, quando um surto de gripe
atingiu o hemisfério norte todo durante a primavera (deles) em março. Muitas
pessoas foram infectadas, com os sintomas normais da gripe, febre,
calafrios e indisposição. Todos os países tiveram surtos, na Espanha 8
milhões de pessoas ficaram doentes, incluindo o rei Afonso XIII. A maioria dos países não admitia o surto que estava acontecendo, já que isso implicava em soldados fora de combate. A Espanha que até então estava neutra na
guerra não escondeu o que se passava, e a gripe que era chamada de
gripe dos 3 dias começou a ser chamada de gripe espanhola. Rapidamente,
ela sumiu.

Faixa etária e mortalidade da gripe espanhola

Em agosto, outono no hemisfério norte, a gripe voltou. Atacou em todos
os lugares, Ásia, Europa, Américas. Mas dessa vez ela estava diferente.
Estranhamente atacava os jovens, com um pico de infecção entre 20 e 30
anos, enquanto normalmente a curva de idade é um U, atacando mais
crianças e idosos, essa formava mais um W. Os sintomas também estavam
diferentes, além da febre e dor de cabeça, em alguns dias começava a
falta de ar, o rosto começava a ficar roxo, os pés pretos, e em pouco
tempo a pessoa morria afogada, com os pulmões cheios de fluidos. Os
acampamentos militares, cheios de jovens dividindo quartos, foram
atacados em cheio.

Enquanto uma gripe normal mata menos de 0,1% dos doentes, essa matava
até 2,5%. Pode parecer pouco, mas com pelo menos 25% da população americana
doente, o estrago foi enorme, mais de meio milhão de mortos. Essa é a
diferença principal. Enquanto o Ebola mata até 90% das pessoas, infecta poucos, já essa gripe infectou tantos que deve ter matado entre
20 e 100 milhões de pessoas – a
1ª Guerra matou cerca de 9,2 milhões em combate, 15 milhões no total, a
2ª, 16 milhões. Algumas tribos esquimós sumiram do mapa.
 
Faltavam caixões para enterrar as pessoas, e em muitos lugares os velórios eram limitados a minutos, tamanha a procura.

Até hoje não se sabe como a doença se espalhou tão rápido, em questão
de dois meses o mundo inteiro foi atingido, e em muitos casos cidades
distantes tinham surto ao mesmo tempo, enquanto as cidades vizinhas
podiam levar semanas para serem atingidas.

Nos EUA e no Japão, foram selecionados presos para testarem como a
doença era contraída. Não se sabia que era um vírus que causava a
doença. Eles pegavam presos que não tiveram contato com a gripe e após os testes, os presos teriam cumprido a dívida com a
sociedade – comitê de ética também não era tão presente na época.
Borrifavam muco de pessoas doentes no nariz e nos olhos dos presos,
injetavam sangue embaixo da pele e pediam para os doentes tossirem e
espirrarem  no rosto. Nenhum dos presos americanos contraiu a doença. No Japão conseguiram ver que fluidos filtrados eram capazes de infectar as
pessoas, forte indicação de que o agente infeccioso era um vírus (bactérias ficavam retidas pelo filtro), mas não conseguiram repetir os
resultados.

Reencontrando o inimigo

Em 1996, um pesquisador do Instituto de Patologia das Forças Armadas
americanas teve uma idéia brilhante. O instituto de patologia recebia
milhares de amostras militares e civis desde o começo do século 20, analisava e conservava. Taubenberger resolveu procurar amostras de
pulmão de soldados que tivessem morrido de gripe em 1918 preservadas em
parafina. De duas amostras conseguiu isolar genes do vírus da gripe
espanhola. Houve críticas de que o formol poderia ter causado mutações
nos vírus, e surgiu a idéia de que corpos enterrados em terreno
permanentemente congelado também permitissem que outras amostras fossem recuperadas, e comparadas.

Uma pesquisadora americana resolveu escavar um cemitério (vala comum)
norueguês. Em um projeto de meio milhão de dólares, planejou durante 4
anos. Explorou o solo com sondas, montou tendas de contenção biológica,
contratou escavadores especializados e chegou a fotografar a disposição
das pedras no chão para poder devolver tudo no lugar depois. Quando
desenterrou os corpos, eles já estavam bem decompostos e não
encontraram o vírus.

Enquanto ela planejava tudo isso, um sueco de uma universidade
americana chamado Hultin, que já conhecia o Alasca e tinha tentado
encontrar amostras do vírus em 1951, foi sozinho para uma vila esquimó,
escavou um cemitério e consegui amostras muito bem conservadas de uma
mulher esquimó, gastando $ 3200 em uma viagem de 3 dias.

Em breve: o que as amostras revelaram, e qual foi o fim do vírus H1N1 de 1918.

Para acompanhar a história do H1N1 da gripe espanhola em 1918 até a gripe suína de hoje, clique aqui.

Aproveite que você já leu o texto e responda a esta enquete:

Fonte:

gripe.jpgGripe: a História da Pandemia de 1918. Gina Kolata, 2002. 383 páginas.
- Ótimo livro sobre a gripe em geral, descreve muito bem a pandemia de
1918, o evento de 1976 e como o vírus da gripe espanhola foi recuperado
de cadáveres congelados e amostras de pacientes armazenadas. Recomendo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Discussão - 107 comentários

  1. Pablo Lopes disse:

    O vírus da gripe espanhola matou tanta gente porque era resultante de um raro fenômeno: a fusão genética total. Isso ocorre quando o vírus da gripe do porco se funde totalmente com o vírus da gripe humana, gerando um organismo totalmente novo, contra o qual não há defesas. Normalmente esta fusão é parcial, e o vírus resultante guarda semelhança com seus progenitores. Neste caso os infectados possuem alguma defesa. Além deste fator, as condições sanitária da época eram precárias, devido à guerra, e o retorno dos soldados para seus países ajudou a espalhar a doença.

  2. Camila disse:

    eu naum gostei o texto é muito grande pra copiar para o trabalho de Ciencias

  3. fernanda disse:

    edward culle sofreu de gripe espanhola. eu nem sabia que tinha essa doença mas como eu tenho prova e cai sobre a peste negra e a gripe espanhola eu tive que pesquisar entao eu deixo um recado pra vcs vou falar de um asunto que ñ tem nada aver co a gripe espanhola mas te aver com o mundo com o planeta gente se consientise a agua do planeta esta acabando economise agua para que seus filhos os filhos dos seus filhos tenha agua ………..bjs…………obrigada por ler….

  4. leticia disse:

    edward culle sofria de gripe espanhola eu ñ sabia que essa duença existia eu vi crepusculo e ai que eu fui saber que duença existia ..e agora eu to aqui por que tenho prova sobre a peste negra e a gripe espafalar..agora vou
    falar de um assunto que ñ tem nada aver com o assunto da gripe espanhola , gente a agua do planeta esta acabando isso tinha que ser preucupasao de todos mas so e da metade do mundo mas tinha que ser do planeta todo gente tenha consiença pense nu que eu te falai reflita sober isso……….bjs …..bjs ………no coraçao e fiquem com deus…………..

  5. Maíza Ramos disse:

    Medo.

  6. larissa disse:

    eu ciria saber o qeu era gripe espamola eu mi esfosei para pesqisar………. ma ora qeu vie a mortalidade eu fiqeu muito asustada com qeu eu vie poriso eu estol aqui mese sait beijos eu amo os seos tradalhos que vcs fases …………………………………………………………………larissa5449093@hotmail mamda algum depoimentos ????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????beijos??????????????????????????????larissa gianne

  7. Cristine L. Meller disse:

    oi…
    li todo o texto, foi muito esclarecedor.
    preciso fazer um trabalho de ciencias relacionando e diferenciando alguma epidemias de gripe… seu site é confiável??
    adorei seu blog, pena que sempre tem uns idiotas do “fundo da sala” pra zombar do “prafessor”

  8. Atila disse:

    Cristine,
    Meu site não é confiável, mas as fontes são :)

  9. OZANAM THALES disse:

    Após a gripe de 1918, houve a gripe asiática, a Sars e agora a H1N1, como consequência da globalização e o aumento da população mundial, pode estar havendo um incremento da mutação do vírus da influenza??
    Att
    Ozanam Thales

  10. francisco disse:

    ótimo, testo o autor ta de parabéns!

  11. Atila disse:

    @Ozanam,
    Não acho que a chave esteja no vírus, e sim no nosso comportamento. cada vez mais pessoas, cada vez mais aves de criação e porcos, convívio cada vez mais próximo e circulação mais rápida.
    Tudo isso é garantia de terreno fértil pro Influenza.

  12. dhessica ketrhy disse:

    eu só vi esse texto sobre a gripe espanhola porque eu assiste crepusculo, mas valeu a pena porque eu gostei muito de saber

  13. diego disse:

    é muita coisa para copiar do trabalho de ciências

  14. giovanna disse:

    eu achei uma graça e espero que o seu site cresça mais e mais.
    eu queria que você me enviase por email como se cria um site ta bom?
    por favor.
    chau. estou á sua espera!

  15. Adilson disse:

    Muito legal, foi uma forma rápida e um pouco mais aprofundada de obter informações sobre o assunto.

  16. thamy disse:

    nossa, grande coinscidencia entre as duas gripes!!
    li um documentário que diz que a H1N1 é mais antiga do que podemos imaginar (não ah nada de novo) e que o vírus foi “ressussitado” para se espalhar e diminuir o fluxo populacional. Diz ainda, que a vacina foi criada com o mesmo propósito e que matará muito mais que o próprio vírus. sei não hein! só sei que não vou tomar.

  17. reginaldina. disse:

    uma bostaaaaaa…num tem nd nessa porra!!

  18. Milena Jesus da Silva disse:

    isso e uma gripe que todos pode pegar?
    graças a deus essa gripe nao chegou no brasil!
    um dia quero ir vizitar essas pessoas que estao doentes nos hospitais porque nos hospitais nem estao cabendo.
    aqui na minha cidade de londrina esta com uma gripe muito perigosa tambem graças a deus eu nao peguei essa gripe.
    e vou orar para essas pessoas ficarem bem.
    DEUS ABENÇOE VCS

  19. Juliana Lemos disse:

    oi, queria saber qual é a sigla da gripe espanhola,
    por exemplo o da gripe suína que é H1N1.

  20. que pessoa mais analfabeto larissa espamola esfosei kkkkk’ ri muito

  21. maduuh disse:

    nunca tive gripe espanhola

  22. [...] O que foi a gripe espanhola em 1918 [...]

  23. [...] do vírus H1N1 causou entre 50 e 100 milhões de mortes no mundo. A pandemia foi batizada de “gripe espanhola“, pois a imprensa desse país foi a primeira a noticiar o surto, enquanto rolava a 1ª Guerra [...]

  24. Bianca disse:

    Só procurei isso porque eu li e assisti Crepusculo e queria saber o que é.Enfim,nem li direito mais mesmo assim,MUITO OBRIGADA.
    Bjos

  25. tais disse:

    eu gostei de saber o que e gripe espanhola,por que eu tinh visto no filme crepusculo. então gripe suina e gripe espanhola são a mesma coisa ou quase porque as duas são H1N1

  26. mary ribeiro disse:

    nossa isso é aterrorisante uma doença com cara de inofensiva fez com que muita gente morresse isso é triste .. pois além da morte de milhares ainda não existia tanta tecnologia para resolver a situação …. pense s2

  27. LUNA disse:

    achei o texto interesante.

  28. guilherme de camargo disse:

    não gostei muito das informações e está faltando assunto nesse site.

  29. Beatriz *** disse:

    Axei esse site ehh maravilhoso,consegui fazer um resumo e vou me dar muito bem, obrigada pela ajuda!!!
    *_* // parabéns!

    e só um conselho para a Camila,9/9/2009,ás 11:04
    ñ julgue o site por uma burrice sua,faça um resumooooooo!

  30. Mariana disse:

    ñ achei esse texto interessante para a minha pesquisa de ciências pf manda um comemtario nesse site como a gripe esponhola afeta ou afetou a humanidade

  31. Eu já conhecia por leitura alguna fatos da gripe e.,mas hoje lendo este site e outros,estou pensando em como a humanidade é grágil neste aspecto…basta um vírus e lá se vai milhões de seres humanos antes que as autoridades se ajustem a pesquisas.estamos ficando sem imunidade devido a mtos fatores,principalmente o da má alimentação(agrotóxicos,fertilizantes,imundícies empacotadas(apesar da vigilância sanitária?????)AH, minha gente,sinto que estamos vivendo uma complexidade total em tdos os aspectos,inesplicável cientificamente,uma neurose diária de tensões e medos do futuro nesta área.Se nao existisse tanta corrupção, sobraria mto dinheiro p. pesquisas,e aí teríamos + chances,se acontecer outra pandemia como a gripe esp.EU DIGO: merda de mundo podre,desumano,frio,caluculista,destruidores do nosso paraíso herdado p. um gde espírito de luz. QUE FUTURO NOS ESPERA?Sou feliz…minha família é feliz,mas e tanta gente que se v\~e em total sofrimento? eu penso….sofro por esta humanidade sem perspectiva e detesto estes metidos a “acumular” poderes!!

  32. larissa novi disse:

    é muito grande, li só dez linhas e já parei, é muita coisa para por em um trabelho de escrita .Não gostei !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  33. PAULA disse:

    AMO TUDO E QUALQUER COISA SOBRE CIENCIA( BIOLOGIA, FARMACO, VIRUS BACTERIAS, MEDICINA, ABSOLUTAMENTE
    AMO PESSOAS INTELIGENTES COMO VOÇE ATILA!
    POR FAVOR CONTINUE …..

  34. rayane disse:

    eu nao entendi muito sobre esta gripe mas sei que matou muita gente !!

  35. Maria Eduarda Gonçalves disse:

    Eu gostei do texto porque esta bem aprofundado na historia da Gripe Espanhola(1918-1919).Me informou e me ajudou na pesquisa da escola.

  36. Maria Eduarda Gonçalves disse:

    Matou muita gente.Foi muuuuuuuito antiromantico.
    Trágico :(

  37. Mariana disse:

    SINCERAMENTE, EU ESPERAVA MAIS DE VCS NESSE SITE. É TERRIVELMENTE POBRE DE COMENTÁRIOS E COISAS DA ATUALIDADE. MUDEM ISSO OU SO TERAO BAIXA REPUTAÇAO PARA ESSE SITE!

    • tiradas.com disse:

      vc é a rainha pra tá falando o q é bom ou ruim, acho q vc não tá com essa bola toda queridinha melhor vc ficar calada pra falar q esse site é ruim o wikipédia é ruim por q td mundo edita mais esse só o dono então fica queta pq só quem tá com a reputação baixa aqui é vc

  38. yasmim disse:

    edward cullen sofreu disso no filme da saga “crepusculo” nao me enteressava pela doença ate perceber esse ponto no filme aii resolvii pesqisa

  39. maria disse:

    milena jesus da silva a gripe espanhola atigiu tambem o Brasil por causa de tropas que foram enviandas para la em missao.
    Esses enfectados foram para os paises que estavam com casos de gripe espanhola como medicos e acabaram trazendo para o brasil.Se espalhou no brasil com muita rapidez com que muitas pessoas morresem:(

  40. Malokita disse:

    Avé , por quê todo mundo que comenta nesse site escreve tudo errado ?

    • tiradas.com disse:

      pq sim vc é de ferro pra não errar? não,então fica na tua

      2_ pq a gente não está escrevendo a gente está digitando pq ninguém tá com lápis e sim com teclado

      3_acho q já tá bom de tiradas por hoje

      4_ fiz questão de escrever tudo bem certinho pq se não certas pessoas reclamam parecendo que é mãe ou pai de alguém aqui né ?/

  41. mateus disse:

    se ela voltar ela sumiu pode voltar né

  42. ana laura disse:

    nunca vi gripe suína pretear os pes e nem morrer afogado vai sabe o que tem atrás disso…

  43. Emily disse:

    Muito esclarecedor! Assisti um filme que comentou sobre isso e fiquei curiosa, gostei muito do artigo!!!

  44. ana carolina disse:

    eu gostei bastante do artigo,a professora pediu para levar o texto,mas cm e mto grande,vou ter q imprimir,MAS O CARTUCHO ACABO!!!

  45. Larissa disse:

    Olá, achei muito interessante, vou fazer um trabalho de ciências e peguei varios tópicos do seu site,mas nem se preocupe ok? darei seus créditos e vou recomendar seu site para todos da minha turma e aposto que todos irão se interessar muito. Muito obrigada pela atenção. Adeus.

  46. amanda disse:

    GOSTEI AJUDOU MUITO

  47. Larissa e Leandro amor eterno disse:

    tomara que essa doença não volte senhor …

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Receba as atualizações por e-mail:

Digite seu e-mail:

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM