(o título foi só para dar o tom dramático que o post merece)

Antes de tudo, agradeço ao Davi do Bioconnection por ter me repassado o e-mail, e ainda me dar a preferência para postar.

Dando continuidade ao serviço anti SPAM/Conspirações cretinas, um
e-mail que está  circulando sobre a “real situação da gripe no país”.
Por sorte, tenho uma ótima leitora/colaboradora do blog, a Dra Lúcia
Rodrigues Eneida, Infectologista Intensivista que está vivendo a situação mais
do que de perto. Pedi alguns comentários dela sobre o e-mail, que vou
deixar em itálico. Comentários meus entre colchetes – o continue lendo é necessário para não entulhar a home do blog com o texto enorme. Mantive o texto
original do mail com algumas correções ortográficas para facilitar a
leitura:

Recebi este mail de fonte confiável. A intenção não é causar pânico
mas, de alerta e prevenção. [ah, claro, a melhor das intenções]
 

Como diz no final da conversa. Eu também, estava cagando e andando para
essa tal de gripe. Confesso que estava até achando um pouco de exagero
por parte dos mais medrosos mas, depois que li isto, fiquei APAVORADA.
[viu, ninguém quer causar pânico]

Repassando…

Acabei
de conversar com um amigo no MSN sobre a gripe suína, vou colar a nossa
conversa para terem idéia do que está acontecendo… sei q esse assunto
já cansou, mas achei bom repassar…

Eco ® diz:
to em pânico
com esse negócio da gripe. Hoje tivemos reuniões com uns médicos da
Unimed, os caras falaram que a situação é desesperadora

Desesperadora não é, há demora no atendimento, principalmente porque as pessoas, em pânico, superlotam os serviços de saúde;

lilis diz:
ahããã, amigas minhas falaram…

Deco ® diz:
que os hospitais e as operadoras de saúde, tão recebendo
ofícios do governo pra não divulgar dados [uuu “eles” querem abafar,
detalhe que, na outra conspiração “eles” querem causar o pânico para
vender Tamiflu]

O governo não tem autoridade pra impedir a
liberdade de expressão. Houve um pedido para não se comunicassem óbitos
sem confirmação de etiologia;
assim que são confirmados laboratorialmente, o óbito em serviço público
ou privado entra no boletim oficial que sai todos os dias às 17h, pela
assessoria de imprensa; casos suspeitos e em monitoramento também entram nesse boletim
. www.saude.pr.gov.br

deco ® diz:
morreram 12 médicos em Curitiba já, 3 deles cooperados da Unimed [isso é gripe ou Ebola?]

Isso é mentira não houve nenhuma morte de medico; eu mesma estive no HC
de Curitiba e falei pessoalmente com os médicos de lá. Estive na UTI um
dia
todo; houve gripe entre médicos e funcionários da saúde em geral. Porém
na mesma proporção de população geral, não houve médicos mortos. Uma
residente ficou internada por cólica de rim e já saiu a notícia de que
ela tinha morrido, como todo boato… rápido e cruel.

Lilis diz:
deco ® diz:
o HC teve 115 mortes já, mas só pode divulgar que teve 28

O
HC tem registro de atendimento de 30 pacientes com doença respiratória
aguda grave, dos quais até agora apenas 15 confirmados como h1n1. E
destes houve 12 mortes. A UTI do HC é referência em tratamento de h1n1
no estado e recebe somente os pacientes mais graves.
[grifo meu]

lilis diz:
ai q horroooooor
deco ® diz:
eles não sabem o que fazer a partir do quinto dia da doença se não curar até lá

O tratamento antiviral vai até o quinto dia da doença, porem não se
sabe se existe a cura viral, e se tem pacientes que não apresentam
reação imunológica de defesa, são questões a serem esclarecidas pela
ciência ainda.

Deco ® diz:
tão colocando as pessoas em
coma induzido pra amenizar o sofrimento [olha só, vc tá mal né? vou
melhorar isso com um coma rápido]

Isso faz parte da técnica de ventilação mecânica em UTI, independente da patologia de base.

lilis diz:
uiiiiii, chega, não quero mais saber… medo até de sair de casa
deco ® diz:
eles
falaram que as autoridades não tão divulgando pra não deixar a
população em pânico [e vocês estão ajudando muito divulgando este mail]

As
autoridades tem a obrigação de evitar o pânico, mas devem manter a
população informada com noticias corretas e verdadeiras. Divulgar
especulações como
essas só gera pânico, confusão e desinformação.
Procurar as fontes corretas de informação faz parte do dever de
cidadão
. [e do blogueiro 🙂 ]

Deco ® diz:
mas que na verdade eles tão completamente perdidos
deco ® diz:
o jantar que a gente tinha amanha era La no le rechaud, no fondue
deco ® diz:
um
dos casais que tavam indo , o cara é medico. É o Dr. Marcelo Tizzot que
foi o cara que diagnosticou o primeiro caso da gripe em ctba. [coloquei
o nome aqui porque ele já está rodando o mundo pelo SPAM, caso queriam,
retiro]

Não foi ele quem diagnosticou o primeiro caso, o
primeiro caso foi confirmado em um paciente que viajou para o Japão e
mandaram a confirmação de caso.

deco ® diz:
ele que falou pra gente desmarcar
deco ® diz:
porque não vale a pena o risco
lilis diz:
aff maria
deco ® diz:
aham
deco ® diz:
ele falou pra gente pedir uma pizza e ir pra casa dele
deco ® diz:
ele falou pra não fazer nada que seja arriscado
deco ® diz:
não ir no shopping, não ir em bar, boate, não ir nas nights, em
restaurantes então pior ainda, pior ainda nos que são por kilo
[caramba, evitar aglomerações em uma doença que se espalha pelo ar…
muito suspeito]

A
recomendação oficial é de evitar aglomerações, e essa medida é pública
e bem divulgada. Cuidados com a higiene pessoal e lavagem de mãos evita
não só a gripe como um monte de outras doenças.
deco ® diz:
porque todo mundo usa os mesmos pegadores
lilis diz:
putz, acho q nem vou ao mercado hj então
deco ® diz:
esta punk ao máximo a situação
deco ® diz:
os caras tão desesperados
deco ® diz:
tem uma amiga minha que é medica no HC, disse que lá ta o caos, ela ta com 6 amigos internados com a gripe, todos médicos

Assim como todos os casos de
gripe com algum sinal de complicação, seja pneumonia, ou broncoespasmo,
ou desidratação devem ser internados, sejam médicos ou não. Hoje,
quarta feira 12 de agosto, não há nenhum médico internado em UTI.

lilis diz:
eles falaram se tem solução???
Lilis diz:
ou
é só esperar? [doenças causadas por vírus são curadas por imunidade, e
prevenidas por vacinas. Tamiflu e Relenza são alguns dos poucos
antivirais]

Quando esquentar, o aumento da temperatura irá diminuir naturalmente a
circulação do vírus, como todo ano acontece com o Influenza comum.

deco ® diz:
não tem solução. A solução é só se diagnosticar ela ante do vírus chegar no pulmão, senão é muito difícil
lilis diz:
mas e vai ser assim até o resto do ano???
Deco ® diz:
é por isso que eles tão em pânico ninguém sabe
deco ® diz:
a
Unimed disse que tem um documento na mão que parece que segunda feira
em Curitiba, vai ser decretado estado de calamidade pública e vão
mandar parar a cidade

Isso também não e verdade ainda, porém pode ser necessário diminuir a
circulação de pessoas, para amortizar a curva de atendimentos.
Definitivamente não é estado de calamidade pública.

deco ® diz:
ninguém pode sair de casa
deco ® diz:
vamos esperar
deco ® diz:
essa
minha amiga, disse que o vírus tá em nível 1 ainda, e que ele deve ir
ate o nível 4 [isso, essa sua amiga que falou aquilo até agora manja
muito da coisa. O nível da pandemia atualmente é 6, o que implica em abrangência mundial. Só isso]

Tremenda confusão com as definições de nível de pandemia, facilmente
encontrados no site da OMS, do CDC, Ministério da Saúde, ANVISA, etc.

lilis diz:
mas tá… e a solução q eles falaram é ficar em casa pra não propagar o vírus, e assim o vírus some?
Deco ® diz:
sim
deco ® diz:
porque dai para de disseminar
deco ® diz:
e
eles matam todos os focos [não se mata o foco, isso não é pernilongo
transmissor de dengue. O que acontece é que a maioria da população
suscetível desenvolve imunidade e o vírus não consegue mais manter a
transmissão]

deco ® diz:
foi o que o México fez
deco ® diz:
parou o país e eles acabaram com tudo
deco ® diz:
ou, nos tamos tudo exigindo mascaras nas pessoas que tão vindo fazer atendimento aqui no escritório
lilis diz:
ai meu deus
lilis diz:
valeu pelo toque deco!!! É horrível saber da verdade, mas é bom pra se
prevenir
deco ® diz:
pois é.
Deco ® diz:
até ontem, eu tava cagando e andando pra tudo isso
deco ® diz:
mas quando os médicos me falaram fiquei que nem vc assim, em choque
lilis diz:
posso
copiar essa nossa conversa e mandar pra algumas pessoas? [afinal,
entendemos tudo o que falamos e sabemos plenamente o que está
acontecendo]
Deco ® diz:
pode ? Deve
deco ® diz:
deve deve deve

Dra Lívia Aguiar
fisioterapeuta especialista em acupuntura [ahh, é daqui que saiu todo esse profundo conhecimento]

Fisioterapeuta não é medico e alguém que faz acupuntura, faz em
consultório privado, logo, não tem vivência em saúde pública, de
diretrizes populacionais, de epidemiologia e fisiopatologia de doenças
virais. Muito menos de condutas, a não ser que trabalhasse diretamente
com saúde publica.
As mesmas orientações que são dadas a população geral, valem para
fisioterapeutas e qualquer pessoa que viva em sociedade. Profissionais
de saúde tem a obrigação de ler o protocolo disponível da secretaria de
saúde do seu estado, no caso www.saude.pr.gov.br
. Lá estão divulgados os números todos corretos, e o protocolo vigente
no estado hoje, com manejo clinico e condutas, precauções e telefones
de referência.
0800 643 8484 – linha direta do CIEVS (Centro Integrado de
Epidemiologia e Vigilância em Saúde), central do comitê de
enfrentamento da epidemia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...